Início » Negócios » Disney+ desacelera e cresce menos que Netflix em número de assinantes

Disney+ desacelera e cresce menos que Netflix em número de assinantes

Mesmo com um aumento de 60% em comparação ao ano anterior, o Disney+ teve que ver a sua concorrente Netflix alcançar números maiores

Por

Alcançando a marca total de 118,1 milhões de assinantes, o Disney+ demonstrou um desaceleramento em comparação com a Netflix neste quarto trimestre. Isso porque foram adicionados cerca de 2,1 milhões de novos usuários, muito abaixo do que analistas da área acreditavam. Já a Netflix alcançou a marca de 4,4 milhões de novos assinantes, superando as expectativas dos analistas.

disney+ netflix
Aplicativo do Disney+ na TV (Imagem: Photo by Marques Kaspbrak on Unsplash)

Mesmo com lançamentos em 2021 como Star Wars: The Bad Batch, Cruella, Loki e Monstros no Trabalho, o Disney+ não conseguiu superar a Netflix neste quarto trimestre. Seriados como Squid Game (Round 6 no Brasil) ajudaram a alavancar o serviço de streaming com pouco mais do que o dobro de novos assinantes do que a plataforma de Mickey Mouse.

É verdade que a empresa já estimava um crescimento menor do que os analistas apostavam. Segundo a CNBC, o CEO da companhia, Bob Chapek, já acreditava que o aumento de novos assinantes para a plataforma ficaria abaixo de “dígito único na casa de milhões”. Isso porque o crescimento do segmento bateu em “ventos contrários”, dificultando o aumento da base de usuários.

Esses números do Disney+ ficam ainda mais desconfortáveis quando vemos que os analistas da StreetAccount apostavam em um aumento de 9,4 milhões de novos assinantes nesse mesmo período.

Vale ressaltar que a divisão de streaming chamada de “Distribuição de mídia e entretenimento” também teve um prejuízo de US$ 630 milhões. Muito disso deve-se a custos das produções e marketing, porém é um número muito maior do que foi visto no mesmo período no ano passado (US$ 374 milhões).

Disputa no streaming ainda vai longe

A briga pela atenção dos usuários ainda está longe de ter um fim. Mesmo com um aumento bem menor do que o Disney+ gostaria e o crescimento exponencial que a Netflix conseguiu, não deve ser ignorada a porcentagem de assinantes em comparação ao ano passado.

Neste quarto trimestre, o Disney+ passou a ter 60% a mais de usuários ativos do que no mesmo período em 2020. Sendo assim, a intenção da empresa de conseguir alcançar a marca entre 230 a 260 milhões de assinantes até 2024 parece realista. Cabe lembrar que a Netflix já havia ultrapassado os 200 milhões em janeiro.

Com lançamentos como Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, Jungle Cruise e o seriado do Gavião Arqueiro, espera-se que o Disney+ consiga um bom resultado neste fim de ano. Em meio a tanto conteúdo interessante, é o fã quem sai ganhando no fim das contas.

Com informações: Engadget.