Início » Computador » AMD lança linha Fusion, que une CPU e GPU

AMD lança linha Fusion, que une CPU e GPU

Por
6 anos e meio atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Está pronta a linha AMD Fusion, mais recente investida da fabricante de componentes de informática para combater o império do mal dominado pela Intel. A empresa prega como revolucionária essa nova tecnologia que consegue unir a unidade de processamento e a unidade gráfica em um mesmo chip. O resultado disso são as APUs (Accelerated Processing Units), que foram apresentadas hoje durante a CES 2011 e começarão a ser vendidas em breve.

Anunciada em junho do ano passado, essa linha de produtos promete mexer com o mercado de processadores nos próximos meses e anos. A promessa da AMD é que os consumidores tenham vídeos em altíssima definição de forma prática em qualquer dispositivo que conte com esses processadores. De acordo com a empresa, os novos modelos são baseados em processamento paralelo. Eles possuem tecnologia de CPU multi-core (ainda no x86) e de processamento gráfico com capacidade para o DirectX 11.

Chip AMD Fusion

Talvez a principal vantagem do Fusion seja o baixo consumo de energia, motivo pelo qual a AMD perdeu muitos clientes ao longo de vários anos. Serão modelos apropriados para netbooks e notebooks – de baixo custo, preferencialmente – que consome muito pouca energia para realizar suas tarefas, o que leva em consideração o uso intenso de gráficos.

Por enquanto somente duas linhas de produtos foram anunciadas pela AMD, ambas com foco no mercado popular. A C-Series terá foco nos netbooks, com opções de frequência de 1,0 GHz e 1,2 GHz. Nesses dispositivos o consumo da APU será de 9 W. Já a E-Series será voltada para notebooks, desktops populares e computadores tudo-em-um. As frequências serão de 1,5 GHz ou 1,6 GHz, com consumo de 18 W.

Além disso, a AMD trabalha em APUs mais avançadas para usuários mais exigentes. O lançamento desses produtos está previsto para meados de 2011. A previsão da empresa é que grandes fabricantes de computadores – leia-se: Acer, HP, Dell, Sony, Toshiba e Lenovo, entre outras – anunciem em breve novos modelos com o selo Fusion Inside. 😛

Eu consultei a AMD Brasil sobre os preços da linha Fusion no país, mas a empresa por enquanto não tem essas informações. O jeito vai ser esperar.

  • Achei muito interessante unir os dois, é bem útil

  • GameT

    Não deve ter muita capacidade gráfica, acho que serve só pra videos HD

    • Okay, pode não rodar Crysis, mas vídeo em HD consome muuuuuuitos recursos. Portanto, se rodar HD bem, já é uma opção e tanto!

      • Gabriel Silva

        É isso aí!! 😀

      • Se eles lançarem um netbook com preço razoável, vendo o meu atual e compro o novo. HD no netbook (usando Flash, de preferência) é meu atual desejo de consumo.

        Mas, para isso, a resolução da tela deveria aumentar, não? Porque assistir vídeos HD numa tela de 1024×600 pixels não faz muito sentido…

        • Shangraf

          mas e se a pessoa quiser assistir filmes em fullhd em um netbook de tela 1024×600, mas colocar um monitor fullhd na saida de video? acho que esse eh o pensamento deles, portabilidade e potencia.
          E nem da pra concorrer com o m11x da alienware pois este eh muito pesado, ja nao tem tanta portabilidade.

    • Patrik

      A intenção é substituir placas de vídeo onboard.
      Já rodei Crysis na minha humilde HD3200 onboard, em 800×600 e algumas coisas no médio, com mais de 15FPS. Claro que não se compara com a HD5670 que tenho hoje.
      Devem rodar videos HD tranquilamente. E vários jogos, mas não com resolução e qualidade tão alta. Bom para que não quer gastar muito e não joga tanto.

  • Mas os processadores novos da Intel também tem vídeo integrado (i3, i5 e i7)

    • “novos”, né? O primeiro Core i7 foi lançado em 2009 e já tinha GPU integrada. O primeiro Core i3 foi lançado em janeiro de 2010, há exatamente um ano.

      • Core i7 não vem com GPU Integrada. Ela só está disponível nos modelos da Série Core i5 e Core i3. Vide a página de detalhes da Intel, amigo. 🙂

    • Não tão novos assim. O primeiro Core i7 foi lançado em 2009 e já tinha GPU integrada. O primeiro Core i3 foi lançado em janeiro de 2010, há exatamente um ano, e também é direcionado ao mercado popular.

      • Rodrigo Fogagnolo

        Isso sem contar a nova linha Sandy Bridge que a Intel anunciou e não foi notificada aqui no blog…

  • bawlaw

    muito bom!!!
    isso vai acelerar muito as coisas..

    pena q a amd tem fama de fritar chips caso a cooler pare por algum motivo.

  • O Meu Core i5 já faz isso à meses…:p

  • Só 1,6 GHz ?! Me surpreenderia se fosse uns 2,2 e consumisse uns 15 w.

    • [2]

    • Pedro Lima

      Realmente 1,6GHz não da pra nada…

  • O clock ainda ta muito baixo, mas né, vamo ver.

  • Interessante a AMD entrar na ideia, eu sempre preferi AMD mas poxa, 1,6GHz é de “matar o guarda”, não?

  • Renyer

    Clock não quer dizer nada.

    Foi o tempo que era muito importante.

  • Veditto

    Muito bom, parece que será um bom chip pelo menos.