Início » Brasil » Como chamar a atenção do seu futuro chefe na busca por um emprego

Como chamar a atenção do seu futuro chefe na busca por um emprego

Brasileiro usa anúncios do Google para tentar contato com executivo.

Avatar Por
9 anos atrás

Ser o executivo de uma grande empresa não é nada fácil. Novos desafios — na verdade são problemas, mas usar a outra palavra alivia as coisas — chegam à sua Inbox todos os dias, as chamadas telefônicas não param um minuto, é preciso produzir sempre mais, para que a empresa continue sua trajetória de sucesso.

Aí eu pergunto: como algum candidato a emprego pode chamar a sua atenção, se você tem o seu tempo praticamente inteiro consumido pelo trabalho? Um brasileiro achou uma forma bastante criativa de chamar a atenção justamente de quem interessa. No caso, ele quer entrar em contato com ninguém menos que Alexandre Hohagen, o antigo presidente do Google Brasil que recentemente assumiu o posto de liderança no Facebook Brasil.

Denis Zanini, o brasileiro em questão, decidiu aproveitar o que a internet tem de melhor para chegar aos olhos e ouvidos de um executivo que faz com que a roda da grande rede continue girando. Como? Com a compra de anúncios publicitários dentro do buscador que Hohagen liderava, pedindo um emprego na atual empresa do executivo.

Alexandre Hohagen, leia este anúncio

Estás na dúvida se funciona? O jornalista de 37 anos, com MBA em marketing, só foi descoberto depois que eu fiz uma pesquisa dentro do formulário de buscas do Tecnoblog, que usa uma tecnologia fornecida pelo Google. Estava procurando pelo nome do executivo para linkar em uma futura matéria, quando dei de cara com o anúncio de título “Olá, Alexandre Hohagen”. Abaixo, lá estava Zanini dizendo com todas as letras que “gostaria de trabalhar com você no FB”. No caso, não comigo, mas com o Hohagen mesmo.

A ideia não é exatamente nova, pois foi executada no ano passado por Alex Brownstein, um publicitário norte-americano. E não pense que eu só descobri esse dado depois de pesquisar pelo assunto, pois foi o próprio Zanini quem contou, da forma mais honesta possível, que se inspirou em algo que havia acontecido antes. “Inspirei-me no case de um publicitário americano que fez anúncios no Google para cinco grandes executivos de agências. Foi chamado para algumas entrevistas e acabou contratado pela Young & Rubicam.” Talvez você não saiba, mas a Y&R é uma das maiores e mais importantes agências de publicidade do mundo.


(YouTube)

O diferencial da abordagem feita por Zanini diz respeito a onde o link do anúncio leva o usuário. Não se trata de nenhum currículo do século passado, com apenas texto, sem nada que remeta ao rico ambiente virtual. Muito pelo contrário, o jornalista adotou uma ferramenta que geralmente impressiona em palestras e eventos, devido ao seu dinamismo: o Prezi. As apresentações feitas nesse serviço são impactantes, dependo dos efeitos que o usuário utiliza e da forma como estrutura seus pensamentos.

Zanini optou por apresentar um currículo contextualizado, como se estivesse na sala de Hohagen apresentando os motivos pelos quais ele merece ser empregado na rede social que tem tudo para disparar no Brasil. Veja por si mesmo.


(Prezi)

Na estratégia adotada pelo jornalista, que edita o blog Kangibrina, apenas os nomes completos dos executivos foram usados no leilão de palavras do Google AdWords. Como a procura por esses profissionais deve ser bastante reduzida, o anúncio de Zanini aparece quase sempre que a busca por Alexandre Hohagen é feita no Google. E a investida é recente, pois a campanha começou a rodar em fevereiro desse ano.

Hohagen, o atual presidente do Facebook Brasil, está montando escritório da empresa somente agora. O que Denis Zanini diria para o executivo, a fim de entrar na equipe brasileira da rede social? A resposta está na ponta da língua.

“A Web Semântica precisa de profissionais competentes, que tenham visão holística e mente em estado permanente de (r)evolução. Minha vontade de aprender e capacidade de idealizar e realizar grandes projetos são infinitas.”

Não sei se Alexandre Hohagen já tomou conhecimento de Denis. Mas ele está confiante de que tudo vai dar certo. Ao questioná-lo sobre o quanto investiu em anúncios no AdWords, a resposta foi certeira: “Muito pouco perto do retorno que me proporcionarão.”

Saiba mais | Como conseguir emprego usando as redes sociais

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.