Início » Celular » iPhone 13 vs iPhone 12 [Mini, Pro e Pro Max]; qual é a diferença?

iPhone 13 vs iPhone 12 [Mini, Pro e Pro Max]; qual é a diferença?

Comparativo mostra mudanças entre a linha iPhone 13 e sua antecessora. Vale a pena trocar o iPhone 12? Analisamos ficha técnica e recursos dos celulares da Apple

Ana Marques Por

O iPhone 13 está entre nós — mas o que de fato muda em relação ao iPhone 12? A Apple manteve os quatro modelos (convencional, Mini, Pro e Pro Max) e fez alguns ajustes leves no design. Como em todo lançamento, a fabricante promete ainda maior desempenho com um novo chip próprio em 2021, o A15 Bionic, e traz novidades pontuais em câmera. Ok, mas vale a troca? E o preço — aumentou? É o que vamos responder nas linhas a seguir.

iPhone 13 vs iPhone 12 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
iPhone 13 vs iPhone 12 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Design, cores e tela: pouca coisa mudou

A Apple não fez muitas mudanças no visual da linha iPhone 13. Os smartphones ainda têm as bordas mais achatadas, como na geração anterior, mas podem ser encontrados em novas opções de cores. Para os modelos Mini e convencional, são cinco opções de tons, contra seis da linha iPhone 12.

iPhone 13 e 13 MiniiPhone 12 e 12 Mini
Vermelho (Product Red)Vermelho (Product Red)
EstelarBranco
Meia-noitePreto
AzulVerde
RosaAzul
Roxo

Já nas versões Pro e Pro Max, o tom de azul ficou um pouco diferente e mais desbotado, do “Pacific Blue” para o “Sierra”. Ainda temos as demais opções em prata, ouro e grafite.

iPhone 13 Pro e 13 Pro MaxiPhone 12 Pro e 12 Pro Max
GrafiteGrafite
DouradoDourado
PrateadoPrateado
Azul-Sierra Azul-Pacífico

Os telefones mantêm a proteção Ceramic Shield, para maior resistência na parte frontal, e as especificações de estrutura da geração passada: enquanto os modelos sem o “Pro” são feitos com alumínio, os mais caros levam aço inoxidável. A certificação IP68 contra água e poeira também permanece.

iPhone 13 Pro em grafite, ouro, prata e azul serra.
iPhone 13 Pro e Pro Max têm quatro opções de cores

Os iPhones de 2021 estão mais pesados, apesar da espessura ter aumentado bem pouco (de 7,4 mm para 7,65 mm em todos os modelos da linha iPhone 13).

ModeloPeso – Linha iPhone 13Peso – Linha iPhone 12
Mini140 g133 g
Convencional173 g162 g
Pro203 g189 g
Pro Max238 g228 g

Para que as pessoas ainda possam dizer que você está usando um iPhone “velho”, mesmo ao utilizar capinha que esconda a cor da carcaça, a Apple está mudando a disposição das câmeras traseiras para a diagonal, em vez de manter as lentes na vertical, no iPhone 13 e 13 Mini.

Em relação ao tamanho de tela, também não há novidades. Assim como na linha iPhone 12, o modelo Mini ainda tem 5,4 polegadas, o iPhone 13 e o 13 Pro têm 6,1 polegadas e o maior modelo, iPhone 13 Pro Max, tem 6,7 polegadas.

Todos eles contam com tela OLED (Super Retina XDR), porém apenas os modelos com “Pro” no nome têm a tecnologia ProMotion, com taxa de atualização que muda entre 10 Hz e 120 Hz, para gráficos mais fluidos — a linha iPhone 13 é a primeira no segmento de smartphones da empresa a contar com essa especificação, mas a Apple já havia empregado telas ProMotion no iPad Pro.

iPhone 13 Pro e Pro Max têm tela ProMotion de até 120 Hz (Imagem: Divulgação / Apple)
iPhone 13 Pro e Pro Max têm tela ProMotion de até 120 Hz (Imagem: Divulgação / Apple)

Além disso, o iPhone 13 e iPhone 13 Mini têm aumento de 28% no brilho para chegar a 800 nits (típico), enquanto o brilho nos painéis do iPhone 13 Pro e 13 Pro Max aumentam 25% (1000 nits, típico). A Apple afirma que apesar do upgrade, a tela está mais eficiente para poupar de energia.

E por falar em telas, temos finalmente o começo do fim para o notch. O icônico recorte na tela que permaneceu um enorme retângulo por anos, desde o lançamento do iPhone X, em 2017, agora está 20% menor, mantendo o sistema de câmera TrueDepth e o Face ID. Há rumores de que em 2022, esta área irá finalmente se tornar um furo na tela, como vemos no universo Android há bastante tempo.

Linha do iPhone 13 em (PRODUCT) RED, starlight, midnight, blue e pink.
iPhone 13 e iPhone 13 Mini (Imagem: Divulgação/Apple)

Desempenho e armazenamento

Como acontece todo ano, a Apple anunciou junto à linha iPhone 13 um novo processador: o A15 Bionic, que também está presente no iPad Mini 6. E também, como sempre acontece, veio a promessa de maior desempenho e melhor eficiência energética.

Um fato que chamou a atenção é que a empresa não chegou a fazer a tradicional comparação do iPhone 13 com o iPhone 12 durante a apresentação, o que nos leva a ter que esperar testes práticos para dizer o quão melhor é o A15 Bionic em relação ao A14.

iPhone 12 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
iPhone 12 Pro Max já tinha altíssimo desempenho (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Entretanto, ela afirma que o chip de 5 nm é “muito mais rápido do que a concorrência” e tem cerca de 15 bilhões de transistores, necessários para lidar com todo o processo de fotografia computacional presente nos novos iPhones. Já o novo Neural Engine pode realizar 15,8 trilhões de operações por segundo (no iPhone 12, eram 11 trilhões).

Há também uma diferença dentro da linha iPhone 13: na versão convencional e no iPhone 13 Mini, o A15 Bionic tem uma CPU de 6 núcleos, com 2 de alto desempenho e 4 de alta eficiência, e uma GPU de 4 núcleos, que promete desempenho até 30% superior à concorrência.

Entretanto, nos modelos Pro e Pro Max o A15 Bionic tem uma nova GPU de 5 núcleos, para melhor performance gráfica, sendo até 50% superior aos concorrentes, segundo a Apple.

iOS no iPhone 12 Mini (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
iOS no iPhone 12 Mini (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Em termos de armazenamento, também há novidade nas versões mais caras, que ganham opção de até 1 TB. Além disso, a Apple acaba com as versões de 64 GB. Em resumo, ficamos assim:

ModeloLinha iPhone 13Linha iPhone 12
Mini e convencional– 128 GB
– 256 GB
– 512 GB
– 64 GB
– 128 GB
– 256 GB
Pro e Pro Max– 128 GB
– 256 GB
– 512 GB
– 1 TB
– 128 GB
– 256 GB
– 512 GB

Câmeras com modo Cinema

Passando às câmeras, continuamos com um conjunto duplo nos modelos convencional e Mini, e câmera tripla nos modelos Pro e Pro Max. Mas há mudanças nos sensores. As especificações são as seguintes:

ModeloLinha iPhone 13Linha iPhone 12
Mini e convencionalPrincipal: 12 MP (f/1,6)
Ultrawide: 12 MP (f/2,4)
Principal: 12 MP (f/1,6)
Ultrawide: 12 MP (f/2,4)
Pro e Pro MaxPrincipal: 12 MP (f/1,5)
Ultrawide: 12 MP (f/1,8)
Telefoto: 12 MP (f/2,8), zoom óptico 3x
Scanner LiDAR
Principal: 12 MP (f/1,6)
Ultrawide: 12 MP (f/2,4)
Telefoto: 12 MP (f/2,0 e zoom óptico 2x no iPhone 12 Pro); (f/2,2 e zoom óptico 2,5x no iPhone 12 Pro Max)
– Scanner LiDAR

Parece tudo a mesma coisa para os modelos convencional e Mini, certo? Mas há mudanças significativas. A Apple diz que nestas variantes da linha iPhone 13, a câmera principal com pixels de 1,7 µm têm “o maior sensor de todos os tempos em um sistema de câmera dupla do iPhone”. Isso significa que o componente absorve 47% mais luz do que no iPhone 12, para fotos ainda mais nítidas, ricas em detalhes.

Além disso, os modelos mais baratos da linha iPhone 13 ganham a estabilização de imagem por meio do sensor da câmera principal, o que antes só estava presente no iPhone 12 Pro Max.

Retrato de uma mulher em um quarto escuro, tirado com a câmera Wide do iPhone 13.
Foto tirada com a câmera principal do iPhone 13 permite maior entrada de luz e mais detalhes (Imagem: Divulgação/Apple)

Quem é entusiasta de foto e vídeo deverá se interessar mais pelas mudanças no iPhone 13 Pro e Pro Max, já que todos os sensores e lentes foram trocados. A câmera principal, nesse caso, tem pixels de 1,9 µm.

Segundo a Apple, há uma melhoria de 2,2x em situações de pouca luz, em relação ao iPhone 12 Pro, e 1,5x em relação ao iPhone 12 Pro Max. A OIS por deslocamento do sensor continua presente. Além disso, pela primeira vez é possível fazer fotos macro com auxílio da lente ultrawide no iPhone.

Foto macro de um cogumelo tirada com a câmera Ultra Wide do iPhone 13 Pro.
iPhone 13 Pro fotografando em macro (Imagem: Divulgação/Apple)

Algo interessante apresentado com a linha iPhone 13 são os Estilos Fotográficos. Eles permitem que você aplique uma espécie de preset a várias imagens de forma inteligente, preservando aspectos importantes, como tons de pele.

Ainda falando em fotos, o iPhone 13 traz o HDR Inteligente 4, para melhores cores, contraste e iluminação.

Efeito bokeh em vídeo, de forma automática

O modo Cinema é outro destaque para câmeras na linha iPhone 13 — você não tem isso com o iPhone 12, 12 Mini, 12 Pro e 12 Pro Max. Com o recurso, é possível alternar o foco (e o desfoque de fundo) de forma automática em vídeos, o que vale para pessoas, animais e objetos. As capturas nesse modo são limitadas a 1080p a 30 fps.

O mais interessante é que o foco ainda pode ser alterado após a captura, para maior nível de controle sobre suas gravações, e o nível de desfoque também pode ser ajustado posteriormente. O modo Cinema permite ainda gravações em Dolby Vision HDR.

iPhone 13 usando o modo Cinematográfico para gravar pessoas.
Modo Cinema estreia na linha iPhone 13 (Imagem: Divulgação/Apple)

Fora deste modo, vale mencionar que o iPhone 13 e o iPhone 13 Mini agora também conseguem fazer vídeos HDR com Dolby Vision com suporte para 4K a 60 fps em todas as câmeras.

E os iPhones 13 Pro e Pro Max gravam em ProRes 4K a até 30 fps — com exceção do modelo de 128 GB, o que faz sentido, visto que esses vídeos ocupam muito espaço no telefone.

E as selfies no iPhone 13?

Enquanto a Apple dá uma enorme ênfase às câmeras traseiras, a parte frontal continua praticamente a mesma do iPhone 12. Temos a câmera TrueDepth com suporte a Face ID e sensor de 12 MP. No iPhone 13, o modo Cinema e o HDR Inteligente 4 também se aplicam aqui, bem como os Estilos Fotográficos.

Um detalhe: a Apple disponibiliza ainda o ProRAW para a câmera frontal do iPhone 13 Pro e Pro Max, o que não acontece com o iPhone 12 Pro e Pro Max.

Bateria e conectividade

A Apple traz baterias maiores nos novos iPhones, prometendo mais 1h30 de duração no iPhone 13 Pro, em relação ao iPhone 12 Pro — mesmo aumento de autonomia do iPhone 13 Mini em relação ao seu antecessor; e 2h30 a mais no iPhone 13 Pro Max, em relação ao iPhone 12 Pro Max — mesmo aumento esperado para a autonomia do iPhone 13 convencional em relação ao iPhone 12.

Os novos iPhones mantém a porta Lightning, o suporte a MagSafe e a compatibilidade com redes 5G. Uma novidade é o suporte a duas linhas telefônicas via eSIM, que não estava presente nos modelos de iPhone 12.

Preço: vale a pena trocar o iPhone 12 pelo iPhone 13?

No Brasil, os preços do iPhone 13 não aumentaram em relação ao ano anterior — na verdade, houve uma redução, como você pode ver abaixo:

ModeloPreços da Linha iPhone 13Preços da Linha iPhone 12
Mini– 128 GB: R$ 6.599
– 256 GB: R$ 7.599
– 512 GB: R$ 9.599
– 64 GB: R$ 6.999
– 128 GB: R$ 7.499
– 256 GB: R$ 8.499
Convencional– 128 GB: R$ 7.599
– 256 GB: R$ 8.599
– 512 GB: R$ 10.599
– 64 GB: R$ 7.999
– 128 GB: R$ 8.499
– 256 GB: R$ 9.499
Pro– 128 GB: R$ 9.499
– 256 GB: R$ 10.499
– 512 GB: R$ 12.499
– 1 TB: R$ 14.499
– 128 GB: R$ 9.999
– 256 GB: R$ 10.999
– 512 GB: R$ 12.999
Pro Max– 128 GB: R$ 10.499
– 256 GB: R$ 11.499
– 512 GB: R$ 13.499
– 1 TB: R$ 15.499
– 128 GB: R$ 10.999
– 256 GB: R$ 11.999
– 512 GB: R$ 13.999
*Preços de lançamento no Brasil na loja oficial da Apple

De forma bem direta: as melhorias para o usuário médio não justificam uma troca — o iPhone 12 dificilmente vai dever em desempenho para a maioria das pessoas, o design é basicamente o mesmo, assim como as proteções aplicadas pela fabricante. Se ainda estivéssemos na era do “S”, o iPhone 13 poderia facilmente ser um “iPhone 12s”, sem novidades realmente animadoras.

Para quem trabalha com a câmera do iPhone, o modo cinema pode ser algo bacana, mas ele certamente deve vir no modelo do próximo ano (e com melhorias). Então, se eu fosse você, seguraria mais um pouco para saber o que a Apple vai aprontar até lá.

iPhone 12 Mini comparado a um iPhone XR (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Linha iPhone 12 ainda é uma boa pedida em 2021 (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Além disso, há upgrades nas lentes e sensores das versões Pro — para entusiastas que estejam dispostos a investir na melhor câmera possível em um smartphone da empresa, o iPhone 13 Pro e Pro Max são uma opção a se considerar. Agora que a Apple acabou com a diferença entre câmeras Pro, talvez o modelo de 6,1″ faça mais sentido para o bolso de alguns.

De resto, para quem mora no Brasil e recebe em reais (R$), é interessante aproveitar a onda de preços “mais baixos” de modelos anteriores (tenhamos fé, esse dia vai chegar) — vale ficar de olho especialmente em quem está tentando vender celulares praticamente novos para comprar o modelo mais recente de imediato.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando