Início » Celular » Leilão da Receita Federal em Curitiba tem Xiaomi, iPhone, Switch e mais

Leilão da Receita Federal em Curitiba tem Xiaomi, iPhone, Switch e mais

De guarda-chuva a iPhone 11, leilão da Receita Federal traz consoles, smartwatches e caixas de som e mais de 2 mil celulares da Xiaomi

Por

Guarda-chuva, patinete e bicicleta da Xiaomi, iPhone 11, Nintendo Switch e Chromecast. Esses são alguns dos itens em oferta no leilão da Receita Federal em Curitiba. Outros aparelhos, como modelos mais antigos dos celulares da Apple e milhares de smartphones da Xiaomi, como o Redmi Note 8 e 9, estão disponíveis para serem arrematados no pregão. Vale destacar que caixas de som e smartwatches também estão presentes.

Redmi Note 8
Xiaomi Redmi Note 8, assim como outros modelos da marca, estão nessa edição do leilão da Receita (Imagem: Divulgação / Xiaomi)

iPhone 11, iPhone XR e iPhone 7 Plus

O destaque desta edição do leilão da Receita é o lote 218. Ele até agora tem o lance mínimo mais caro de todos, mas por uma boa razão: o vencedor leva uma grande quantidade de unidades de smartphones da Apple, desde mais antigos até modelos mais novos: 31 unidades do iPhone 11, 15 unidades do iPhone XR e 56 unidades do iPhone 7 Plus.

Mas vale ressaltar que todos os lotes de informática e celulares oferecidos no pregão federal só aceitam ofertas de pessoas jurídicas (PJ). Isso explica, por enquanto, o fato de que todos os lances mínimos ultrapassam a casa dos dois dígitos.

Nintendo Switch e Chromecast

Outro lote de destaque neste leilão da Receita Federal é o 22, com oito unidades do Nintendo Switch. A fabricante já avisou que menos unidades do console devem chegar às lojas, especialmente no final de ano. A empresa japonesa enfrenta dificuldades devido à crise provocada pela escassez de semicondutores.

Nintendo Switch encaixado na dock (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)
Nintendo Switch encaixado na dock (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)

O Chromecast também pode ser apanhado no leilão da Receita, por meio do lote 20. Além do gadget de streaming em do Google, o Tecnoblog reuniu abaixo centenas de celulares da Xiaomi: modelos em abundância em vários lotes incluem o Redmi Note 9 e Note 9S, Redmi Note 8 e Note 8 Pro, e Xiaomi Mi 8 Lite.

Além dos smartphones, caixas de som, smartwatches e consoles, alguns lotes oferecem fones de ouvido fabricado por Huawei e Xiaomi. O leilão da Receita também tem até patinete elétrico e guarda-chuva da fabricante da linha Redmi Note.

Como participar de um leilão da Receita Federal?

Com uma oferta abundante de eletrônicos disponível para PJs, fica a dúvida: como participar de um leilão da Receita? Antes de tentar superar qualquer lance mínimo para lotes com iPhone 11, Nintendo Switch ou celulares da Xiaomi, o participante precisa estar em dia com o pagamento de impostos. E, para isso, é necessário seguir três passos:

  1. obter um certificado digital, que precisa ser adquirido à parte;
  2. obter um código de acesso através do Portal e-CAC;
  3. visitar o site da Receita e colocar seu lance para arrematar os produtos.

Para esta edição do leilão da Receita Federal, todas as mercadorias leiloadas estão em depósitos da instituição na região Sul. A maioria está localizada no Paraná, na capital Curitiba e nas cidades de Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina, e Ponta Grossa.

Itens de alguns lotes estão guardados em depósitos da Receita em Santa Catarina, nas cidades de Joinville e Itajaí.

Participantes do leilão podem enviar propostas de compra até às 21h de sexta-feira (12). Na próxima terça-feira, a Receita Federal vai realizar a abertura da sessão pública dos lotes, para a oferta de novos lances. Vale lembrar que a Receita não faz entregas de produtos arrematados — cabe ao comprador entrar em contato com o órgão e buscar os itens nos depósitos da instituição.

Confira mais detalhes do leilão no site da Receita Federal.

Leilão da Receita tem mais de 2 mil celulares da Xiaomi

Xiaomi Redmi Note 9
Redmi Note 9 (Imagem: Divulgação / Xiaomi)

O Tecnoblog reuniu os lotes de informática e celular disponíveis nessa edição do leilão da Receita Federal:

LotePrincipais produtosLance mínimo
1Redmi Note 7 (72 unidades)
Mi 8 Lite (12 unidades)
Mi A3 (12 unidades)
iPhone 7 (9 unidades)
R$ 39.250
2Redmi Note 8 (27 unidades)
Redmi Note 8 Pro (15 unidades)
Mi A3 (12 unidades)
Mi 9T (10 unidades)
R$ 55.500
3Redmi Note 8 (59 unidades)
Redmi 8A (12 unidades)
Redmi Note 9 (9 unidades)
Redmi 9 (8 unidades)
R$ 30.250
4Redmi Note 9 (59 unidades)
Redmi Note 8 Pro (26 unidades)
Redmi Note 9S (7 unidades)
Redmi Note 8 (6 unidades)
R$ 41.750
5Redmi Note 9 (38 unidades)
iPhone 7 (13 unidades)
Redmi Note 8 (12 unidades)
Redmi Note 9S (11 unidades)
R$ 59.750
6Redmi Note 9 Pro (91 unidades)
Redmi Note 9S (24 unidades)
Redmi Note 9 (15 unidades)
Redmi Note 8 (2 unidades)
R$ 55.250
20Redmi Note 8 (106 unidades)
Redmi Note 9S (54 unidades)
Redmi Note 9 (30 unidades)
Chromecast (30 unidades)
R$ 66.000
21Mi 8 Lite (146 unidades)
Redmi Note 8 (101 unidades)
R$ 72.700
22Redmi Note 8 (89 unidades)
Mi 8 Lite (85 unidades)
Nintendo Switch (8 unidades)
R$ 40.000
23Redmi Note 8 (236 unidades)
Redmi Note 8T (45 unidades)
Redmi Note 9S (14 unidades)
Amazfit Bip Lite (6 unidades)
R$ 65.600
24Redmi Note 8 (183 unidades)
Redmi Note 8 Pro (60 unidades)
Note 9S (25 unidades)
Mi A3 (21 unidades)
R$ 84.200
25Redmi Note 8 (91 unidades)
Xiaomi Note 9 (54 unidades)
Redmi Note 9s (31 unidades)
Redmi Note 9 (29 unidades)
R$ 85.500
26Redmi Note 8 (108 unidades)
Amazfit Bip Lite (40 unidades)
JBL Go2 (23 unidades)
Amazfit GTR (19 unidades)
R$ 43.300
54Mi A3 (18 unidades)
Redmi 8 (16 unidades)
Redmi Go (9 unidades)
Redmi 8A (5 unidades
R$ 62.000
211Mi 8 Lite (117 unidades)
Redmi 6A (100 unidades)
Redmi 6 (80 unidades)
Mi Play (61 unidades)
R$ 97.000
212Redmi Note 8 (137 unidades)
Redmi Note 7 (39 unidades)
Mi 8 Lite (32 unidades)
Redmi Go (20 unidades)
R$ 106.000
214Redmi Note 9S (230 unidades)
Redmi Note 8 (27 unidades)
Redmi Note 8 Pro (11 unidades)
Redmi Note 9 Pro (10 unidades)
R$ 141.000
215Xiaomi Redmi 9I (131 unidades)
Redmi Note 9S (66 unidades)
Redmi 9C (19 unidades)
Poco X3 (12 unidades)
R$ 100.000
217Mi 8 Lite (423 unidades)R$ 143.000
218iPhone 7 Plus (56 unidades)
iPhone 11 (31 unidades)
iPhone XR (15 unidades)
Redmi Note 9S (11 unidade)
R$ 153.000

Colaborou: Everton Favretto