Início » Gadgets » iPhone 13 Mini carrega mais devagar que outros modelos no MagSafe

iPhone 13 Mini carrega mais devagar que outros modelos no MagSafe

iPhone 13 Mini repete a limitação de seu antecessor e fica nos 12 W, enquanto resto da linha atinge 15 W quando conectado ao MagSafe

Giovanni Santa Rosa Por

O iPhone 13 Mini traz toda a potência da nova linha de smartphones da Apple em um formato bem menor. Quase todas as especificações técnicas são idênticas, mas há algumas pequenas diferenças. Uma delas é o carregamento pelo MagSafe, que é mais lento nessa versão do smartphone. Enquanto o resto da família recebe 15 W, ele chega a apenas 12 W.

Carregador MagSafe no iPhone 12 (Imagem: Divulgação/Apple)
Carregador MagSafe no iPhone 12 (Imagem: Divulgação/Apple)

A diferença consta em uma página de suporte da Apple, que diz que os modelos 13 Mini e 12 Mini atingem apenas 12 W na recarga com o MagSafe. A empresa não entra em detalhes dessa limitação; ela diz apenas que o carregador é fabricado para abastecer os aparelhos de forma rápida e segura e que a entrega de energia depende do adaptador de tomada usado e das condições do sistema.

A limitação do iPhone 12 Mini veio à tona em novembro de 2020, também por um documento oficial da marca.

iPhone 13 Mini promete maior duração de bateria

O iPhone 13 Mini tem a menor bateria da linha, devido ao seu tamanho compacto. Por isso, dá para pensar que uma velocidade maior de recarga não faz tanta diferença — afinal, com menos capacidade para preencher, ele carrega naturalmente mais rápido.

Por outro lado, a bateria pequena também significa menor autonomia, o que pode levar a uma necessidade maior de voltar à tomada.

iPhone 12 Mini comparado a um iPhone XR (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
iPhone 12 Mini comparado a um iPhone XR (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

A Apple promete que o novo modelo tem uma duração de bateria uma hora e meia maior que seu antecessor. No review do Tecnoblog, o iPhone 12 Mini se mostrou apto para encarar um dia inteiro longe da tomada com uso moderado, mas heavy users provavelmente ficarão na mão.

MagSafe precisa de adaptador compatível

Em assuntos relacionados, é bom lembrar que o MagSafe vem sem adaptador de tomada. O carregador sem fio, que custa R$ 499 no Brasil, vem apenas com seu cabo padrão USB-C. A Apple diz que o acessório pode ser usado com seu adaptador de tomada de 20 W ou um compatível feito por outros fabricantes.

Porém, em testes feitos no ano passado, o MagSafe não atingia 15 W com adaptadores da Samsung, do Pixel, da Anker, da Aukey e até mesmo da família Mac, mesmo que fossem mais potentes do que 20 W.

O acessório tem padrão Qi, o que significa que ele funciona também em iPhones anteriores, ainda que sem ficar preso por ímãs. No entanto, a recarga nesses casos é bem mais lenta do que com carregadores sem fio de outras marcas.

Com informações: The Verge, MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André Gorgen (@Banana_Phone)

Ainda acho esse MagSafe um trambolho, lembro da linha Sony Xperia Z que tinha como plugar um carregador na lateral e era magnético.


Esse carregador magnético servia pra poder carregar sem abrir a tampa lateral, que era pra não entrar água no USB.
Mas no iPhone não tem esse problema, você pode facilmente plugar um carregador na porta lightning.

Se pelo menos esse MagSafe carregasse mais rápido, mas não vejo nada positivo nele, é só um trambolho feito para os usuários darem mais dinheiro pra Apple.

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

É difícil defender a Apple, sempre tem 10 mil asteriscos nos seus produtos, complicam tudo e escondem esses detalhes dos clientes.

Meu sonho sempre foi que o padrão USB fizesse um plugue magnético universal.