Início » Jogos » “Consoles estão morrendo”, diz criador de Angry Birds

“Consoles estão morrendo”, diz criador de Angry Birds

Por
8 anos e meio atrás

Na humilde opinião de Peter Vesterbacka, finlandês que tem em seu currículo a fundação da empresa Rovio e a criação do game Angry Birds, os videogames, no formato que os conhecemos, estão “morrendo”.

Durante sua fala na conferência SXSW, Verterbacka defendeu sua tese afirmando que “a inovação se moveu em direção aos dispositivos móveis”, lembrando que as companhias que desenvolvem games para Androids, iPads e iPhones “são mais ágeis”. Além disso, criticou o atual modelo das empresas de games, “que cobram US$ 40 ou US$ 50 por um jogo que é praticamente impossível de atualizar”.

Black Ops: sucesso de público

Como exemplo, o executivo citou o jogo de maior sucesso da temporada, o Call of Duty: Black Ops, que vendeu 13,7 milhões de unidades desde seu lançamento enquanto a épica aventura de seus pássaros zangados foi baixada nada menos do que 100 milhões de vezes, obtendo seus lucros apenas com anúncios exibidos na tela.

De acordo com sua análise, “ninguém ainda sabe exatamente” como explorar o novo formato dos jogos para dispositivos móveis, mas diz que sua empresa “continuará fazendo experimentos sem se ligar a nenhum modelo”.

Com informações: VentureBeat.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.