Início » Jogos » O que muda nos remakes de Pokémon Diamond e Pearl?

O que muda nos remakes de Pokémon Diamond e Pearl?

Mesmo fiéis aos jogos originais, os remakes Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl têm 7 novidades importantes que melhoram a aventura na região de Sinnoh

Por

Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl são remakes dos jogos da quarta geração da franquia, lançados para Nintendo DS em 2007. Por mais que os games compartilhem a mesma região de Sinnoh, com seus monstrinhos, treinadores e enredo, há algumas novidades nas versões de Switch. Nas linhas a seguir, mostro as 7 maiores diferenças dos novos títulos em relação a Pokémon Diamond e Pearl.

Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Divulgação/Nintendo)
Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl têm algumas diferenças em relação aos jogos originais (Imagem: Divulgação/Nintendo)

1. Customização de roupas

Customização de roupas em Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)
Há diversos estilos de roupas para deixar seu treinador único (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)

Presente nos jogos desde Pokémon X e Y, o sistema de customização de roupas foi colocado em Brilliant Diamond e Shining Pearl para dar mais opções de estilo aos treinadores. Porém, a função é mais parecida com a vista em Pokémon Let’s Go Pikachu e Eevee. Em vez de mudar cada peça do visual separadamente, só dá para usar conjuntos completos diferentes.

As roupas variam de preço e há estilos diferentes dependendo do gênero do seu personagem. Além disso, logo ao começar a aventura dá para escolher a etnia do protagonista. Esses recursos são puramente visuais, mas podem fazer uma diferença enorme na imersão dos jogadores.

2. Pokémon seguindo o treinador

Pokémon seguindo o treinador em Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)
Dá para passear com o seu Pokémon fora da Pokébola (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)

Outro recurso que tem aparecido nos jogos mais recentes de Pokémon, e está em Brilliant Diamond e Shining Pearl, é a opção de deixar os monstrinhos fora da Pokébola para eles seguirem o treinador. Além de ser estética, essa função permite aumentar a amizade com as criaturas de forma mais ágil.

Com um nível de amizade alto, os Pokémon começam a receber bônus durante as batalhas. Por exemplo, se você e o seus monstrinhos forem muito próximos, eles podem sobreviver a nocautes, causar danos críticos com mais frequência e até escapar de ataques poderosos.

3. Grand Underground

Grand Underground de Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)
Subterrâneo de Sinnoh tem Refúgios Pokémon com monstrinhos selvagens (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)

Uma das grandes novidades de Brilliant Diamond e Shining Pearl é a atualização da área subterrânea de Sinnoh para o Grand Underground. Lá, é possível minerar gemas, fragmentos, pedras de evolução e muitos outros itens. Também dá para ter sua própria base secreta e decorá-la com estátuas de Pokémon.

Essas estátuas, porém, não são só estéticas. Elas servem para aumentar a chance de encontrar Pokémon selvagens de tipos específicos nas novas áreas do subterrâneo — os Refúgios. Por exemplo, se você colocar a estátua de um Lucario na base secreta, monstrinhos lutadores vão aparecer com mais frequência no mapa.

4. Super Contests

Super Contests em Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)
Concursos Pokémon de Brilliant Diamond e Shining Pearl foram atualizados (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)

Os Concursos Pokémon também receberam uma bela atualização em Brilliant Diamond e Shining Pearl. Em vez de só ficar exibindo os ataques dos monstrinhos para um banca de jurados, agora os Super Contests contam com um minigame rítmico em que o jogador precisa acertar as notas das músicas no tempo certo.

A pontuação final do Concurso é afetada não só pela performance na música, como também pela apresentação visual do seu Pokémon. Para aumentar os pontos, vale colocar a Pokébola do monstrinho em uma cápsula bem enfeitada com várias adesivos de efeitos e escolher o ataque certo para usar no meio da performance.

5. Melhorias das gerações recentes

HMs em Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Divulgação/Nintendo)
O Pokétch é usado para pedir ajuda de Pokémon selvagens (Imagem: Divulgação/Nintendo)

Por mais que Brilliant Diamond e Shining Pearl sejam remakes fiéis dos jogos clássicos da quarta geração, os games mais novos contam com melhorias de títulos recentes. Dá para citar a adição de Habilidades Secretas — Hidden Abilities —, a implementação do tipo Fada e formas exclusivas para alguns Pokémon, como Shaymin, Rotom e Giratina.

Além disso, as Hidden Machines — ou HMs — como Surf, Fly, Cut e Rock Smash se tornaram Technical Machines — TMs. Isso significa que não é mais necessário ensinar esses ataques para os Pokémon para avançar na história. Agora, os HMs são acessados pelo relógio Pokétch, e uma criatura selvagem aparece para ajudar e vai embora logo depois.

6. Revanches contra treinadores

Revanches contra treinadores em Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Divulgação/Nintendo)
Líderes de ginásio podem ser desafiados mais de uma vez em revanches (Imagem: Divulgação/Nintendo)

Após terminar a campanha principal e se tornar o novo campeão de Sinnoh, você vai poder batalhar novamente contra várias treinadores na região, incluindo líderes de ginásio, Elite dos Quatro e Cynthia. Essas revanches, contudo, ficam cada vez mais difíceis de acordo com o número de vitórias.

Para se ter ideia, na primeira luta contra a campeã Cynthia, ela usa um time de seis Pokémon com níveis entre 60 e 66. Na segunda batalha, são os mesmos monstrinhos, mas os níveis aumentam e ficam entre 74 e 78. Na última revanche, ela aparece com um time de nível 84 a 88, treinado com base em partidas competitivas de alto nível.

7. Ramanas Park

Ramanas Park de Brilliant Diamond e Shining Pearl (Imagem: Divulgação/Nintendo)
Pokémon lendários poderosos podem ser invocados no Ramanas Park (Imagem: Divulgação/Nintendo)

Por fim, o Ramanas Park chega para substituir o Pal Park em Brilliant Diamond e Shining Pearl. O Pal Park era usado para transferir monstrinhos de gerações passadas para os jogos de Nintendo DS. Agora, o Ramanas Park é um lugar onde dá para capturar vários Pokémon lendários de outras regiões e enfrentar um chefão poderoso (não vamos dar spoilers de quem é).

O parque tem diversas cavernas com um pedestal no meio delas. Esses pilares invocam Pokémon lendários ao receberem placas especiais referentes a cada monstrinho. Lá, é possível capturar as aves de Kanto, as feras de Johto, os Regis de Hoenn, Latios, Latias, Ho-Oh, Lugia, Kyogre, Groudon, Rayquaza e até Mewtwo. Se prepare, pois as batalhas não são fáceis.

Agora que você já está por dentro das novidades de Brilliant Diamond e Shining Pearl, pode conferir também a lista de Pokémon exclusivos de cada versão para escolher o seu jogo ideal.