Início » Internet » IPv6: Tudo o que você precisa saber sobre a chegada dessa tecnologia

IPv6: Tudo o que você precisa saber sobre a chegada dessa tecnologia

O que é IPv6? Saiba mais sobre o funcionamento e as mudanças trazidas pelo novo protocolo de internet que vai substituir o IPv4

AvatarPor
TB Responde

Após o esgotamento da tabela de endereços IPv4 ocorrido em 2011, houve muita especulação sobre o que aconteceria com o funcionamento da internet no mundo. Uma das alternativas para contornar o problema da falta de endereços IPs na internet, foi a criação do protocolo IPv6. Neste artigo responderemos o que é IPv6, suas características principais e se você vai precisar comprar novos aparelhos para usar a internet.

O que é IPv6

O que é IPv6

IPv6 é o novo protocolo de internet oficializado em 2012 pela IETF ( Internet Engineering Task Force — Força-Tarefa de Engenharia da Internet). Esse protocolo tem como característica, a capacidade de suportar uma quantidade de endereços de IP muito maior do que o IPv4.

Diferente do seu antecessor que utilizava um endereço de 32 bits composto por 4 números, de 0 a 255. O IPv6 utiliza um endereço de 128 bits, representadoo por 8 grupos com 4 dígitos. Por essa razão, o IPv6 permite mais de 340 Undecilhões de endereços, cerca de 75 trilhões a mais do que a quantidade permitida pelo IPv4. Ou seja, não vamos esgotá-los em um futuro muito próximo.

Quando os IPs v4 acabarem, vou perder minha conexão?

Você vai continuar navegando tranquilamente na rede usando o IPv4, pois todos os servidores devem estar configurados para aceitar os dois protocolos.

A única coisa que vai acontecer quando não houverem mais IPv4 para distribuir é uma queda no crescimento da Internet. Isso, claro, se os provedores do mundo todo não tenham implementado o IPv6.

Vou precisar mudar alguma coisa no meu roteador?

A princípio não será necessário mudar nada no roteador, a menos que você queira fazer com que sua rede interna use IPv6, não vai ser necessário fazer nenhuma mudança no seu roteador, seja ele de LAN ou WAN. Para saber se o novo tipo de endereçamento é suportado no seu roteador, a melhor maneira é procurar a fabricante do equipamento. Caso seu roteador seja antigo, talvez não possua suporte ao IPv6.

De qualquer forma, a rede interna em IPv6 só vai funcionar se todos os seus computadores suportarem o novo protocolo de endereçamento e também se o seu provedor te der um IPv6.

Como o novo protocolo IPv6 não suporta NAT, cada dispositivo conectado recebe um IP real, com o qual se conecta na internet. Ele vai ser gerado de acordo com esse endereço, que deve permitir mais de 65 mil subredes.

Precisarei de um modem novo?

Depende da sua provedora de internet. Elas terão duas alternativas quando precisarem oferecer o IPv6 para seus clientes. A primeira é criar um sistema de tunnel broker, em que você navega com IPv6 mas através de um endereço IPv4.

A segunda é substituir os modems que não suportam o novo endereçamento, por modems mais novos que sejam compatíveis com o novo protocolo.

Quero testar esse IPv6, como faço?

Existem muitos sites que fazem o teste para ver se a sua conexão aceita IPv6, mas você pode utilizar o Test-IPv6.

O IPv6 além de ser um protocolo que permite um número muito maior de conexões, também oferece maior segurança aos usuários, pois foi projetado para ter criptografia por toda conexão, dificultando que a conexão seja interceptada por terceiros.

Embora o processo de implementação do IPv6 esteja sendo lento, haverá muito tempo até que seja necessário criar um novo protocolo para aumentar a quantidade de IPs para internet. Durante esse período, o protocolo pode ser aperfeiçoado para garantir mais velocidade e segurança aos usuários.

Colaborou: André Leonardo

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Victor Ramirez
O numero da identidade e um id da pessoa certo?digamos que a pessoa seja o host e o id seja o ip...então...
Fernando Hasierr
6 anos se passaram deste artigo e o ipv6 não é usado nem por 8% das pessoas no Brasil. Vai demorar uns 15 anos pra que ele seja usado em 80% do país.
ricardo
mas e a privacidade?naõ vai mudar ou todos saberaõ o que faço,seria bom contra hackers ou pedofilos,mas nem todos saõ assim e gostam de privacidade
msmosso
É possível fazer o teste utilizando o tunnel broker SixXS estando conectado através de uma rede [ cable modem -> roteador tp-link WR340G (sem suporte a ipv6) -> pc ]? Fiz testes há algum tempo e não consegui. Seria, talvez, o caso de liberação de alguma(s) portas? Se sim, quais?
@xrenan
"[...]Como o novo protocolo não suporta NAT, cada dispositivo conectado vai ter um IP real[...]" Aiai... Isso me parece um grande problema. Imagina como ficariam, por exemplo, os pcs de uma universidade, "expostos" na Internet. É Obvio que as definições de Firewall precisarão ser melhores, mas e os usuários domésticos? Além disso, com a falta do NAT perde-se um pouco da principal função de um roteador né(que só acumulará o serviço de DHCP)? e com isso vêm os problemas... Eu acredito que será um trabalho MUITO MAIOR para a Telefonica (e nós) entregar um modem e dizer: " Tó, você tem direito de usar 10 IPv6 na sua casa... caso precise de mais, custa apenas R$ x,00" Bem, mas como o v4 já 'acabou mesmo'... Que venha o v6! (E depois vc q se mate para interpretar um cliente respondendo pelo telefone: "P* q pariu! Minha geladeira tá off! o IP é: 2021:1cb8:8aa3:0111:0000:77ae:0000:0001 as 2 da madruga...rsrs)
@_eliasalberto
Tenho um roteador que suporta dd-wrt e imagino que ele possa ser atualizado para suportar ipv6. Até que ponto essa compatibilidade será uma questão de firmware ou de hardware? Se o meu roteador suportar ipv6 e eu receber um endereço ipv6 do meu provedor, estarei sujeito a algum limite de dispositivos que posso ter na minha rede, visto que todos deverão receber um ip válido? O provedor poderia me cobrar por 'ips extra' ou impor algum tipo de limitação na quantidade de ips que eu posso ter, ou boicotar o acesso de ips individuais que estivessem consumindo muita banda? Com cada máquina tendo um ip válido e se conectando direto à internet, como fica o compartilhamento de arquivos e impressoras na rede interna? Se todas as máquinas deverão receber ips válidos, como eu posso configurar ips estáticos na minha rede interna? O funcionamento das portas no ipv6 é idêntico ao do ipv4?
Mathias Kroyzanovski
Só ir nas propriedades da placa de rede, instalar, protocolo e selecionar o ipv6. Ou ipv6 install no cmd.
Caio Alexandre
Sim, tem suporte ao IPv6 sim. A Microsoft lançou uma atualização há uns tempos atrás.
Caio Furtado
Ótimo artigo, tirou muitas duvidas.
zhushazang
Essa é a questão, não serão apenas pessoas que usarão ipv6. Geladeiras, máquinas de lavar, carros, até cachorros terão seu próprio ipv6. Dessa forma, será "bem" usado.
@zapimaster
O windows xp não suporta ipv6 logo depois de instalado, porém é bem fácil ativá-lo. De qualquer forma, a transição está muito lenta, esperava que não fosse tão em cima do esgotamento do IPV4. Afinal o IPV6 tem inúmeras vantagens, geo-localização mais fácil (em outras palavras, cuidem com o torrent pirata), ip real pra todo mundo (acesso remoto sem VPN!), melhor segurança (sem a porcaria do ip-sec, agora criptografia nativa). Tudo isso e o principal: os ips vão demorar MUITO pra acabar de novo. Agora até seu microondas pode ter seu próprio IP! :)
@carolmanfe
Nossa...dizer que não há necessidade do IPv6 porque 2012 tá bem ali...#medo :)
Ramon Melo
Os acionistas da Microsoft terão orgasmos quando o IPv6 for implementado.
@brunogdb
Acho que não vai ter... Que eu saiba, nativamente, só o Vista e superiores tem
Bruski
Uma pergunta, o windows XP dará suporta ao IPv6? porque senão der a casa vai cair pra muita gente!!!! mais uma pergunta....o cara tendo um modem router, ligado num roteador sem fio, os ips internos também serão V6 ou poderão continua sendo v4? Explique mais sobre isso no assunto, seria legal. No mais muito bom
Exibir mais comentários