Início » Brasil » Dilma quer tablets a preço popular

Dilma quer tablets a preço popular

Avatar Por

Nossa nova presidente Dilma Rousseff, de acordo com está sendo dito, é uma grande fã de tecnologia (será que ela lê o TB? Oi, Dilma! 🙂 ). E foi com o seu querido iPad em mãos que a presidente recomendou ao novo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que buscasse a redução de impostos sobre essa categoria de dispositivos.

"A Dilma falou assim: 'chama os produtores nacionais de computador e faz uma negociação com eles para fornecer tablets com preço mais popular'. Preço popular seria R$ 400, R$ 500, algo que a prestação caiba no bolso", contou o ministro.


É claramente leviano pensar que a presidente ou seu ministro consiga trazer o iPad em si (cujo modelo mais barato custa hoje R$ 1650) ao consumidor final no Brasil por até R$ 500 a não ser que o Dólar e o Real ficassem com o mesmo valor e ainda houvessem alguns subsídios do governo, coisas muito improváveis.

O que eu posso inferir que a nossa chefe de Estado tenha em mente, e isso sim seria viável, seria buscar a redução de custo final de tablets mais simples (com Android talvez, por que não?) através de incentivos fiscais e outras medidas similares.

Podemos pensar, no caso, em reduções de taxas de importação para produtos importados e talvez até mesmo em um tablet fabricado aqui no Brasil.

Usar um tablet como instrumento de inclusão digital é, realmente, uma abordagem interessante. Como usuário de um, entendo que a imensa maioria das funcionalidades que as pessoas usam em um computador podem ser realizadas com a mesma facilidade em tablet, quando não com facilidade maior ainda mais para pessoas que ainda nem estão habituadas a usar um sistema operacional tradicional.

Com informações: Veja, O Povo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Veditto
Tomara que dê certo.ótima notícia :)
Robertto Macedo
Tomara que os Tablets caiam de preço mesmo. ótima notícia.:)
@margarethgg
Meio bobinho escrever no texto "como usuário de um IPad. Bobinho, esnobe e desnecessário. Alguém precisa ter pra dar opinião?
Jean
Só se ela importar os modelos Xing-Lings...
Rodrigo Fogagnolo
Não creio que a internet já possa ser chamada de "o maior meio de comunicação". Provavelmente será no futuro, mas o telefone ainda é o maior Mas concordo com seu post ^^
Daniel Luiz
Mon ami, Qual o maior meio de comunicaçao?!? Qual o unico meio de comunicaçao que une milhoes de pessoas que podem interagir entre si?!?! Qual o meio de comunicaçao que voce usou pra postar essa bobeira?!?
Henrique
ora como foi dito, Ministério da Ciência e Tecnologia é bem mais apropriado. "Comunicações", normalmente trabalha com regulação de radio, tv, telefone, correios... Tem a ver? oO
Fabrus
Só espero que se for importar não seja os XINGPADS de má qualidade com o "Android 0.9" com tela resistiva a tudo... principalmente ao toque....
Juarez Lencioni Maccarini
Na minha opinião um bom tablet com Android Honeycomb da Positivo poderia ser um produto e tanto para o governo dar todos os tipos de incentivo possíveis de forma que até mesmo as classes mais baixas tivessem acesso. Seria uma ferramenta de inclusão digital e tanto.
Gabriel Silva
É verdade, ah, que bom que você também mora no DF! :D
Silvério
É uma vergonha, ao invés de tentar proporcionar o que existe de melhor qualidade aos brasileiros (iPad e afins) querem empurrar tablet's genéricos, se depende-se do governo brasileiro (independente de partido) nós estaríamos ligando um Zeebo numa televisão Full HD. Governo brasileiro, coloque o que existe de melhor de tecnologia (iPhone, iPad, Galaxy Tab, etc) a um preço descente, na mão dos estudantes brasileiros, em 20 anos nós teremos pessoal e empresas qualificadas para fazer gadgets nacionais de qualidade.
André Machado
Considerando-se que você tenha uma cédula de identidade onde está escrito "República Federativa do Brasil", ela é a autoridade máxima de nossa nação independente de sua vontade. E cadê o outro comentário que eu postei agora??!!
André Machado
Concordo plenamente. Eu, por exemplo, por várias limitações técnicas e orçamentárias, tenho uma "banda larga" de 150K, Parece piada, mas é verdade. Em outras cidades, geralmente mais afastadas, nem isso chega. Que o Governo queira incentivar o consumo de produtos nacionais, tudo bem, afinal, é o trabalho dele. Mas quando os produtos nacionais, além de não estarem à altura dos estrangeiros, são motivo de piada entre os entendidos, é hora de repensar muitas coisas. Ou será que o Governo não sabe que os laptops e aquele leitor de e-books da Positivo são importados da Ásia mas com o seu nome gravado? Além disso, temos a questão do usuário: por melhor que seja, um notebook Positivo - e seu dono - vai passar vergonha entre outros da HP, Dell, Lenovo...
@EmanuelSchott
Sim, mas os impostos são somente uma parte do que faz esse tipo de produto ser caro no Brasil. Se convertermos o preço em dólar pra real, e acrescentar os 60% de impostos, o preço ainda fica longe do que é praticado aqui no BR. Como disse, alem de impostos, no Brasil a infra-estrutura é precária, principalmente de transporte e comunicação (ou vão me dizer que nossas estradas estão uma maravilha e que nossa banda larga e telefonia funciona que é uma beleza!!!). Isso acaba encarecendo o produto tb. Incentivar empresas nacionais como a Positivo a criarem porcarias não compensa. Tenho certeza que se esses critérios que citei fossem atendidos, até a Positivo conseguiria fabricar produtos de qualidade tão boa qnt Apple ou Samsung e mesmo assim manteriam o preço baixo.
Renyer
A Positivo está pensando em lançar um tablet este ano.
Renyer
E qual deveria ser o ministério que cuidaria disso, na sua opinião?
Renyer
“Nossa nova presidente Dilma Rousseff” “Nossa” uma ova!
vinicius
"PositivoTab" (android starter hehe, 0.2 ghz de processamento e 2 gb de armazenamento)
André Machado
@EmanuelSchott Sim, mas a grande questão é que, diminuindo os impostos, o governo não vai conseguir valorizar a INDÚSTRIA NACIONAL pois, mesmo que ela, neste nicho, seja quase inexistente, este é o objetivo do governo. Sabem por que o imposto de importação pode chegar a até 60% do valor do produto? Porque o Governo quer que compremos coisas produzidas no país. Por isso - e por outros fatores - um tablet ou PC produzido no Brasil sempre será mais barato do que um produzido nos EUA.
@EmanuelSchott
Acho que ao inves de incentivarem criar tablets de baixo custo (e de baixa qualidade), deveriam transformar os renomados (e tb caros aqui no BR) tablets em tablets de baixo custo. Como? Ataque o que faz eles serem caros: impostos altos, falta de infra-estrutura, etc (como foi até dito em um artigo aqui do TB), assim teriamos tablets de baixo custo e de qualidade para todos. Afinal de contas, ela mesmo disse que quer ser a presidente de todos, então que seja!!!
@luisdpaula
Sinceramente,q povo fresco vcs ein...
@rodrigomc_21
Só baixar os impostos, dona presadenta.
Jonathan_jmf
Tablet Positivo??
@asrail
O Android 3.0 terá um suporte muito melhor a tablets, principalmente em relação ao ajuste para os tamanhos de tela dos programas e uso da interface sem precisar recorrer a qualquer botão. Além de melhor uso de processadores dual-core. Se sairem por 500 reais, vai ser difícil empurrar um iPad. Em relação ao comentário sobre subsidios, tendo industria local, é óbvio que se houverem subsidios, irão para ela. Ninguém irá fazer questão de inclusão digital com iPad.
Wilson
classe alta tá pouco se importando com problemas sociais, se a coisa apertar por aqui é só comprar uma passagem só de ida pra algum país aconchegante da europa :P
Icaro94
Mas a maioria dos produtos não é criada na China, é feita lá ;)
Bruno
Aposto que estava falando de tabletes de chocolate -n
@rafaelsnunes
Ok, mudei de idéia huahau achei o mesmo modelo no DealExtreme e pelos comentários o touchscreen dele é horrível, o processador é lento, a bateria esquenta demais... não adianta, tablet bom só iPad mesmo.
@rafaelsnunes
Esse tablet é bem interessante, e quanto ao 3G já existem no mercado modems que compartilham a conexão por wifi como o Huawei E5 :) Se tiver mesmo como atualizar a versão do android eu vou ficar muito tentado a comprar quando tiver uma graninha extra...
gsctt
Não sei... ainda acho bastante altos os preços dos livros que encontro por aí. É claro, existem aqueles bem em conta, como os clássicos da editora Martin Claret, mas entendo que os preços atuais não são capazes de estimular o investimento da típica família brasileira. E acerca dos tablets, eles são usados primordialmente para a leitura de livros quando seus usuários já possuem esse hábito desenvolvido.
@AntonioVeras
Realmente.
Alessandro Amador
É sim :)
Augusto
Breve um tablet positivo nas lojas mais próximas.
André Machado
“A Dilma falou assim: ‘chama os produtores nacionais de computador e faz uma negociação com eles para fornecer tablets com preço mais popular’. Preço popular seria R$ 400, R$ 500, algo que a prestação caiba no bolso”, contou o ministro." Traduzindo: até o fim do ano, vamos ter tablets da Positivo, Megaware, AmazonPC...
Daniel Luiz
Caro Guilherme, Eu sabia que iria aparecer um fanboy revoltadinho com meu comentario sobre o IPHail!!! Pois bem, acredito que burrice é escrever "buro" e "uzar" tal qual voce fez em seu momento de ira contra minha pessoa. Mas tudo bem, nao vou ser tao deselegante como voce, nao vou te chamar de burro, so porque voce nao sabe escrever. Isso é um problema pra Dilma resolver, eliminar o analfabetismo do Brasil.
Henrique Picanço (@henriquepicanco)
Se alguma produtora brasileira de tecnologia, aposto muito na CCE Info ou na Positivo, se lembrarem que existe um tablet indiano de 30 dólares, eles bem que poderiam trazer essas ideias para o Brasil, não acham?!
Rodrigo Fante
mágica? A exploração dos trabalhadores é a fórmula do sucesso da China.
@marcospulido
Só acredito vendo..
@AntonioVeras
entanto*
@AntonioVeras
Concordo. O Brasil deveria andar com as próprias pernas. À exemplo da China. Porém, contudo, no tentanto, sem a exploração de trabalhadores.
@AntonioVeras
Livro é barato desde que você não compre em livrarias físicas. Já fiz o teste. Em uma livraria famosa, o livro no site custa até 50% menos que na loja física e nem adianta você for pedir desconto informando que o livro custa menos no próprio site deles.
@AntonioVeras
Estou querendo um exatamente para isso. Porém os que nós temos atualmente, não fazem quase nada e custam os olhos da cara.
Felipe Silva
'-' mas ela começou agora.
@AntonioVeras
Compra um desbloqueado e use o chip da operadora que mais convier.
Matheus
[dilmafalando] No que se refere a tablet eu tenho minha posição, vamos cortar gastos e trazer a mais alta tecnologia mais os menos favorecidos. Isso que eu digo sobre a sua pergunta. Proxima!
@AntonioVeras
Concordo, mas atualmente tenho visto poucas notícias de roubo de celulares. Parece que o mercado se saturou e o interesse por este item por parte dos bandidos diminuiu. Mas aqui no DF, se eu não me engano, é a região com a maior proporção de celulares por pessoa no Brasil. Talvez seja por isso. O ladrão rouba, mas vai vender pra quem? Por isso que eu falo que receptação de mercadoria roubada deveria ser combatida também. Seja qual mercadoria for.
@AntonioVeras
A classe alta quer é que o iPad fique mais caro. "[email protected]#$%-se o os outros, eu posso comprar".
Guilherme
seu buro eh soh uzar o app de relogio rsrsrsrsrs
@guirugui
Se houver uma redução desses impostos abusivos e absurdos, já facilita bastante!
@TioToimX
Com certeza seria bom um tablet Brasileiro, reduzir impostos de importados nunca vai dar certo, e não ia ajudar em nada pro Brasil pra desenvolver as coisas nacionais para o mercado de informática. Ou então comprar tabs chineses, com certeza vão sair baratinho... ;P
Humberto Mendes
Pera, pera, pera... Hã? Alguma medida nesse país para reduzir imposto? E pera, pera pera... Não sendo bem de consumo para a sobrevivência e sim de tecnologia? 1º de Abril chegou mais cedo do que eu imaginava õ_o Agora piadinhas a parte, fico muito feliz com essa notícia!
Daniel Luiz
Preço nao é sinonimo de qualidade. [trollmode on] VEJA O IPHONE POR EXEMPLO, 2000,00 E VOCE NAO CONSEGUE NEM USAR O DESPERTADOR [trollmode off]
Guilherme Carlos
*país
Augusto
Lembrando que já existe um tablet no Brasil, com Android (1.6, mas o fabricante diz que dá pra atualizar) que já vem com 200 obras da literatura brasileira na memória, e tudo isso por R$300, alguém manda o link pra Dilma! http://www.asiatronic.com/itablet-android-m001-touchscreen-com-google-android-tela-de-7-wifi-2gb-de-memoria-e-muito-mais.html Contra: não tem 3G.
Augusto
Então, é que como nada no Brasil é certo, o programa de Inclusão digital cuida de software e hardware e é administrado pelo Ministério das Comunicações.
Guilherme Carlos
Acho que é uma proposta interessante. O sair só tem a ganhar com uma medida dessas! Mas o complicado é fazer um tablet barato e ao mesmo tempo de qualidade.
Marcell Almeida
Oi Dilma!
Cássio
então a cracolândia viraria "iCracolândia" ou "droidCracolândia" e etcs? | com certeza elas iriam utilizar o aparato para queimar, pesar, derreter, esticar, bolar e todas essas girias "bacanas" de malandro
Will
Onde moro não tem isso HAUHAUAHUHUAHA
Thyago Rezier
Tomara que ela não comece a comprar os tablets na dealextreme xD
vito
HAHAHA aposto que a dilma traz o ipad por 100conto
@gabriel_k3n
Óbvio que são questões diferentes, mas podemos citar como exemplo Kindle vs Positivo Alfa. O Alfa ainda é um produto caro (R$900, no Submarino), mas é um primeiro passo. Isso porque foi uma iniciativa da empresa. Se o governo agir com políticas para incentivar a produção de tablets no Brasil (uma dica: a Huawei, empresa chinesa, está investindo aos montes aqui. Vale lembrar que já se pode ver celulares dessa marca à venda em lojas grandes, e não é junto com MP234098824s da Foston e de marcas genéricas, é próximo aos smartphones e featurephones), um tablet por cerca de R$500, da Positivo ou da CCE, não é uma realidade distante. Eu realmente acho que o ponto principal, antes de mais nada, é melhorar a conectividade móvel no Brasil. Ampliar as redes WiFi públicas (algo como baixar uma resolução que quaisquer órgãos educativos, como bibliotecas ou escolas públicas, deveriam ter redes WiFi livres para seus usuários/alunos), melhorar a telefonia móvel 3G (a exemplo do que acontece, por exemplo, em São Paulo, onde grande parte da cidade já tem cobertura 3G de qualidade, a ponto do meu smartphone com plano de 600kbps registrar velocidades de até 2mbps na zona oeste da cidade), etc.
Leopoldo
Aham, senta lá Cláudia. Quem aqui esqueceu da promessa de fornecer decodificadores para a TV Digital custando 50 reais? A Dilma era Ministra...
Alessandro Amador
Exatamente, o que a Classe A ta aí pra isso? Eles querem que a classe C/B se f***** mesmo. Isso porque a B tem condições tbm.
Alessandro Amador
Compare a qualidade dos celulares populares com os mais caros... Os tablets também serão piores, com muito menos qualidade do que um Galaxy Tab, iPad.
Arthur Gonçalves
Amém!
Arthur Gonçalves
Por pedras de crack eu já vi gente vendendo carro a R$ 50 (sério mesmo, aqui no RS inclusive)!
Gabriel Silva
Que bom que temos agora uma presidenta que goste de tecnologia. Espero que ela cumpra o que promete (o que me faz pensar: "será mesmo? tablets a R$500?"), por isso ficarei sempre atento às novidades a respeito dela. Que venha uma nova fase para o Brasil! :D
Paulo Graveheart
Só lembrando, na DealExtreme dá pra encontrar tablets com Android BONS, com a versão 2.1 e hardware decente, por metade desse valor. Existem condições para termos tablets por preços MUITO populares no Brasil. Falta incentivo.
bawlaw
ai óó fããns dos distemas imperialistas fechados, cuidado heim.. ela já avisou que vai adotar Software-livre e que ela mesma usa o Ubuntu. se nao me engano foi uma materia aqui mesmo no TecnoBlog
Rodrigo Fogagnolo
Claro, sem dúvida, a aprovação dela subiria muito por ela baratear tablets. É o que todo presidente com baixa popularidade deveria fazer. Quem se importa com redistribuição de renda e programas de aceleração econômica se podemos ter tablets a preço baixo? [ironia mode off]
Rodrigo Fogagnolo
Como se a classe alta se importasse com pagar 2 mil reais em um eletrônico... Para ela ganhar popularidade da classe alta ela precisaria parar a redistribuição de renda por exemplo
Caio Furtado
Aquele indiano para estudantes é muito mais barato.
Bel Salles
Os livros já são baratos... A não ser que vc esteja falando dos didáticos. Com 10 reais vc compra um livro bom. E tablets, ao meu ver, serve primeiramente para leitura de livros. O resto é lucro.
@brunogdb
Tomara que isso aconteça, imagine só, Galaxy Tab por menos de 1000 reais? :D
Gabriel Lisboa
Ela nao gosta de ser chamada de a presidente e sim presidenTA. ah nao esquece do "doutora"
Hugo
AHHAHAHAHA
gsctt
Desculpa comentar isso em um site de tecnologia, mas entendo que baratear os livros e os equipamentos que participam de sua produção seria muito mais relevante para o país e traria melhores resultado com o tempo. Tecnologia, muitas vezes, comem neurônios. Vide aqueles que passam o dia todo no MSN, Orkut, etc.
@paulodias
Seria bem legal mesmo, acho que isso estimularia até a leitura para os mais jovens, pelo menos eu acho muito confortável ler num tablet. Torcendo aqui!
oswaldoacauan
Ela vai mandar vir do Dealextreme.
Omar
Simples ué pra vender por 400, 300... se tem nego roubando celular de 100, um produto de 500 vai ser um belo pulo
Thássius Veloso
Os mesmos bandidos que roubam celulares de R$ 200.
@CapJSheridan
Mas não adianta nada o Tablet vir por preço popular se as operadoras de telefonia já abocanharam as assinaturas deles, vamos amargar preços altos e serviço pobre pra sempre
Will
"mais uma coisa cara pra ser roubada nas ruas" Quem vai roubar um gadget popular de $500?
Eduardo Lobo (@edu_lobo)
Será finalmente a presidente dos Geeks?! Espero que essa idéia vingue.
Will
Sim! Se não me engano, já vi um mais barato q isso.
Omar
1 - acho q vai ficar só no papel mesmo...blábláblá de político. 2 - tablet no brasil? mais uma coisa cara pra ser roubada nas ruas. qd a questao da violencia urbana mudar, isso pode ir pra frente
@wallacegamgee
que os anjos digam amém. Pelo menos ela faz algo que preste.
Daniel Drumond
Estou começando a gostar dela, heuaheauheau. (ainda vai precisar de muito mais para eu realmente gostar dela. :/)
@skrexi
Bom! Vimos que ela mostra certo interesse pela tecnologia, porém o que nos resta é saber se realmente isso irá vingar ou se é mais uma promessa de político.
Daniel Drumond
Sobre "usar decentemente onde quer que você esteja" seria bom também tratar da segurança. =D Hoje em dia já se tem muito mais wifi (ok, não o suficiente, mas...), mas do que adianta, por exemplo, minha escola (Faetec) que tem Wifi se até usar notebook é meio tenso lá? Quem dirá um tablet...
Marcus Cabral
Dilma é geek?
@gabrielgoismelo
Ótimo post, a propósito! Uma outra excelente idéia seria que se obrigasse as empresas de telecomunicações a fornecer 3G a melhores preços ou com melhor qualidade (de preferência as duas coisas). De que adianta ter um tablet sem poder usa-lo decentemente onde quer que você esteja? Um tablet sem acesso a rede é apenas um peso de papel.
Elton Santos
Levando em conta só o lado político (e ignorando as questões econômicas e afins), dá pra concluir que: a aprovação dela ia subir pra kct, com certeza... heh
Felipe Autran
Agora ela ganha popularidade da classe alta! Hahahaha!
@felipegambu
É pode ser um passo importante pra diminuir o "custo brasil" e até movimentos como o do @jogojusto ...
Eddy
Só digo uma palavra: amém.
Skin Onetwo
figas ?
Icaro94
"e talvez até mesmo em um tablet fabricado aqui no Brasil." Seria realmente a saída mais interessante.
@jonathan_jmf
Tablet a R$500??
Exibir mais comentários