Início » Jogos » Fortnite encerra testes na China e desiste de lançamento no país

Fortnite encerra testes na China e desiste de lançamento no país

Apesar de contar com um nome diferente, alterações no conteúdo e ausência de microtransações, Fortnite não foi aprovado pelo governo chinês

Por

Fortnite dará adeus ao mercado chinês no dia 15 de novembro após um período de três anos em sua versão de “testes”. Apesar de o battle royale da Epic Games estar presente no país desde 2018, nunca houve um lançamento oficial do título no país devido a diversos fatores, sendo o principal deles a falta de aprovação do governo.

Imagem versão chinesa de Fortnite
Fortress Night, também conhecido como Fortnite chinês (Imagem: Divulgação/ Epic Games)

A versão chinesa é conhecida como Fortress Night. Segundo anúncio do site oficial, não será possível fazer novos cadastros nem baixar o game partir do dia 1º de novembro. Já no dia 15 do mesmo mês, os servidores serão desligados e todas as informações serão apagadas – isso inclui as contas e o progresso dos jogadores.

A China tem um processo de regulamentação bastante rigoroso quanto ao mercado de jogos, em especial o gênero de battle royale. Além da mudança de nome, a versão chinesa do game foi distribuída pela Tencent e acessível apenas por um provedor de internet autorizado pelo governo local.

Segundo o analista Daniel Ahmad, que acompanha o mercado asiático, a Epic Games e a Tencent decidiram levar Fortnite para o mercado chinês porque tinham um acordo de licenciamento temporário até que o título fosse aprovado. Com o final da duração do acordo, aliado aos custos para executar as mudanças e a manutenção do jogo, não faria sentido estender o acordo, já que o título não foi oficialmente aprovado pelo governo chinês até agora.

“Então, finalmente, quando a Epic e a Tencent decidiram trazer Fortnite para a China, eles tinham um acordo de licenciamento por x anos e está claro que o custo de mudanças / operação do jogo / extensão da licença não faz mais sentido, visto que não há aprovação até este ponto.”

Daniel Ahmad

Exigências chinesas

Ainda segundo Ahmad, jogos domésticos passam por uma série de restrições para serem aprovados no país, como não permitir sangue, cadáveres e em muitos casos, microtransações, como aconteceu com a versão chinesa de Fortnite.

Fortnite não é o primeiro game popular a não ser aprovado no país. A versão para PC de PUBG também ficou presa na rede do governo chinês, enquanto a versão para celulares recebeu o nome de Game for Peace e teve o sangue removido.

Com o anúncio do desligamento dos servidores, a comunidade de jogadores começa a se mobilizar através de petições na internet para que a Epic Games ou a Tencent transfiram as contas dos usuários e seu progresso no jogo para servidores de Hong Kong.

Apesar de restrições na China, Fortnite segue extremamente popular ao redor do mundo com diversas colaborações especiais com outros jogos, filmes, celebridades e elementos da cultura pop.

Com informações: Gamespot, Game Industry