Início » Antivírus e Segurança » Envio de spam aumenta novamente com volta de botnets

Envio de spam aumenta novamente com volta de botnets

Por
9 anos atrás

A conhecida frase-chavão “era bom demais para ser verdade” encaixa como uma luva nesse post. Na semana passada publicamos um post sobre a descoberta da empresa de segurança Symantec que notou um aparente desligamento da botnet Rustok. A rede de computadores zumbi era responsável por mais da metade do volume de mensagens de spam enviadas mundialmente e com o seu desligamento, esse volume caiu vertiginosamente. Mas ontem foi descoberto que a rede estava apenas tirando férias.

De acordo com a firma de segurança NetWitness, que assim como a Symantec também monitora o tráfego das redes, ontem mesmo a Rustok voltou à ativa. Dados da empresa afirmam que ela conseguiu enviar mais de 67 bilhões de mensagens indesejadas apenas nesse dia 10 de janeiro, mais do que um quarto do volume de spam mundial. Alex Cox, analista da empresa, diz que os controladores da rede estavam apenas tirando férias e por isso o baixo número de envio de spam.

Apesar da queda de volume de spam ter acontecido justamente na época de natal e ano novo, o analista de segurança da Symantec Paul Wood discorda e afirma que o período de festividades não teve relação direta com o aparente desligamento. Wood acredita que na verdade “os donos das botnets apenas alugaram a rede para novos clientes”, visto que desde que voltou à ativa a Rustok passou a enviar mensagens com com nomes de outras empresas, diferentes das que enviava antes.

Seja qual for o motivo, o que importa é que a nossos e-mails vão voltar a ficar congestionados novamente. Oba! NOT.

Com informações: BBC News.

Mais sobre: , , ,