Muito se discute nessa internets sobre o fim da franquia Guitar Hero. A notícia foi revelada no apagar das luzes de ontem, com direito a mais de 200 RTs na notinha publicada aqui no TB. Afinal de contas, o Guitar Hero realmente chegou ao fim ou é apenas uma pausa na produção do jogo? Tais dúvidas foram levantadas, e devidamente respondidas pela Activision Blizzard, a empresa que publica o jogo.

A informação que nós temos até agora é de que a Activision decidiu encerrar toda a divisão que cuidava da produção de novos jogos da franquia Guitar Hero. Parece que as guitarras de plástico perderam a batalha contra os controles com sensor de movimento, como o Kinect e o PlayStation Move. Mas isso não é tudo, segundo a fabricante.

Em seu enterro formal, a última pá de terra na cova do Guitar Hero foi colocada pela indústria fonográfica. Em seu comunicado meio desgostoso, a Activision diz que tornou-se insustentável continuar a produzir jogos que dependem de músicas. Isso acontece porque o custo de licenciamento dessas canções é muito elevado, de modo a encarecer demais o produto. Para completar, fabricar os jogos também era custoso, segundo a fabricante.

É o fim do show (imagem: IGN.com)

Simples assim: continuar com o Guitar Hero é caro demais, principalmente por conta das empresas de música. Logo, a Activision decidiu acabar com a franquia. E fique sabendo que nenhum jogo previsto para esse ano será efetivamente lançado.

Essa não é a primeira vez que um jogo no estilo de GH passa por situação complicada. No fim do ano passado, a Viacom – ela é proprietária da marca MTV em diversos países, inclusive no Brasil – decidiu dar fim ao Rock Band, considerado o principal concorrente do Guitar Hero. Em vez de fechar a divisão que mantinha o jogo atualizado, a empresa preferiu vender a empresa Harmonix, que havia sido previamente comprada por ela. O valor do negócio não foi divulgado, mas fontes de mercado confirmam que a Viacom ficou feliz de livrar-se desse pepino.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Felipe Ferba

deviam pelo menos liberar uma atualizaçao para usar os controles...

Alessander Turibio Paes
Só queria jogar o guitar hero 6. Mas fizeram a sacanagem de lançar só 3 guitar hero pra pc, sacanagem.
caykhi
cara se pararem de fabricar guitar hero ,muitas pessoas ficariam tristes ,esse jogo marcou minha infancia ,sou contra parar de fabricar esses tipos de jogos
Allan
Pessoal,não é só repassar o custo pro consumidor,até pq isso encarece o produto e consequentemente menos gente compra, outra questão é que o tempo/dinheiro investido nesse projeto poderia ser utilizado em outro mais rentável,não é atrativo pra uma empresa investir em um projeto que ela invista 500$ pra lucrar 1000$ podendo investir em outro que custe 300$ e dê os mesmos 1000$ por exemplo.
@kaduzeria
100Milhões??? Nunka que seria isso, na informatica existe o "Ctrl+c, Ctrl+v", vai fala que eles não reaproveitaram os objetos, texturas, e efeitos sonoros de versoes enteriores? No maximo eles pagaram a conta de luz os funcionarios, e muita... Muita poca coisa pra outras coisa... acho que não chega a 5 Milhoes
Tiago Celestino
Depois de Skate, a série TH foi para o lixo. Os caras não inovaram, não mudaram a fisica do jogo e mesmo assim acharam que ia vender bastante, o fail para quem curte/curtia a série.
zedascove
Culpa da indústria fonográfica, de novo. Sempre eles fazendo alguma cagada. Por isso não faço questão nenhuma de comprar cd original. Quando se compra um CD, a maior parte daquele dinheiro vai pra gravadora, produtores e etc. Quando você vai no show, a maior parte do dinheiro vai para a banda em si. Sugiro a seguinte estratégia pra todo mundo: vc baixa a discografia inteira da banda sem pagar e usa o dinheiro q gastaria com cds indo em um show deles, de forma que a banda é quase obrigada a visitar o maior numero de cidades possível para obter o retorno que eles querem. Mais dinheiro no bolso da banda (q recebe maior percentual sobre os shows), mais dinheiro no seu bolso (pq vc não tem que gastar com cd E show), menos dinheiro no bolso das gravadoras (que são umas fdp). :D
Caio Furtado
Sou um dos que comemoram. Jogo inútil...
Hernani
Precisa dize isso para a Activision, ela pirateia as músicas e vende, o custo vai ser bem mais baixo HUAhauahauaha
Hernani
o custo é por cópia do jogo vendido, e por música, o valor realmente deveria ser muito alto, e conforme o passar dos anos o GH já não vendia a mesma quantidade da época do GH3
Hernani
Duplo sentido, afinal uns comemoram o fim do GH, outros lamentam por nunca mais poder tocar como se fossem grandes rockeiros
marcio
Por isso que q a pirataria, inclusive de mp3, é tao forte. as empresas fonograficas ainda nao se ligaram que isso existe e contiuam vendendo cds com altos custos. os precos de jogos no brasil ainda é pior. alem de caros no pais de origem, ainda chegam aqui com 124% de imposto. Pena! era um dos melhores jogos...
Ramon Melo
Mas isso não é novidade para ninguém, a Activision afundou a franquia da mesma forma como fez com Tony Hawk's e está fazendo com Call of Duty. Sorte a nossa que Civilization não durou muito tempo nas mãos deles!
Ramon Melo
Esqueceu dos inúmeros processos contra as produtoras, na tentativa de arrancar dinheiro! "Minha imagem não pode ser usada para cantar músicas de outro artista!" mimimimimimimi
Murdock
Mas foi isso que ele disse, o jogo serve como divulgação de músicas antigas e CDs empoeirados. Por que não ganhar com a venda desses CDs ao invés da propaganda? É como se o Faustão chamasse um cantor no ostracismo e o cara cobrasse uma fortuna pra aparecer lá porque há muito tempo não vende nada.
Exibir mais comentários