Início » Jogos » PS5 tem sistema invadido por hackers que desbloquearam PS3 e PS4

PS5 tem sistema invadido por hackers que desbloquearam PS3 e PS4

Hackers do grupo Fail0verflow afirmam ter acessado as chaves raiz do PS5, usadas para remover algumas proteções do sistema

Por

O desbloqueio do PS5 pode estar próximo, pelo menos é o que afirma o grupo de hackers conhecido como Fail0verflow. Na noite do último domingo (7), a equipe anunciou no Twitter que havia acessado as “chaves raiz” (root keys, em inglês) do console, usadas para remover as proteções por criptografia de algumas partes do sistema do videogame da Sony.

PlayStation 5 (PS5) (Imagem: Divulgação/Sony)
PlayStation 5 (PS5) (Imagem: Divulgação/Sony)

Em teoria, essa quebra de segurança é um passo a mais no processo de desbloqueio do PS5. No entanto, o grupo de hackers não explicou como havia conseguido essas tais chaves raiz, nem disse se pretende compartilhar informações sobre a proteção do console no futuro com outras pessoas.

Em um tweet, a conta oficial do Fail0verflow postou uma captura de tela do que parecem ser as chaves raiz do PS5. No texto, o perfil diz: “Nós conseguimos todas as chaves raiz (simétricas) do PS5. Todas elas podem ser adquiridas por software, incluindo as chaves exclusivas de cada console, se você procurar bastante!”.

Em outro tweet, o Fail0verflow disse que não vai ser fácil para a Sony consertar a vulnerabilidade do sistema do PS5. Não sabemos até que ponto essa informação é verdadeira, pois ainda não há qualquer pronunciamento oficial da empresa sobre o caso.

Mesmo sem comentários da Sony, vale mencionar que o Fail0verflow não é novo no cenário de desbloqueio de consoles. Os membros do grupo já conseguiram até mesmo invadir o sistema do PS3 em 2011, ganhando controle total sobre as funções do videogame. Eles também já hackearam o PS4 e fizeram o Nintendo Switch rodar programas sistemas customizados, incluindo Linux.

Outras pessoas dizem ter invadido o sistema do PS5

Além do grupo Fail0verflow, outras pessoas relevantes na cena de desbloqueio de consoles postaram fotos relacionadas a possíveis invasões do PS5. Um desses indivíduos foi Andy Nguyen, que trabalha como engenheiro de segurança no Google e alega ter acessado as configurações de “debug” do videogame — normalmente disponíveis apenas para desenvolvedores. Nguyen também disse que não vai compartilhar seus métodos de invasão com o público.

Apesar desse avanço recente, o PS5 ainda não foi desbloqueado totalmente. Porém, se a Sony não se movimentar para solucionar os problemas de segurança do console, é provável que isso mude, resultando em consequências permanentes para a empresa.

Com informações: GamesRadar, Eurogamer.