Início » Celular » iPhone 13: pré-venda no Brasil começa em 15 de outubro

iPhone 13: pré-venda no Brasil começa em 15 de outubro

Preço do lançamento da Apple será a partir de R$ 6.599 e pode chegar a R$ 15.499; confira valores no Brasil para iPhone 13, 13 Mini, 13 Pro e Pro Max

Pedro Knoth Por

O iPhone 13, iPhone 13 Mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max já foram liberados pela Anatel, e eles chegarão em breve aos consumidores no Brasil: a Apple vai iniciar a pré-venda no próximo dia 15 de outubro, com preços a partir de R$ 6.599. Os novos celulares da Apple vêm com uma tela Super Retina XDR e com o chip A15 Bionic; além disso, os modelos Pro e Pro Max contam com taxa de atualização de 120 Hz.

iPhone 13 Pro em cinco cores (Imagem: Divulgação / Apple)
iPhone 13 Pro tem suporte a redes 5G (Imagem: Divulgação / Apple)

A informação foi confirmada pelo banco Itaú, que disparou mensagens de SMS avisando clientes sobre a novidade:

A TIM também mostra a data de pré-venda para o novo aparelho da Apple em seu site:

TIM confirma que pré-venda do iPhone começa em 15 de outubro (Imagem: Reprodução / Tecnoblog)
TIM confirma que pré-venda do iPhone começa em 15 de outubro (Imagem: Reprodução / Tecnoblog)

Preço do iPhone 13 no Brasil

O preço do iPhone 13 no lançamento será a partir de R$ 6.599 e pode chegar a R$ 15.499, na nova versão de 1 TB. Nos EUA, a Apple anunciou os dois aparelhos por US$ 699 a US$ 999. Assim como no ano passado, o iPhone 13 Mini é a opção de compra mais barata — dessa vez com um armazenamento de 128 GB.

Um levantamento feito pelo Tecnoblog calculou que a taxa da empresa para firmar preços de gadgets no Brasil estava cotado para R$ 13 no primeiro semestre. Entretanto, não houve alta em relação ao ano passado, o “dólar Apple” se manteve por volta de R$ 10.

O que há de novo no iPhone 13?

iPhone 13 e iPhone 13 Mini, da Apple, terão 5 opções de cores na data de lançamento (Imagem: Divulgação)

O iPhone 13 tem um notch menor na tela em relação ao visual inaugurado com o lançamento do iPhone X, em 2017. A expectativa é de que esse detalhe seja reduzido até sumir por completo, se transformando em um furo em 2022.

O notch na tela diminuiu, e a duração de bateria aumentou: o iPhone 13 promete autonomia de até duas horas e meia a mais do que nos modelos iPhone 12.

A Apple avançou em algumas opções de design para aumentar a potência das câmeras traseiras e frontal. Atrás, o iPhone 13 conta com duas câmeras, uma com lente grande-angular — capaz de captar 47% mais luz do ambiente — e outra ultrawide. Ambas vêm com modo noturno, para fotos no escuro; a ultrawide conta pela primeira vez com um estabilizador de imagem, ideal para gravar vídeos ao se movimentar.

No iPhone 13 Pro e Pro Max, há três lentes na parte traseira: as duas já presentes no iPhone 13 e uma adicional, a teleobjetiva. Com ela, o usuário pode tirar fotografias ricas em detalhes, até durante a noite, graças ao modo noturno, que também está presente nessa câmera.

Com informações: MacMagazine

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Uberdam Andrade (@Uberdam)

Estou na dúvida entre o rim esquerdo e o direito.