Você está sozinho em uma plataforma de petróleo, lá no Mar do Norte. Repentinamente, um incêndio começa a consumir a plataforma, com direito a labaredas e muitas chamas. É hora de tomar uma decisão: ficar na construção e ser consumido pelo fogo ou pular de cabeça num dos mares mais gelados do mundo. O que você faria?

Foi com essa história que Stephen Elop, o CEO da Nokia desde setembro do ano passado, iniciou um longo e tenebroso memorando, que foi publicado na rede interna dos funcionários da empresa. Se você tinha dúvidas de que a Nokia estava em apuros, fique sabendo que o próprio presidente da fabricante afirma isso.

Elop compartilhou uma série de ponderações acerca do desempenho da Nokia, que está muito aquém do esperado. A empresa seria a plataforma de petróleo em chamas, e cabe a ele decidir o que precisa ser feito para salvá-la enquanto há tempo.

Um dos motivos para a Nokia se ver em situação tão difícil é o iPhone, que foi apresentado pela Apple em 2007. Segundo Elop, é “inacreditável” que a Nokia ainda não consiga oferecer um produto cuja experiência de uso seja tão agradável como a do smartphone da maçã. O próprio CEO admite que a escalada da Apple é impressionante: de 25% de participação no mercado de aparelhos que custam 300 dólares ou mais em 2008 para 61% no ano passado.

Cadê o iPhone Killer da Nokia? Até mesmo Stephen Elop se faz  essa pergunta.

Outro fator que taca mais fogo na plataforma chamada Nokia é o Android. Elop não poupou elogios aos dizer que o Google é uma “força gravitacional” que atrai muito da inovação da indústria de smartphones para o seu núcleo. Não é por acaso que o Android cresce a passos galopantes.

Para completar, a Nokia ainda tem que competir com os chineses, que criam aparelhos a preços muito baixos, com sistemas de qualidade duvidosa, numa velocidade extremamente rápida. Como exemplo do contraste, o MeeGo prometido para o ano passado corre o risco de ter apenas um aparelho rodando o sistema ainda nesse ano. Atrasos e mais atrasos fizeram com que esse cenário nebuloso fosse pintado, para desespero da nokia.

“Nós ficamos para trás, perdemos as grandes tendências, e perdemos tempo”, segue Stephen Elop no memorando. Ele diz que foi-se o tempo dos dispositivos que competem com outros dispositivos.

Atualmente o que existe é a guerra de ecossistemas, na qual “ecossistemas incluem não apenas o hardware ou o software do dispositivo, mas também desenvolvedores, aplicativos, e-commerce, publicidade, busca, aplicações sociais, serviços baseados em localização geográfica, comunicação unificada e muitas outras coisas”. Não é surpresa para ninguém que a Nokia esteja longe de oferecer um ecossistema com essas características.

Como fica a situação do Symbian? Segundo o CEO da Nokia, esse sistema não é só anti-competitivo em mercados importantes como o dos Estados Unidos, como mostrou-se cada vez mais complicado para que desenvolvedores o adotem e ainda assim consigam perseguir tendências de hardware e software. Em outras palavras, ficou para trás.

Já no fim do memorando, Stephen Elop diz que chegou a hora de decidir se a Nokia vai construir ecossistemas, catalisar algum deles e ou juntar-se a algum que já existe. O que você acha que vai acontecer? Será que dá tempo de apagar esse incêndio?

Com informações: PC World, Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

pedro
...e quem falar que essa parceria com a Microsoft, para lançar o iPhone killer vai dar certo... Vejam todos os históricos de fracassos desde que a Microsoft começøu a imitar a Apple... NADA deu certo até o momento!... E isso já fazem mais de 10 anos tentando e fracassando...
pedro
O grande problema da Nokia foi só viver de celulares! A Apple domina pq investe toda sua tecnologia, não só em seus celulares, mas também em toda sua gama de produtos. Coisa que a Nokia não tem e não faz... Acho até, que para uma empresa que só produz celulares, que a Nokia vêm se mantendo bem no mercado... Agora comparar os "monstrinhos" do design deles com os da Apple ou mesmo os da Samsung... A Nokia virou uma Lada do mercado de celulares. Teima em vender design dos anos 90, em 2011...
@_eliasalberto
You, dear gentleman, win. Foi exatamente o que acabou acontecendo.
Caio Furtado
Prefiro um NokiaDroid do que um NokiaPhoneSeven q
Rafael Miranda
É... Dessa eu não sabia! Obrigado!
Rafael Miranda
Pelo menos um presidente humilde e realista(coisas que estavam faltando para a Nokia). Duas coisas podem acontecer: 1) Ou ele é demitido; 2) Ou ele muda a Nokia e os seus executivos A Nokia sempre foi boa(e é na verdade), mas não está conseguindo acompanhar a evolução dos telefones celulares(ou não quer).
Hernani
Eu não gostaria de estar na pele dele, uma grande empresa afundando dessa maneira, não deve ser algo muito engraçado para os acionistas
Hernani
A Nokia tem como grande solução se aliar ao 7Phone ou Android, ou os dois!
aislan rodrigo
Acho q o maior erro da Nokia foi deixar o Symbian ser o único OS de seus smartphones. Se já tivesse explorado o Android talvez já teria algum bom como Galaxy S ou HTC EVO.
Juliano
Nokia + Android = Solução Perfeita Melhor Hardware e Software juntos
EDI LOPES
Pois eh graca os APARELHOS da Nokia sao bons mesmo, mas hoje em dia a "ALMA" eh masi importante que o "CORPO". e na boa a Alma dos aprelhos da Nokia estao queimando no inferno a um certo tempo ja. Talves esse CEo seja o salvador.. Paz do Senhor a todos vcs, e.... Busquem conhecimento e sejam bons srsrsr
Anna Paula Graboski
mercado corporativo nao se resume a email, onde o blackberry é o rei.. mercado corporativo são soluções integradas aos erps, fazendo que pessoas fora da empresa tenham acesso as informações de dentro dela, através de soluções moveis.. pedidos, ordens de serviço, entregas, vistorias, etc, etc etc. para isso, precisa-se de um banco de dados rodando dentro do smartphone, e infelizmente, só a microsoft tem um software estável e com um modelo de negócio que permita esse tipo de solução.
Graça araujo
Não entendo mto da parte funcional dos aparelhos celulares mas, sou simplismente apaixonada pelos da Nokia e sentirei bastante se um dia ela sair do mercado. Não me vejo usando outra marca, tenho dois cel. e os dois são da Nokia, outras operadoras as vezes conseguem fazem modelos com disgner bem interessantes, mas as resoluções da Nokia eu gosto bastante, e esperava que ela elaborasse um aparelho p dois chips, pois uso o serviço de duas operadoras.
Irio
Seria bacanudo clicar no link do google reader e abrir a versão mobile do site.
Kadu
Achei bom o CEO da Nokia se manifestar. Pelo menos mostra que eles estão acordados para o problema e sabem que é necessário buscar uma solução. Só não precisava, como você disse, dar um chute na empresa.
Exibir mais comentários