Início » Aplicativos e Software » Como atualizar para o Windows 11 de graça

Como atualizar para o Windows 11 de graça

Saiba como atualizar para o Windows 11 gratuitamente através do assistente de instalação da Microsoft; também é possível criar pendrive bootável

Victor Toledo Por

A nova versão do sistema operacional da Microsoft já está entre nós e usuários do Windows 10 podem atualizar para o Windows 11 de graça. Se você possui um dispositivo compatível e que segue os requisitos mínimos, o processo de instalação é bem simples e pode ser feito em poucos passos. Veja, a seguir, como atualizar seu PC para o Windows 11.

Menu Iniciar e barra de tarefas do Windows 11 (imagem: reprodução/Microsoft)
Menu Iniciar e barra de tarefas do Windows 11 (imagem: reprodução/Microsoft)

Tempo necessário: 5 minutos.

De acordo com a Microsoft, é possível atualizar para o Windows 11 gratuitamente através de três métodos: pelo assistente, criando uma mídia de instalação ou baixando a imagem ISO do sistema operacional. No passo a passo a seguir, vamos ensinar pelo próprio assistente da Microsoft, método recomendado pela empresa.

  1. Acesse o site e baixe o assistente de instalação

    O primeiro passo de instalação é acessar o site oficial do Windows 11 e baixar o assistente de instalação da Microsoft. Clique em “Baixe agora”;Atualizar para Windows 11

  2. Abra o assistente e siga o procedimento

    Após o download, abra o assistente de instalação e siga o passo a passo sugerido pela Microsoft. É possível que esse processo leve um tempo para ser concluído, dependendo das configurações do seu PC.Windows 11 passo a passo

  3. Reinicie o PC

    Assim que o processo de instalação for finalizado, é preciso que você reinicie seu computador para que as alterações sejam feitas, caso isso não seja feito automaticamente pelo assistente.Windows 11 passo a passo

Pronto! Agora você já pode contar com os recursos oferecidos pelo Windows 11. Para usuários mais avançados, é possível instalar por outros métodos como dito anteriormente. Veja como fazer a seguir.

Criando uma mídia de instalação (USB ou DVD)

  1. Acesse o site do Windows 11, vá até à aba “Criar mídia de instalação do Windows 11” e clique em “Baixe agora”;
  2. Abra o instalador e aceite os termos de uso;
  3. Na sequência, escolha o idioma, a edição e clique em “Avançar”;
  4. Selecione se deseja criar uma mídia de instalação via USB ou DVD e avance;
  5. Caso tenha selecionado a opção “USB”, basta dar boot no seu computador a partir da mídia criada.
Passo a passo novo Windows

De acordo com a Microsoft, são necessários, no mínimo, 8 GB de espaço livre para que a unidade flash consiga instalar o Windows 11 no seu PC. Além disso, é importante lembrar que todo e qualquer conteúdo que esteja presente na unidade será apagado. Por isso, vale fazer backup de documentos, fotos e vídeos antes de prosseguir com a atualização.

Para aqueles que desejam instalar via DVD, basta gravar a imagem gerada pelo instalador em uma mídia física e reiniciar o dispositivo.

Atualizando a partir de uma imagem ISO

Se você deseja atualizar para o Windows 11 a partir de uma imagem ISO o processo é o seguinte:

  1. Faça o download da imagem ISO no site oficial do Windows 11;
  2. Vá para o local onde você baixou o arquivo ISO, clique com o botão direito e abra o arquivo com o Windows Explorer”;
  3. Assim que aberto, você deve encontrar os arquivos de instalação do Windows 11.
  4. Clique em “setup.exe” para iniciar a configuração do sistema operacional;

Saiba mais detalhes sobre como fazer uma instalação limpa do Windows 11.

Com informações: Microsoft

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rayson Silva (@scibra)

Na boa, continua com o 10, achei esse 11 uma bela bst, muito cru, muito sem graça, só firula e perfumaria, uns negócio meio sem sentido, fica com o 10 mesmo que é um sistema já bem azeitado.

Silvalino Teixeira (@DarKDirty)

Está a mesma coisa de sempre na real kk uso desde que vazou e fui atualizando até agora a versão final (mesmo meu pc não tendo TPM e sendo um i7 de quarta geração).

No meu uso não deu impacto nenhum, afinal a principal ferramenta que utilizo no pc é o navegador de internet, e isso até o Windows 7 tem atualizado. Os programas padrão continuam praticamente a mesma coisa e o que mais destaca é o explorador de arquivos sem a interface Ribbon. Todos os softwares de terceiros e drivers continuam funcionando da mesma forma, pelo menos aqui, mas vale o upgrade se quiser algo com cara nova.

Igor (@Spetto)

É o que o amigo @DarKDirty disse, é basicamente um facelift do W10.
Estou usando desde o beta de meados de agosto no PC principal e não tive grandes problemas de performance desde então, tudo funcionando 100%. Na verdade, senti uma estabilidade cada vez maior conforme o sistema foi evoluindo até chegar na build de lançamento. Não tive problemas nem mesmo com drivers, que sempre foi o calcanhar de Aquiles das novas versões do Windows.
Obviamente ainda tem alguns problemas, como a perda de algumas funcionalidades da barra de tarefas e alguns detalhes legados da UI, mas são problemas mais relacionados a decisões da MS do que problemas técnicos que impeçam o uso.
Agora se você está confortável no Windows 10 ou seu uso do SO é muito sensível para uma troca, acho que não vale a pena atualizar de imediato, pois apesar de estável, tenho certeza que nos próximos dias vão aparecer os relatos de bugs do Windows 11, então esperar pode ser uma boa. Mas se você gosta de “viver perigosamente” e já se cansou do estilo quadradão do W10 e quer experimentar algo levemente diferente, acho que não faz mal testar o SO agora.