Início » Jogos » Nintendo deve reduzir em 20% a produção do Switch devido à escassez de chips

Nintendo deve reduzir em 20% a produção do Switch devido à escassez de chips

Mesmo com as vendas prejudicadas pela escassez de chips, o Nintendo Switch pode ultrapassar as vendas do Nintendo Wii em 2022

Por

A escassez de componentes eletrônicos no mundo está longe de acabar, e a Nintendo deve reduzir a produção de Switch para amenizar o impacto financeiro desse problema. Segundo informações obtidas pelo Nikkei Business, a empresa planeja produzir 20% a menos de consoles híbridos até 31 de março do ano, em relação à quantidade até então prevista pela Big N.

Nintendo Switch (Imagem: Lucas Lima/Tecnoblog)
Nintendo Switch (Imagem: Lucas Lima/Tecnoblog)

A ideia original da Nintendo era produzir 30 milhões de unidades de Switch, mas a empresa disse que vai conseguir entregar apenas 24 milhões. Esse problema deve afetar não só a produção dos modelos tradicionais do aparelho, como também a fabricação das edições Lite e OLED — lançada no mês passado para estender um pouco mais a vida do console.

Um representante da Nintendo explicou ao jornal japonês que decisão foi tomada devido à crise da falta de chips semicondutores no mercado. Mesmo com o novo Switch OLED, a empresa não vai conseguir entregar a quantidade prevista de consoles para o primeiro trimestre de 2021.

Até junho deste ano, a Nintendo havia comercializado mais de 89 milhões de Switch no mundo desde seu lançamento em 2017. Contudo, as vendas tem desacelerado desde o ano passado, após o pico de popularidade do console causado pela estreia de Animal Crossing: New Horizons e pela pandemia da COVID-19.

Switch pode ultrapassar vendas do Wii em 2022

Mesmo com o ritmo mais devagar, é provável que o Switch ultrapasse o Wii — console de maior sucesso da Nintendo, com mais de 101 milhões de unidades vendidas). Nos próximos meses de 2021, o videogame vai receber jogos de peso, como Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl e Advance Wars 1+2: Re-Boot Camp.

Para 2022, lançamentos como Pokémon Legends: Arceus, Kirby and the Forgotten Land, Bayonetta 3, Splatoon 3 e a sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild devem impulsionar ainda mais as vendas de Switch.

Com informações: Eurogamer, Reuters.