Início » Computador » Fabricantes se reúnem para sentenciar o VGA à morte

Fabricantes se reúnem para sentenciar o VGA à morte

Por
9 anos atrás

“And now, the end is near, and so I face the final curtain…”

Convivemos com ele por muito tempo, até mais do que se poderia imaginar. Apesar disso ele continua aí, firme e forte. Mas não por muito mais tempo, afinal, tudo há de passar um dia. E não estou falando do Sarney, prezado leitor, e sim do padrão de vídeo VGA. Ele que nos acompanha desde nosso primeiro computador, que conectou tantos gabinetes beges a monitores imensos por todo o mundo, teve sua morte anunciada.

O ano de 2015 será o fim da linha para o VGA. Quem decidiu isso foi um conjunto de grandes fabricantes, incluindo AMD, Dell, Intel, Lenovo, Samsung e LG. O VGA foi um bom companheiro, mas é hora de seguir em frente.

Os motivos para isso são puramente técnicos: o padrão antigo simplesmente não consegue apresentar os mesmos benefícios de outros mais novos, como o HDMI e o DisplayPort, que atingem maiores resoluções, ocupam menos espaço e consomem menos energia.

A AMD planeja começar cedo e já iniciar a remoção do VGA de seus produtos em 2013. Não apenas ele: o DVI-I e LVDS também estão condenados.

A primeira fabricante de peso a abandonar totalmente o VGA foi a Apple. Ela fez o mesmo com o DVI, que começou a ser excomungado dos computadores da empresa já em 2008. Fiel à sua tradição de adotar os novos padrões muito antes de todo o resto do mercado, a empresa utiliza o DisplayPort desde então.

Com informações: Intel.