Início » Finanças » Criptomoedas de metaverso crescem 13% após Facebook se tornar Meta

Criptomoedas de metaverso crescem 13% após Facebook se tornar Meta

Após Facebook mudar de nome para Meta, criptomoedas relacionadas a metaversos tiveram alta de 13,4% com expectativa de crescimento do setor

Por

O Facebook impactou o mercado de criptomoedas ao mudar seu nome para Meta e anunciar um novo foco em metaverso. Agora, muitas moedas digitais nativas ou relacionadas a esses universos virtuais subiram cerca de 13% desde a notícia, incluindo a AXS, do principal jogo em blockchain Axie Infinity, e MANA, da plataforma Decentraland.

Criptomoedas (Imagem: WorldSpectrum/Pixabay)
Criptomoedas (Imagem: WorldSpectrum/Pixabay)

A entrada do Facebook, ou Meta, no mundo dos metaversos agitou o mercado. Afinal, esse conceito já existia muito antes de Mark Zuckerberg anunciar seus grandes planos de colocar sua empresa na vanguarda desse mercado. Naturalmente, as futuras operações da gigante da tecnologia devem envolver NFTs e moedas digitais.

Decentraland atinge valor de mercado de US$ 2 bilhões

As criptomoedas relacionadas a esse setor dispararam após o anúncio da companhia. A MANA, nativa do Decentraland, um espaço virtual com sua própria economia e eventos sociais e acessível para qualquer pessoa através de um navegador na web.

Decentraland em vídeo promocional (Imagem: Divulgação)
Decentraland em vídeo promocional (Imagem: Divulgação)

O valor de mercado da plataforma saltou de US$ 1,44 bilhão para mais de US$ 2 bilhões após o anúncio do Facebook. A criptomoeda nativa MANA também passou por uma onda de valorização, registrando cerca de 45% de alta nas últimas 24 horas e atingindo uma capitalização de US$ 1,2 bilhão e seu maior preço desde maio.

Emil Angervall, co-fundador e diretor de operações da startup de tecnologia musical Corite, disse em entrevista ao Cointelegraph que a Meta representa grandes oportunidades para o mercado de tokens não-fungíveis (NFT). Ele destacou que a empresa de Zuckerberg vai acabar colaborando grandiosamente para projetos já existentes que envolvem o metaverso. “Podemos esperar grandes inovações nos mercados de NFTs e metaverso vinculados à Meta nos próximos meses”, disse o executivo.

Axie Infinity dispara após Facebook mudar de nome

Outro grande exemplo de mercado em ascensão após o anúncio do Facebook é o popular jogo em blockchain Axie Infinity, que conta com elementos de metaverso. Com um sistema “play-to-earn” e jogabilidade no estilo de Pokémon, o game também viu seu valor de mercado disparar de US$ 7,7 bilhões para mais de US$ 8,4 bilhões em apenas 24 horas.

Banner promocional de Axie Infinity (Imagem/ Divulgação/ Sky Mavis)
Banner promocional de Axie Infinity (Imagem/ Divulgação/ Sky Mavis)

O token nativo do Axie Infinity, o Axie Infinity Shard (AXS), também subiu mais de 20% no mesmo período, atingindo o preço de US$ 150 pela primeira vez em duas semanas. A criptomoeda é usada para trocas no mercado de Axies, no qual jogadores comercializam NFTs representando os monstrinhos.

Vale destacar que outros projetos de metaverso também foram impulsionados. Os Sandbox (SAND), Illuvium (ILV) e Division Network (DVI), também passaram por altas valorizações desde a quinta-feira (28), marcando um boom nos preços dos ativos digitais relacionados a plataformas e serviços em blockchain.

Um levantamento feito pela plataforma de análise de mercado cripto Messari indicou que, como um todo, o mercado de tokens de metaversos cresceu aproximadamente US$ 13,4% desde ontem, quando o Facebook anunciou a mudança de nome da empresa para Meta.

Com informações: Cointelegraph