Início » Aplicativos e Software » Microsoft Teams ganha avatares 3D para reuniões no metaverso

Microsoft Teams ganha avatares 3D para reuniões no metaverso

Microsoft entra no ringue do metaverso com salas de encontro de realidade virtual e avatares 3D animados no Microsoft Teams

Por

A Microsoft também quer sua fatia no metaverso. Nesta terça-feira (2) a companhia anunciou que deve trazer espaços virtuais e novos modelos de avatar em 3D para o Teams, seu serviço de videoconferência que compete com o Zoom e o Google Meets. O nome da nova plataforma será Mesh, e parte de uma nova iniciativa para combinar os projetos de realidade virtual da criadora do Windows, como o HoloLens, com a ferramenta de reuniões por vídeo.

Avatares 3D do Microsoft Mesh vão fazer parte do Teams a partir do 1º semestre de 2022 (Imagem: Microsoft)

Todos que quiserem participar de reuniões pelo Microsoft Mesh terão a opção de comparecer por meio de seu próprio avatar 3D. Com o anúncio de hoje, parece que a Microsoft deve bater de frente com a Meta, de Mark Zuckerberg, para criar ferramentas do metaverso.

Microsoft Mesh traz avatares 3D animados ao Teams

O Microsoft Mesh seria a nova fase do Teams, com salas de reunião virtuais e um novo tipo de interação de realidade aumentada. A novidade deve chegar no primeiro semestre de 2022, segundo a empresa. Em 2020, a Microsoft anunciou o Together Mode: salas de videoconferência com aparência de auditório, com capacidade para até mil pessoas.

Depois de dois anos de pandemia, a gerente-geral do Microsoft Teams, Nicole Herskowitz, contou ao The Verge que as pessoas pegaram bode das reuniões virtuais. “Depois de 30 ou 40 minutos em um encontro, é muito difícil de continuar engajado e prestando atenção”, diz ela. Essa fadiga levou a empresa a desenvolver o Together Mode e com o Mesh.

A pessoa pode usar um avatar 3D no Microsoft Mesh sem estar conectada a um óculos de realidade virtual. A criadora do Windows vai usar inteligência artificial para ouvir a voz do usuário e animar o avatar a partir dela.

Ao entrar em salas de reunião 3D, o usuário pode escolher opções de movimento para animar o seu próprio avatar: por exemplo, se ele clicar no botão de levantar a mão para falar, sua figura pode fazer o mesmo no ambiente virtual.

Salas de realidade virtual com programas da Microsoft

A outra grande inovação do Microsoft Mesh são as salas virtuais. Nelas, usuários vão poder colaborar em reuniões, usar softwares de trabalho como o PowerPoint e o Excel, ou até se divertir por meio de jogos.

É uma das grandes apostas para competir com a Meta, de Mark Zuckerberg. Um dos atrativos é que empresas podem criar e customizar suas próprias salas virtuais. A consultoria global Accenture vem testando o ambiente de realidade aumentada, e hoje tem seu próprio campus online para funcionários.

Quem quiser aproveitar as salas virtuais da Microsoft pode tirar um bom proveito por meio de aparelhos de VR, mas eles não serão necessários para ter a experiência de entrar em um encontro do Microsoft Mesh.

Com informações: The Verge