Início » Gadgets » Nook Color vendeu 3 milhões de unidades

Nook Color vendeu 3 milhões de unidades

Avatar Por

Apresentado sem pompa no final de 2010, o leitor digital Nook Color, feito sob a tutela da livraria Barnes & Noble, não levou multidões às ruas em sua chegada às lojas mas, quem diria, pode ser o grande rival - ainda que acidental - do todo poderoso e onipresente iPad no mercado dos EUA, conquistando "até 50%" do mercado dos slates nos States.

A informação é do site Digitimes, que afirma que a livraria consumiu "3 milhões" de telas de LCD para dar conta da demanda inicial de seu gadget nas prateleiras e que "entre 600 mil e 700 mil" novas telas foram entregues ao mês em sua linha de montagem apenas este ano.

Apesar da Apple afirmar ter vendido 7,5 milhões de iPads no último trimestre de 2010, este número não dá conta das unidades comercializadas no mercado norte-americano, única praça em que o Nook Color está oficialmente disponível. Desta maneira, o pequeno leitor digital pode ter abocanhado até metade do mercado local de tablets.

Aos que ainda não foram oficialmente apresentados, o Nook Color é um leitor digital - desenvolvido para ser um concorrente do Kindle - equipado com tela colorida de 7 polegadas e rodando uma versão modificada do Android, com direito à navegação à web, e-mail mas sem acesso ao Android Market. Apesar de simples, é bonitão e pode ser seu por simpáticos US$ 249, ou R$ 413 (sem impostos). Nada mal, não?

Com informações Digitimes

Mais sobre: , , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Furtado
Quem, em nome de Deus, compra uma tela colorida para ver a capa de um mangá?
Dico42
"agora com tela colorida isso fica interessante""vou comprar pra ler mangás" ???
Alexandre
mas num eh? pois o nook, se for ver, nao concorre com o kindle e nem com o ipad, comofaz? eu meteria ele na categoria de tablet. o kindle sim ta em outra categoria... eu chapo com e-ink. qndo ele ta em stand by, fica uma imagem na tela, uma capa de livro famoso, e vc olha aquilo e fica imaginando como aquilo funciona e como que gasta tao pouca bateria
@brunogdb
Parabéns para os fabricantes, e pelo que eu vi, achei o aparelho legal :). Agora, quem acha que ele é eBook e concorre como Tablet e fica reclamando, é que para cada um pode ser de uma forma, mas pelo que vi ele supre as necessidades de um tablet. Agora o Kindle concorrer com o iPad é por causa do iBooks, Kindle, Google Books e etc.
@AntonioVeras
E o que você deixa de pagar na compra, você passa para o advogado. A não ser que você consiga sem o intermédio de um advogado.
Ramon Melo
Vi um homem lendo no ônibus com um Kindle outro dia. Detalhe: moro no Rio de Janeiro. Será um sinal do fim dos tempos?
@andradevini
Um dia eu li que se entrar em um processo com advogado, pode tirar toda a carga tributária do produto, pois é algo de leitura... (aconteceu com um advogado que comprou um kindle)
@AntonioVeras
Poderia ter incentivo de operadoras, MAS não é o caso. Ou seja, sai caro pra dedéu.
Alexandre
convenhamos que as especificacoes do nook color o coloca numa posicao entre um e outro. por ser colorido e ter intenet e mail, pende pro lado do tablet. por ser vendido com e-book numa livraria, pende pro ebook. fiquei curioso pra saber sobre o consumo de bateria dele...
@AntonioVeras
A capa é colorida. :D
João Brunelli Moreno
Caro cara pálida, como foi dito no texto, a concorrência do Nook Color sobre o iPad é acidental, já que ele é um e-reader feito para bater de frente com o Kindle. Mas por terem formato semelhante e compartilharem algumas funcionalidades, mesmo lá fora eles são considerados rivais, ainda que provavelmente disputem públicos de interesses diferentes.
Alexandre
olha o nook mineirinho comendo quieto pelas beiradas. engraçado eh que seu lancamento nao fez barulho alguma. estive nos EUA nas 2 ultimas quinzenas do ano passado e esse gadget foi o unico que nao vi nem mencao. ainda, entrei varias vezes numa barn & nobles por conta da minha esposa que eh leitora assidua, e nao tinha nada, nem um cartaz! conheco o kindle e ele soh serve pra ler, soh. se o nook durar metade da bateria e poder ler no sol, ele seria um serio canditado a matar o kindle.
Bruno Silva
É, normal ver esse tipo de confusão em pessoas sem muita intimidade com tecnologia, mas no tecnoblog? enfim, excelente vendas, exatamente o que o iPad 2 vendeu no primeiro final de semana.
Alex Ribeiro
Se o Brasil tivesse mercado para isso, leia-se preços acessíveis para o hardware, ainda teríamos o problema do preço do conteúdo... Ir numa livraria hoje em dia é susto na certa, e as mídias digitais no Brasil seguem exatamente neste sentido.
Dymas
Nook e seu look me agradaram! (piada sem graça) Falando sério, quero conhecer mais essa nova aí, principalmente, TESTAR!
Ricardo Bicalho
O Nook é colocado como um Kindle colorido e com tela touch. Isso é genial, porque todos os outros fabricantes estão apostando em concorrentes diretos do iPad. Se você precisa de um aparelho para ler emails, respondê-los, ler livros e alternar para blogs e sites, talvez o Nook seja um slate barato, menos que um Xoom/iPad/etc. O Kindle é excelente para uma única funcionalidade: literatura. Livros técnicos, com muitos diagramas ou que exijam consultas com muitas mudanças de página, é bem chato de usar. Mas se você quer ler notícias e livros como a viagem de guliver, mesmo sob luz natural, o Kindle é uma boa opção. Uma carga dura umas 3 semanas, o que é ótimo para viagens, mas compre uma daquelas lâmpadas portáteis para usar com ele, já que o e-ink usado nele não emite luz alguma, como um livro. Quer games e vídeos, computação móvel, mas não precisa de um notebook, vá de iPad mesmo, se o bolso permitir, claro. Se optar por uma alternativa Android, pesquise o histórico de atualizações que o fabricante fornece para seus celulares. Há chances do tablet receber o mesmo tratamento. Nesse caso fuja da Motorola como o diabo foge da cruz, porque eles são absurdamente cretinos, vide o tratamento dispensado ao Brasil.
Rardgi
De qualquer forma, é um Android. Sendo assim, senta lá Claudia Apple
Thássius Veloso
Os produtos são classificados de maneira diferente, mas costumam ser vistos de forma similar, da mesma forma que durante muito tempo – e ainda hoje – o Kindle é colocado como um concorrente do iPad. Se é ou não, fica a cargo dos leitores do TB decidir.
Alessandro Johnny
Compararam um leitor de e-books com um tablet. OMG!
Gabriel Bemfica
Roda o Market? Não fica muito pesado pras especificações de hardware dele(eu não sei quais são, mas considerando que ele é um leitor de e-books e não um tablet, não deve ser muita coisa)?
Gabriel Bemfica
Na faculdade até vai, mas no ônibus? Até meu ChinaPad de 400 reais que consegui de graça (troquei por um PocketPC HTC antigão que tava mofando aqui em casa) eu tenho medo de usar, que dirá um desses, bonito e decente.
Celso Junior
Lembrando que já existe uma versão modificada do Android Honeycomb para esse tablet. É só pesquisar no YouTube e ver alguns vídeos de demonstração…
Guilherme Reis
Chegaria no Brasil por míseros R$1.150,98 se colocar um lucro de 15% pro importador. Aí perde toda a graça de se ter um aparelho desse. E isso eu estou contando que o importador vai pagar o IOF do ano passado (2,38%) e não os 6,38% que passa a valer em abril agora. ;D
Guilherme Reis
Um pouco mais de R$400 por um leitor digital é um bom preço. Depois façam um post com as especificações técnicas dele com mais detalhe! :)
@andradevini
legal seria vir pro brasil, mas isso, nada!
Gabriel Silva
"Slates nos States", isso é que é legal de pronunciar. =P
@_yuriRamos
Pensei a mesma coisa.
Kadu
Desculpa a ignorância, mas mangás não são em preto e branco? rs
e.ricardo
Agora com tela colorida isso fica mais interessante ! queria que fosse vendido no Brasil assim poderia comprar 1 para ler meus mangás =D seria bem melhor que ler no laptop ! poderia ler no onibus e na faculdade ! quero 1 =)
Rafael The Mist
Já conhecia, mas nunca levei fé nas funcionalidades desses e-readers. Taí, vou começar a olhar para eles com maior carinho.
@AntonioVeras
Realmente nada mal. Vou pesquisar sobre ele, pois realmente nunca ouvi falar.