Início » Jogos » Escassez de consoles vai continuar em 2022, avisa chefe da Xbox

Escassez de consoles vai continuar em 2022, avisa chefe da Xbox

Os Xbox Series X|S e outros eletrônicos, como o PS5 e as placas de vídeo, devem continuar em falta nas lojas até o ano que vem

Murilo Tunholi Por

A ausência de consoles da nova geração nas prateleiras das lojas vai continuar por mais um tempo. Em entrevista ao The Wrap, o chefe da divisão Xbox da Microsoft, Phil Spencer, afirmou que a escassez de Xbox Series X|S irá se estender até 2022. Entre os motivos estão complicações na cadeia de fornecimento de peças para a fabricação dos aparelhos.

Xbox Series X (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)
Xbox Series X (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)

Na entrevista, Spencer ainda explica que o problema no fornecimento de consoles está sendo causado pela escassez geral de chips, a qual tem afetado as empresas em escala global. Essa falta de componentes também atrasa a produção de PS5, placas de vídeo e até mesmo de veículos.

“Eu acho muito limitado falar disso apenas como um problema de um chip. Quando penso sobre o processo atual de obter as peças necessárias para construir consoles e, em seguida, levá-los aos mercados onde há demanda, vejo que há vários obstáculos no caminho. E eu acho que, lamentavelmente, isso vai permanecer conosco por meses e meses, até o final deste ano ou até o próximo”.

Phil Spencer, chefe da Xbox.

As grandes fabricantes de consoles e outros eletrônicos tem sofrido com a escassez de componentes há cerca de 18 meses. É comum ver lojas, incluindo varejistas brasileiros, fazendo anúncios especiais quando há reposição de estoque. Mesmo assim, devido à alta demanda, os videogames não costumam ficar disponíveis por muito tempo.

Empresas de tecnologia dizem o mesmo que Spencer

Além de Spencer, outras empresas do setor de tecnologia afirmam que os problemas na distribuição de chips devem continuar até 2022. A fabricante taiwanesa de semicondutores TSMC, por exemplo, foi uma das companhias que confirmou mais um ano de escassez de componentes.

A Nvidia, que também tem suado para fabricar unidades das novas placas de vídeo da série RTX 30, já espera restrições no fornecimento de GPUs para a “maior parte” de 2022.

Com informações: The Verge, GamesRadar, The Wrap.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando