Início » Negócios » Amazon tem vagas para desenvolvedores no Brasil em linha de roteadores Eero

Amazon tem vagas para desenvolvedores no Brasil em linha de roteadores Eero

Time de engenheiros brasileiros vai trabalhar para fazer melhorias no sistema operacional da linha Eero, roteador de Wi-Fi da Amazon para casa inteligente

Pedro Knoth Por

A Amazon está à procura de um time de engenheiros brasileiros para atuar em melhorias do sistema operacional da linha Eero, marca própria de roteadores mesh de Wi-Fi. Todos os postos de trabalho são destinados a profissionais de tecnologia em São Paulo, e a maioria das candidaturas são para engenharia de software. Em países onde o aparelho está disponível, é possível conectá-lo à Alexa para emitir comandos de voz e determinar rotinas.

Linha Eero, da Amazon (Imagem: Amazon/Divulgação)

Amazon busca 10 engenheiros para roteadores Eero

“O time de Software de Dispositivo está procurando um engenheiro sênior no Brasil”. É assim que começa a descrição da vaga de alto escalão para atuar no braço brasileiro da Amazon. Além dela, a empresa quer contratar outras nove pessoas para trabalharem da linha Eero no país.

O dispositivo faz parte do pacote de casa inteligente da varejista norte-americana, e conversa com a Alexa, assistente de voz da Amazon. Usuários podem parear os dispositivos para criarem rotinas, ou ligar o roteador usando comandos de voz.

Além do Eero, o aplicativo do roteador funciona como um hub: nele, é possível ver outros aparelhos conectados à rede Wi-Fi, assim como o status do dispositivo: se ele interceptou ameaças ao acesso, por quantas horas foi usado, entre outras informações.

Requisitos mínimos para vagas na Amazon

De acordo com a descrição das vagas, o time brasileiro de engenheiros da Amazon deve atuar na melhoria do eeroOS — sistema presente nos hardwares da linha Eero —, ajudar na resolução de problemas trazidos por consumidores, reduzir consumo de memória e CPU dos aparelhos e expandir testes automatizados. O time estará o tempo todo em contato com a sede da Amazon, na Califórnia (EUA).

“Esperamos que você assuma desafios ambíguos e retorne com soluções incríveis para nossos clientes”, diz a nota da vaga para engenheiro sênior. Para essa candidatura, a varejista colocou como requisito básico formação em Ciência da Computação ou equivalente, com no mínimo dez anos de atuação no mercado e quatro como líder de projetos na área. O profissional deve ainda escrever sistemas de produção em Go há pelo menos três anos.

A maioria das outras nove vagas abertas é para engenheiro de software com pelo menos cinco anos de atuação no mercado. O profissional deve ter experiência de programação em linguagens como Scala, C++, Java, Python ou outras parecidas.

A Amazon pede que todos enviem o currículo em inglês. É possível acessar as vagas por meio deste link.

Como a maioria é para desenvolvedores de software, não se sabe se isso significa que a linha Eero está prestes a chegar no Brasil. Contudo, vale ressaltar que uma das atribuições do cargo é juntar resultados de dispositivos da “população de testes”.

Colaborou: Erisdan Maciel

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando