Início » Celular » Um ano depois, Android 11 ainda não é a versão mais usada

Um ano depois, Android 11 ainda não é a versão mais usada

Android 11 é a segunda versão mais usada em celulares e tablets do sistema operacional do Google; Android 10 aparece em primeiro lugar

Por

O Android 11 completou mais de um ano de vida nos últimos meses. Mesmo assim, a versão do sistema operacional do Google lançada em 2020 está em segundo lugar, atrás da geração anterior: o Android 10. É o que apontam os dados de utilização disponíveis no Android Studio e revelados pelo 9to5Google nesta segunda-feira (22).

Android 11 é a segunda versão do sistema operacional mais popular (imagem: Andrew Mantarro/Unsplash)
Android 11 é a segunda versão do sistema operacional mais popular (imagem: Andrew Mantarro/Unsplash)

Os dados mostram os resultados de 2021 até o Android 11 (R), uma vez que o Android 12 começou a ser liberado apenas em outubro. O Android 10 (Q), que foi anunciado em 2019, vem em primeiro lugar, com 26,5% de utilização. Já a versão do sistema operacional lançada em setembro de 2020 vem na segunda colocação com 24,2%.

O Android 9 (Pie) é a terceira versão mais usada no momento, com 18,2%, de acordo com os números de distribuição encontrados no Android Studio. A atualização, vale lembrar, foi lançada em 2018. Em seguida, há o Android 8 Oreo (13,7%), Android 7 Nougat (6,3%) e Android 6 Marshmallow (5,1%) nas quarta, quinta e sexta colocações.

Ainda há espaço para o Android 5.0 (Lollipop). No ranking, a versão do sistema operacional do Google lançada em 2014 abocanha uma fatia de 3,9%. Também há quem ainda utilize o Android 4.4 (Kit Kat), com uma participação de 1,4%, e o Android 4.3 (Jelly Bean), com 0,6%. Na ordem, os softwares estão em sétimo, oitavo e nono lugar.

Distribuição de versões do Android (Imagem: Reprodução/9to5Google)
Distribuição de versões do Android (Imagem: Reprodução/9to5Google)

Android 12 é lançado com Material You e outras novidades

O Google disponibilizou a versão final do Android 12 no começo de outubro. Além da interface Material You, que personaliza as cores do sistema com base nos tons do papel de parede, a atualização traz novos recursos de privacidade. A lista de novidades ainda engloba melhorias em notificações, no desempenho e outras ferramentas do sistema.

“Hoje estamos submetendo o código-fonte para o Android Open Source Project (AOSP) e lançando oficialmente a versão mais recente do Android”, anunciaram na época. “Fique de olho no Android 12 chegando a um dispositivo perto de você começando com Pixel nas próximas semanas e dispositivos Samsung Galaxy, OnePlus, Oppo, Realme, Tecno, Vivo e Xiaomi ainda este ano.”

Em 15 de novembro, a Samsung começou a liberar o Android 12 sob a One UI 4 para o Galaxy S21. A companhia também revelou um calendário de atualização no app Samsung Members aos usuários. De acordo com a lista, a geração atualização de celulares da marca receberá o sucessor do Android 11 até janeiro de 2022.

Com informações: 9to5Google