Início » Demais assuntos » Documentos vazados pelo WikiLeaks confirmam: governo chinês atacou Google

Documentos vazados pelo WikiLeaks confirmam: governo chinês atacou Google

Avatar Por
9 anos atrás

No começo do ano o Google foi atacado por hackers que tentaram conseguir acesso a certas contas de ativistas políticos na China. Embora o Google tenha afirmado que o governo chinês estava por trás desses ataques, não haviam provas substanciais e os responsáveis nunca foram encontrados ou punidos. Ainda assim, isso gerou uma crise tão grande que o Google ameaçou sair do país, algo que ficou apenas na ameaça.

Mas em um dos documentos liberados ontem pelo WikiLeaks, as suspeitas foram confirmadas. Um contato chinês confirmou para a embaixada americana em Beijing que os ataques aos servidores do Google foram comandados pelo partido político chinês Politburo. Segundo o documento, os ataques contaram com especialistas da área, foras-da-lei que tem a sua cabeça à prêmio e até oficiais do governo, todos coordenados pelo partido, que atualmente é quem comanda o governo chinês.

O documento ainda diz que esse tipo de ataque tem ocorrido desde 2002 e também inclui certas empresas americanas e até o Dalai Lama como possível vítima de um deles.

Se isso vai fazer o Google reconsiderar sua posição na China, ainda não é possível saber. Mas é pouco provável que a empresa fique inerte, acredito.

Com informações:NewYorkTimes

Mais sobre: , , ,