Início » Inteligência Artificial » Computador da IBM que venceu Jeopardy vai parar em hospitais

Computador da IBM que venceu Jeopardy vai parar em hospitais

Por
9 anos atrás

Mesmo estando em vantagem numeral, já sabíamos que os seres humanos perderiam o embate contra um computador. Foi o que aconteceu. Nos dois primeiros dias do programa Jeopardy, o supercomputador Watson, da IBM, deitou e rolou nos seus concorrentes e no terceiro e final dia da competição, que foi ao ar ontem nos EUA, não foi diferente. Watson ganhou de lavada e com isso acabou ganhando também uma nova finalidade: ser usado em hospitais.

A maneira como Watson foi programado faz dele o computador mais sofisticado para análise de linguagem natural até agora. E em um programa como o Jeopardy, que usa frases no formato de pistas para testar os conhecimentos dos participantes, era perfeito para a IBM descobrir se ele era bom o bastante. O resultado foi mostrado no placar: Watson faturou US$ 77,147 e seus concorrentes e campeões do programa Ken Jennings e Brad Rutter conseguiram, respectivamente, US$ 24 mil e US$ 21,6 mil. Mas não foram só flores. A gravação do programa demorou mais de 4 horas porque o Watson vivia travando e precisava ser reiniciado.

Ele agora será usado em dois hospitais universitários, um no Centro Médico da Universidade de Columbia e outro na Escola de Medicina da Universidade de Maryland, para ajudar médicos a diagnosticarem pacientes. Como eles muitas vezes precisam procurar informações sobre doenças em bases de dados enormes, o Watson certamente vai ajudar a diminuir o tempo de busca com seu poder de interpretação da linguagem humana. E em se tratando de diagnóstico de doenças, uma melhora na velocidade é sempre bem-vinda.

Só vamos torcer para que ele não trave tanto.

Com informações: Engadget, Physorg.

Mais sobre: , , , ,