O conselho deliberativo do ICANN reuniu-se nessa sexta-feira para decidir o futuro dos TLDs (Top Level Domains), aquelas terminações de domínios que hoje em dia são dominadas pelo .com e pelo .net. Nunca antes na história da internets havia-se criado um TLD específico para pornografia, mas esse momento finalmente chegou: a terminação .xxx finalmente foi aprovada.

Bruna Surfistinha aprova essa ideia.

Foram muitos meses de discussão oficial antes que o .xxx fosse finalmente aprovado. No placar geral da votação, a proposta foi aceita por 9 votos a 3 votos, com direito a 4 abstenções de conselheiros do ICANN. O resultado da votação foi ao encontro ao que o governo dos Estados Unidos recomendou por meio de seu conselheiro.

Não pense que você já pode sair registrando domínios .xxx, no entanto. Ainda há meios de recorrer dessa decisão, um caminho tortuoso que o governo americano pretende tomar.

Enquanto isso, produtoras de filmes adultos, casas de massagem e sites de brinquedinhos mais picantes terão que esperar para registrar seus sites também com o final .xxx. Não há previsão de quando a oferta de domínios voltados para pornografia e sexo será iniciada.

É bom notar que esse mesmo ICANN votou lá em 2007 contra os domínios .xxx. Desde então, a proposta ficou sonolenta na gaveta de alguém até que nessa sexta-feira foi finalmente aprovada. O curioso é que a indústria adulta dos EUA posicionou-se contra a proposta, pelos mais variados motivos.

A ICM, a empresa que será responsável pelo registro de domínios .xxx, afirma que 213 mil domínios já estão reservados, para quando o novo TLD finalmente entrar em funcionamento.

Com informações: XBIZ, PC Magazine.

Comentários

Envie uma pergunta