Início » Demais assuntos » Cartão de transporte Bom vira Top em SP, com opção de crédito e débito

Cartão de transporte Bom vira Top em SP, com opção de crédito e débito

Cartão Top poderá ser usado em ônibus metropolitanos, Metrô e CTPM; novidade pode funcionar como cartão de crédito ou débito

Por

Nesta segunda-feira (8), o Governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), divulgou em suas redes sociais o Top, cartão de transporte que substituirá o Cartão Bom nos ônibus da região metropolitana do Estado. A troca promete trazer mais praticidade ao usuário: o Top também pode ser usado como cartão de crédito ou débito.

Divulgação do cartão Top em São Paulo (imagem: Facebook/Top)
Divulgação do cartão Top em São Paulo (imagem: Facebook/Top)

O Cartão Bom é um cartão de transporte que, além de ser aceito nos validadores dos ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), funciona para pagamento de tarifas na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e no Metrô de São Paulo. Note que o Cartão Bom não tem utilidade fora dos sistemas de transporte.

Já o Top foi apresentado como uma solução mais moderna: o cartão pode integrar, além das funções de pagamento de transporte, modalidades de compras a crédito ou débito. De acordo com o anúncio oficial, outros serviços relevantes à população poderão ser agregados em etapas futuras.

O cartão com função crédito tem bandeira Mastercard. A adesão é opcional, no entanto. O usuário tem a opção de pedir um cartão apenas para pagamento de transporte. Nesta última modalidade, o desconto de R$ 1,50 na integração entre ônibus e trilhos continua valendo.

Se o usuário quiser contar com os serviços financeiros, terá seu cadastro vinculado a um conta digital que leva o mesmo nome do cartão e pode ser acessada via aplicativo (para iOS e Android). A conta permite pagamentos, transferências, recebimento de salários e outros serviços. A conta Top em si é gratuita, mas a função de crédito, se ativada, tem anuidade de 12 vezes de R$ 16,90.

Com o app, o usuário também pode comprar bilhetes digitais em QR Code para uso na CPTM ou no Metrô — o Top foi lançado no final de 2020 justamente para essa função. A plataforma é controlada pela empresa Transpass.

Cartão e aplicativo Top (imagem: reprodução/Top)
Cartão e aplicativo Top (imagem: reprodução/Top)

Troca do Cartão Bom pelo Top é gradativa

Os créditos do Cartão Bom são válidos até 31 de março de 2022 e não serão transferidos para o Top. Após essa data, o Cartão Bom deixará de ser aceito pelos sistemas de transporte.

A troca pelo Top será gradativa, porém. Desde 5 de novembro, o usuário do Bom Vale-Transporte pode solicitar a substituição. Quem tem o Bom Comum pode fazer a solicitação a partir de dezembro. As demais modalidades — Escolar, Sênior, Especial e Empresarial — poderão ser trocadas a partir de 2022.

O cartão Top deve ser solicitado via aplicativo. Não há cobrança de emissão, mas o usuário deve pagar pelo envio se optar por receber o cartão em seu endereço. Como alternativa, o cartão poderá ser retirado gratuitamente em um loja Pernambucanas conveniada.

É importante destacar que o Top substitui apenas o Cartão Bom, usado na região metropolitana de São Paulo. O cartão não substitui o Bilhete Único, cartão de transporte da Cidade de São Paulo. Este continua sendo aceito nos ônibus do munícipio, bem como nos validadores da CPTM e do Metrô.