Início » Brasil » Prefeitura do RJ prepara app rival do iFood e Uber Eats com taxa zero

Prefeitura do RJ prepara app rival do iFood e Uber Eats com taxa zero

Prefeitura do RJ vai dar a largada nos testes do Entrega.Rio, seu novo aplicativo de delivery com taxa zero a bares e restaurantes

Por

A Prefeitura do Rio de Janeiro está desenvolvendo o seu próprio aplicativo de delivery. Anunciado nesta terça-feira (16), o Entrega.Rio será a nova plataforma para concorrer com o iFood, Uber Eats, entre outros, na capital fluminense. Entre os destaques da novidade, está a ausência de taxas para os estabelecimentos comerciais cadastrados.

Prefeitura do RJ prepara app de delivery próprio: Entrega.Rio (Imagem: Reprodução/Prefeitura do Rio de Janeiro)
Prefeitura do RJ prepara app de delivery próprio: Entrega.Rio (Imagem: Reprodução/Prefeitura do Rio de Janeiro)

O app de entregas, que é desenvolvido pela Empresa Municipal de Informática (IPLANRIO), segue os passos do Táxi.Rio. O Entrega.Rio visa oferecer uma opção mais econômica em relação às demais plataformas, já que não vai cobrar taxas aos restaurantes cadastrados. A iniciativa ainda busca aumentar o lucro dos entregadores.

Esta economia também será repassada aos consumidores. O app ainda tem como objetivo oferecer preços mais em conta na hora de fazer pedidos em bares e restaurantes. Além disso, os cariocas contam com mais uma plataforma para entregas na cidade, além do iFood e Uber Eats, que já marcam presença na capital fluminense.

Prefeitura do RJ cadastra restaurantes para testes

A plataforma ainda está sendo preparada e não está disponível ao público. Mas os bares e restaurantes dos polos gastronômicos do Rio de Janeiro (RJ) já podem enviar seus dados para se cadastrar no Entrega.Rio e participar dos testes até esta quarta-feira (17). Para isto, basta enviar um e-mail para [email protected] com o nome do estabelecimento, CNPJ, nome do responsável, telefone e e-mail.

O período de testes está previsto durar de 25 de novembro de 2021 até 4 de janeiro de 2022. Neste momento, somente servidores da Prefeitura do RJ poderão fazer pedidos pela plataforma. As limitações também serão destinadas aos bares e restaurantes, que só poderão utilizar seus próprios entregadores durante a fase experimental.

Ainda não há previsão de lançamento do Entrega.Rio para toda a população carioca.

Com informações: Diário do Rio e Veja Rio