Início » Negócios » Rumor do dia: brasileiro co-fundador do Facebook vendeu ações

Rumor do dia: brasileiro co-fundador do Facebook vendeu ações

Avatar Por

Eduardo Saverin: o natal chegou antes pra ele

Informações levantadas pelo site Business Insider afirmam que o brasileiro Eduardo Saverin, conhecido co-fundador do Facebook e arqui-inimigo de Mark Zuckerberg, vendeu parte de suas ações do Facebook pela bagatela de US$ 500 milhões, ou R$ 830 milhões.

Nascido no Brasil e criado nos EUA, a história de Saverin se tornou conhecida sobretudo por conta do filme A Rede Social, que relata das desventuras da criação do site de relacionamentos e foi bem recebido pela crítica, com direito a concorrer ao Oscar.

Estudante da universidade de Harvard, o rapaz fundou o Facebook ao lado de seu amigo de fé e irmão camarada Mark Zuckerberg, e depois de contratempos arrepiantes ao lado de uma turma da pesada acabou se afastando do antigo colega - não sem antes levar um belo monte de ações da companhia para casa.

Apesar da suposta bolada, Saverin - que atualmente investe em outras startups, como o Qwiki - ainda pode ter nada menos do que US$ 2 bilhões (R$ 3,3 bilhões, ou 0,12 Eikes Batistas, de acordo com o Instituto Tecnoblog de Economia) de ações do Facebook guardadas debaixo de seu colchão. Nada mal.

Atualização às 07:53 | Segundo uma firma que diz representar Eduardo, o rapaz não vendeu 500 milhões de dólares em ações como informa o site. A firma, no entanto, não diz se ele vendeu algumas das suas ações ou qual a quantia que embolsou.

Com informações: Business Insider

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.