Início » Celular » Moto G31 é certificado pela Anatel com bateria grande

Moto G31 é certificado pela Anatel com bateria grande

Anatel homologa Motorola Moto G31 para ser vendido no Brasil; celular deve suceder o Moto G30 com a mesma bateria

Bruno Gall De Blasi Por

O Motorola Moto G31 ainda não foi apresentado oficialmente pela Motorola. Mas o celular já recebeu, na semana passada, o certificado de homologação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para ser comercializado no Brasil. A expectativa é de que o smartphone que irá suceder o Moto G30 tenha bateria grande.

Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
Motorola Moto G30 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

A documentação cita um telefone de modelo “XT2173-1”. Acredita-se que o código será destinado ao Moto G31, que, segundo o MySmartPrice no dia 20, foi certificado na Tailândia pela NBTC, agência equivalente à Anatel, como “XT2173-2”. A agência brasileira ainda aponta para três unidades fabris em Manaus (AM), Jaguariúna (SP) e China.

Outros detalhes do celular são mencionados nos arquivos da Agência Nacional de Telecomunicações. “O telefone deve ser fornecido com bateria e carregador compatíveis e devidamente homologados pela Anatel”, diz o certificado de homologação. O smartphone ainda deve trazer entrada para dois chips de operadora (Dual SIM).

Certificado de homologação do Moto G31 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Certificado de homologação do Moto G31 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Moto G31 deve trazer bateria de 5.000 mAh

A agência nacional também apresentou informações sobre a bateria do celular. O Moto G31 deve chegar às prateleiras com a peça de modelo JK50, que possui capacidade nominal de 4.850 mAh e típica de 5.000 mAh. O componente é o mesmo do Moto G30, conforme aponta o certificado de homologação do telefone emitido em janeiro.

As demais informações do celular ainda são desconhecidas. A expectativa é de que o Moto G31 suceda o Moto G30, que foi lançado no Brasil em março pela Motorola com tela de 6,5 polegadas com taxa de atualização de 90 Hz, câmera quádrupla de 64 MP e armazenamento de 128 GB. O preço sugerido do smartphone era de R$ 1.899.

Colaborou: Everton Favretto

Com informações: MySmartPrice

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando