Início » Aplicativos e Software » Como abrir o Gerenciador de Tarefas do Windows

Como abrir o Gerenciador de Tarefas do Windows

Está tudo lento, travando e não sabe o motivo? Saiba como abrir o Gerenciador de Tarefas do Windows e achar o problema

Leandro Kovacs Por

Misericórdia, esse PC tá muito lento! Já passou por esse problema antes? Existe uma maneira simples de verificar o que está acontecendo, saiba como abrir o Gerenciador de Tarefas do Windows e tenha informações precisas sobre como está o funcionamento do seu computador em tempo real.

Gerenciador de Tarefas do Windows sendo executado (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Existem 3 formas de executar o Gerenciador de Tarefas do Windows

  1. De forma manual

    Basta clicar na barra de pesquisa no canto inferior do Windows e digitar “Tarefas”, selecionando o ícone do Gerenciador;

  2. Atalho direto

    Com a sequência de teclas “Ctrl + Shift + esc”, o Gerenciador de Tarefas é aberto automaticamente;

  3. Atalho em duas etapas:

    Pode-se pressionar “Ctrl + Alt + Del” e na tela seguinte, clicar sobre “Gerenciador de Tarefas”.Abrindo gerenciador de tarefas do windows (Imagem: Leandro Kovacs/reprodução)

Funções do Gerenciador de Tarefas do Windows

Processos

O guia de processos mostra a execução de aplicativos e processos de segundo plano. Quando um deles tiver várias janelas abertas, isso será exibido para o usuário como um número após o nome do processo e um controle de expansão de exibição.

Os processos são listados em ordem alfabética em grupos por padrão. A ordem pode ser alterada clicando em qualquer um dos nomes da coluna.

Processos é o primeiro no Gerenciador de Tarefas (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Desempenho

A aba desempenho mostra gráficos e detalhes das quatro principais medições de desempenho do PC. Pode-se acessar o monitor de recursos dentro da guia para quando precisar realizar uma solução de problemas adicionais.

Na guia Desempenho são apresentados resumos gráficos (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Histórico de aplicativos

Exibe-se o total de recursos usados pelos aplicativos individuais desde que o Windows foi instalado ou desde a última vez em que o histórico de uso foi excluído. Limpar o histórico de utilização é uma opção logo acima da lista de aplicativos.

O guia pode ser útil para entender quais aplicativos podem estar usando uma grande quantidade de largura de banda da rede ou reduzindo a vida útil da bateria, consumindo muito tempo da CPU.

Análise feita por aplicativos utilizados (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Inicializar

Tem o objetivo de mostrar todos os itens de inicialização que não sejam do sistema em sua configuração, há uma avaliação de impacto no desempenho de iniciar o PC. Isso será exibido como uma medida por algum tempo quando novos itens são adicionados à configuração de inicialização.

Após coletar dados suficientes, isso indicará o nível de impacto como alto, médio ou baixo. Para desabilitar um item da lista, basta clicar com o botão direito e, em seguida, clicar em disable (Desativar).

A demanda exigida ao iniciar o PC (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Usuários

Serve para ver em qual conta de usuário a tarefa específica está sendo executada, para que se possa solucionar problemas pontuais da conta. É possível usar a guia para fazer log-off de outro usuário, alternar para entre eles, além de finalizar tarefas em execução com outra conta de usuário.

Com diversos perfis, pode-se analisar em Usuários (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Com informação: Dell.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando