Início » Celular » iPhone SE 3 deve ter suporte a 5G e chip Apple A15 Bionic

iPhone SE 3 deve ter suporte a 5G e chip Apple A15 Bionic

Novos rumores indicam que o iPhone SE 3 terá o mesmo chip da linha iPhone 13; do lado de fora, Apple deve manter tela Retina e Touch ID

Pedro Knoth Por

A terceira geração do iPhone SE não deve trazer mudanças no design de fabricação, mas pode vir com o novo chip Apple A15 Bionic e com suporte para conexão 5G. As informações são do site japonês Macotakara, especializado em cobertura de produtos da marca, que diz ter “fontes confiáveis” na China para confirmar os rumores.

iPhone SE 2020 (Imagem: Apple)
iPhone SE 2020 (Imagem: Apple)

iPhone SE 3 terá modem Snapdragon X60 para 5G

Mesmo mantendo a tela de retina de 4,7 polegadas e o botão Home com Touch ID, o iPhone SE 3 deve inovar por dentro: o novo chip Apple A15 Bionic é o mais rápido no mercado para celulares. O novo poder de processamento é reforçado pelo modem mais veloz para aparelhos 5G, o Qualcomm Snapdragon X60.

O componente que deve chegar com o novo iPhone SE 3 também está presente na nova linha de aparelhos da Apple, anunciada em setembro: o iPad Mini 6 e todas as versões do iPhone 13, desde o Mini ao Max Pro.

O primeiro iPhone SE foi lançado em 2016 e a Apple levou quatro anos para substituí-lo, anunciando o iPhone SE 2 em 2020. Resta saber se a fabricante vai resolver encurtar o prazo desta vez, lançando o iPhone SE 3 ainda em 2021.

Em parte, esse rumor de upgrade no hardware do iPhone SE 3 sem uma mudança no design está de acordo com outra especulação feita em junho pelo analista Ming Chi Kuo; ele afirmou que a próxima geração teria suporte para o 5G.

Apesar dos relatos, a Apple ainda não confirmou nenhum rumor ou mesmo os planos para o lançamento do novo iPhone SE.

Linha iPhone 13 chega ao Brasil em outubro

No Brasil, a pré-venda dos novos iPhone 13 já tem data marcada para começar. Brasileiros poderão encomendar os produtos da Apple a partir do dia 15 de outubro, ou seja, já na próxima sexta-feira.

Além de um novo chip e novo processador, o iPhone 13 traz alguns upgrades no chassi. Foram feitas mudanças no notch do aparelho — a barra preta localizada no canto superior da tela do iPhone — que ficou menor. A Apple quer eliminar totalmente o notch de seus aparelhos até 2022.

A fabricante também fez algumas mudanças no design do novo iPhone para aumentar a potência das câmeras traseiras e frontal. Na parte de trás, o iPhone 13 conta com duas câmeras, uma com lente grande angular — capaz de captar 47% mais luz do ambiente — e outra ultrawide. Esta última vem com um estabilizador, ideal para gravar vídeos em movimento. Ambas possuem modo noturno.

Com informações: 9to5Mac e Mashable

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando