Ansiedade e depressão são dois grandes problemas da humanidade hoje em dia. Existem medicamentos que ajudam a diminuir a ocorrência deles, trabalhando quimicamente nos neurônios e regulando as válvulas de escape de cada um para o mínimo. Mas os manolos que não querem se arriscar a tomar ditas dorgas (SIC) ganharam uma alternativa. Segundo um estudo realizado pela Universidade da Carolina do Leste, jogar jogos casuais são ótimos para diminuir esses dois grandes males.

No total 59 pacientes com sintomas de ansiedade e depressão participaram do estudo. Eles foram divididos em dois grupos. O primeiro foi instruído a escolher um jogo dentre três: Bejeweled, Peggle e Bookworm Adventures e, depois que escolheram, eles deveriam jogá-lo por 30 minutos no laboratório, enquanto eram gravados, e outras 3 vezes por semana durante um ano. O outro grupo foi instruído a navegar no site da Instituição de Saúde Mental dos EUA, especificamente na área sobre depressão e ansiedade.

Os resultados espantaram os pesquisadores. O grupo que jogou algum tipo de game casual teve os sintomas de ansiedade e depressão reduzidos em até 57%. Segundo o professor que controlou o estudo, com resultados assim é possível que ‘jogar um jogo casual’ seja oferecido como tratamento complementar ou até mesmo substituto a medicamentos no futuro. Em outras palavras, é melhor a fabricante do Prozac tomar cuidado, pois ele pode ser substituído por Peggle em algum momento no futuro. A única desvantagem é que esse tipo de jogo pode chegar a ser tão viciante quanto drogas de verdade.

Antes de terminar o post, uma pequena mas bastante pertinente observação: o estudo foi financiado pela PopCap Games que é, adivinha só, criadora e detentora dos direitos autorais de jogos como Bejeweled, Peggle e Bookworm Adventures. Quanta coincidência, certo?

O estudo completo está disponível na forma de uma apresentação em Power Point que pode ser baixada por esse link.

Com informações: Kotaku.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sidcley Lyra

O link para o estudo não está mais acessível. Teria como rever isso?

gandanoia

Verdade, eu passei por isso .
E por isso encontrei este artigo procurei por Depressão e Jogos .
Parece que encontrei o que já suspeitava .

gandanoia
Verdade, eu passei por isso . E por isso encontrei este artigo procurei por Depressão e Jogos . Parece que encontrei o que já suspeitava .
Eddy
Kongregate: a maior farmácia de anti-depressivos da internet.
Caio Furtado
Diminuem mesmo, com toda certeza.
Rafael The Mist
Puxa, sempre soube que o meu pokerzinho até 3 horas da manhã servia para alguma... OH WAIT!!!
@nelson_integra
Jogo pode ser viciante. Mas ao menos não é uma dependência química, o que é uma grande vantagem sobre os tarjas pretas. A propósito, URBAN REIGN (PS2) pode ser considerado um "jogo casual"? rsrsrs
Rodrigo T.
Fica quieto ow, vc usa Windows Vista e Firefox kkkkkk brinks :D
? Renato Gasoto
Uma boa tática é usar tempo já perdido pra jogar esses jogos. Durante o ônibus, ou enquanto espera na fila do banheiro (-q?) . Eu jogo bejeweled ou outros jogos tb no iphone enquanto vou pro trabalho e volto dele, assim me divirto e aproveito um tempo inutil pra alguma coisa... P.S: a partir do momento que achar uma boa alternativa pra rodar meus seriados mkv ou avi no iphone talvez eu abandone os jogos no jogo e passe a assistir seriados, que é outra coisa que consome tempo pra caramba...
Rafael Silva
Obrigado pela sua crítica deveras construtiva! :P
Hernani
Dorgas Approved! Jogos casuais são ótimos passatempos para quem esta entediado, depois que joguei Plants vs Zombies, fiquei por horas lá
@ViniciusPoncian
Que matéria mais FAIL, ficar citando artigos comprados e feito em power point. PORRA tecnoblog.
Guilherme Carlos
O problema são as pessoas que querem relaxar/tirar a ansiosidade no horário de trabalho, haha!
@brunogdb
Não é isso não, é e parecidos. Esbarrei no botão de enviar pelo trackpad ¬¬
@brunogdb
O que tira minha ansiedade é um bom Call of Duty, Battlefield, Starcraft e isso '-'
Exibir mais comentários