A Polícia Militar do Estado de São Paulo finalizou a compra de 11 mil tablets que prestarão seus serviços para “modernizar” as operações da corporação. O modelo, escolhido através de licitação, foi o brasileiro i-MXT, primeiro modelo da classe desenvolvido no país e que será instalado na frota do corpo de bombeiros, polícia ambiental, polícia rodoviária e policiamento urbano.

Apresentado por seu fabricante como “mais completo que o iPad”, o i-MXT tem conectividade ethernet (!), WiFi, bluetooth, 3G, GPS, sensor infravermelho, receptor de TV digital, câmeras frontal e traseira, entradas USB e “outros periféricos” que permitem que o super-gadget possa ser conectado a “impressoras, sensores de leitor de código de barras, leitor de cartão de crédito etc”. Tudo isso sob o bravo comando do sistema operacional Android 2.2, que poderá ser atualizado para a versão 3.0 Honeycomb no futuro.

Segundo o coronel Alfredo Deak Júnior, o uso do equipamento deverá “levar conhecimento ao policial na viatura”. “Um policial pode levantar informações sobre um crime e atualizar e as informações no sistema, que ela ficará disponível a todos demais policiais imediatamente”, completa.

O governo do estado investiu R$ 4 milhões na compra dos aparelhos, que têm valor unitário de R$ 2.100 para os modelos disponíveis na cidade de São Paulo e R$ 2.200 para os aparelhos destinados ao interior. No ano passado eles já haviam anunciado a compra de outros equipamentos como aparelhos de GPS, iPhones e celulares BlackBerry. Tudo pelo combate ao crime.

Com informações: Estado de S.Paulo

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Semnome
Quais sao tds os programas desses tablets ?
Danilo Silva
Se você comprar 11.000 tablets custando 2.200 reais dá 24 milhões de reais. Como que na reportagem eles falam que a licitação custou 4 milhões?
ezequiel
Para q um ipad?kkkkkkkk cai na real,ipad só se for para os PMs twitarem mesmo...kkkkk o Ipad sim é muito caro,não chega aos pés deste tablet.não viu as especificações não?
ezequiel
Muito caro? É mais completo q qualquer tablet no mercado,mais completo até que PCs. Tem motivo sim este preço alto,pena é a versão do android,também ele não é grande como é necessario para rodar o Android 3.0. Imagina um tablet de 10 polegadas no carro,iria ocupar todo o espaço. tb vi,que já foram encomendados varios deste tablets,paro os Estados unidos e outro países.
Aknaton
Buenos dias ! Pra isso é pura falcatrua do governo do estado de SP ! Vai ter muito CC com um desses nas mãos e francamente os PM's necessitam mais de armamentos adequados,treinamentos, veiculos apropriados ao trabalho ! Ao invés de gastar 2100,00 dilmas c/tablets(moderninhos eles ein ?) porque não compraram netbooks que custa menos da metade ??? Ai tem truta !
João Pedro C. Motta
Com essa grossura pode ser usado até como arma. E outra, por que não o iPad, é até mais barato.
Thiago
Foi produzido aqui sim, nessa empresa que fica em Betim-MG: http://www.mxt.com.br/about.php
Hernani
Bela aquisição, ótimos aparelhos para ajudar a policia identificar bandidos no DB, e puxar irregularidade de motoristas no trânsito, imagine os marronzinhos dadno multas de trânsito com tablets, vai multiplicar 10x a quantidade de multas
Ramon Melo
Só eu que achei isso um desperdício de dinheiro? Às vezes, eu me sinto perdido nos sites de tecnologia. Na minha época, a solução para saúde, segurança e educação eram investimento em infraestrutura e na valorização dos profissionais. Hoje em dia, tudo se resolve gastando milhões de reais com gadgets e apps!
Ivo Duran
nosssa quanta função, é quase um MP35 dos xing ling huaahuhuauha!
Caio Furtado
Brasil seguindo em frente na tecnologia.
@androsmaldaner
"Mais completo que o iPad" ???? NOT! ... lol
Gabriel Silva
Nossa, a cada dia fico mais admirado como o Brasil tá evoluindo.
@andreontherocks
ahhh fala sério, eu compraria um brinquedo desses!rsrsrs
Turdin
O TB podia confirmar essa informação pra gente, iria ser de grande valia =)
Exibir mais comentários