Início » Aplicativos e Software » Adobe Photoshop vai ajudar a combater falsificação de NFT

Adobe Photoshop vai ajudar a combater falsificação de NFT

Adobe lança recurso "Content Credentials" no Photoshop, que vincula histórico de criação e edição ao arquivo exportado e pode ser atrelado a carteiras digitais e redes sociais

Por

A Adobe está atualizando o Photoshop para desktop com um novo recurso beta para auxiliar artistas digitais a verificarem a autenticidade das suas obras NFTs. A novidade faz parte do Content Credentials. Criadores podem vincular carteiras digitais e redes sociais, por exemplo, às credenciais atreladas ao arquivo. Assim, compradores desses ativos digitais podem verificar se a origem da imagem bate com quem a colocou a venda.

Adobe Photoshop (Imagem: Szabo Viktor/ Unsplash)
Adobe Photoshop (Imagem: Szabo Viktor/ Unsplash)

O recurso ainda está em fase de testes e é compatível somente com arquivos JPG e PNG. No entanto, a Adobe deve ampliar esse suporte para contemplar mais formas de arte digital, como GIFs. A empresa de software fechou parcerias com alguns marketplaces de NFTs para habilitar o recurso, incluindo KnownOrigin, OpenSea, Rarible e SuperRare. Não está claro se a companhia incluirá mais plataformas no futuro.

Conforme explica a Adobe em uma página informativa sobre a novidade, o Content Credentials, ou “Credenciais de Conteúdo” em tradução livre, é um recurso em desenvolvimento no Photoshop que, quando ativado, reúne as edições, atividades e informações de atribuição associadas ao projeto em andamento. Esses detalhes são capturados como uma prova contra violação de direitos autorais e trazem consigo dados de histórico que os criadores anexam ao arquivo final quando exportados.

“O recurso Content Credentials (Beta) no Photoshop faz parte de um projeto mais amplo chamado Content Authenticity Initiative (CAI). O CAI é uma comunidade de criadores, tecnólogos, jornalistas, ativistas e educadores liderada pela Adobe, focada em lidar com a desinformação digital por meio de uma abordagem aberta e extensível para capturar, editar e publicar conteúdo com procedência e atribuição”

Adobe em página explicativa do Content Credentials

A desenvolvedora diz que a ferramenta cria um formato aberto para compartilhar informações relacionadas à identidade do produtor e aos “ingredientes e ferramentas” usados ​​para fazer o conteúdo. Em última instância, eles fornecem as credenciais do arquivo para o público assim que o criador compartilha ou publica a imagem final.

Adobe Content Credentials se estende para além de NFTs

Integração do Content Credentials do Adobe Photoshop no Behance
Integração do Content Credentials do Adobe Photoshop no Behance (Imagem: Divulgação/ Adobe)

A Adobe destacou o uso do Content Credentials para o mercado de arte digital em NFTs, mas sua utilização se estende também para o jornalismo, fotografia e outros setores de criação de conteúdo visual. O recurso pode ser usado para capturar o processo de edição e promete vincular as informações do criador conforme o arquivo é compartilhado nas redes sociais.

Como parte do novo pacote de verificação, o Behance já incluiu suporte ao Content Credentials no visualizador de imagens da plataforma, exibindo as informações de autenticidade na tela.

No entanto, a empresa de software também espera lançar um kit de desenvolvedor de código aberto que permita que qualquer um inclua as credenciais dos arquivos em suas plataformas, expandindo seu uso para muito além dos usuários da Creative Cloud.