Início » Gadgets » Cientistas criam resistor feito de sangue

Cientistas criam resistor feito de sangue

Por
8 anos atrás

Pesquisadores da universidade de Gujarat, na Índia, anunciaram a criação de um resistor de memória produzido a partir de sangue – humano, diga-se. A novidade atende pelo nome de menristor (memória + resistor) e apenas existe em laboratório, mas pode ser que um dia equipe toda uma nova geração de computadores neuromórficos – capazes de reproduzir sinapses parecidas com a do cérebro humano para processar suas informações.

Na teoria, o menristor é um resístor capaz de lembrar os níveis de voltagem em que trabalhou e repeti-los continuadamente. Apesar de teoricamente simples, apenas em 2008 cientistas da HP conseguiram colocá-la em prática, sem muito sucesso.

Os cientistas indianos notaram que o sangue humano continha diversas características que permitiriam a fabricação de um menristor confiável, enquanto os pesquisadores da companhia norte-americana apostaram na nanotecnologia e em filmes de dióxido de titânio. A invenção abre caminho para o uso cada vez maior de tecnologias no corpo humano, o que no futuro poderá permitir reparar danos no sistema nervoso, deficiências motoras, cegueira e outros efeitos de lesões ou doenças.

Apesar de ainda não existir qualquer data para que tal inovação esteja ao alcance do consumidor comum, a equipe responsável pela criação do menristor de sangue continua focada em projetos que combinam eletrônicos com fluidos humanos.

Com informações: RWW, io9

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.