As coisas não são mais as mesmas desde o fatídico 11 de Setembro. Nos Estados Unidos, o governo federal possui uma forma basta curiosa de classificar as ameaças terrorismo: por meio de 5 níveis distintos, que mais confundem do que esclarecem. Isso está para mudar com o novo plano nacional antiterrorismo, que pretende usar o Twitter e o Facebook para emitir alertas aos cidadãos.

Alertas serão emitidos pelo equivalente ao Ministério da Defesa

A agência Associated Press obteve acesso a um documento datado de 1º de abril no qual os oficiais esclarecem como vai ser o novo sistema. Em vez de 5 níveis de alerta (baixo, geral, elevado, alto e severo), apenas 2: elevado e iminente. O alerta de risco elevado diz respeito a possíveis ameaças contra a segurança nacional dos Estados Unidos. Nesse caso, nada de especificar possíveis vítimas. Já no alerta iminente é contra alvos muito específicos.

Quais informações serão repassadas para os cidadãos é algo que somente o equivalente ao Ministério da Defesa poderá decidir. De modo geral, os alertas correrão o seguinte caminho: autoridades federais, autoridades estaduais (governadores), e finalmente os prefeitos. Em último caso, o público tomará conhecimento dos alertas.

A adoção do Twitter e do Facebook está prevista para disseminar alertas “somente quando for apropriado”. Mais uma vez, as autoridades de segurança decidiram esse nível de apropriação. Além disso, certos alertas poderão ser emitidos especificamente para certos grupos de pessoas, enquanto outro alerta com informações diferenciadas poderá ser enviado para outro grupo.

De qualquer forma, podemos perceber que os Estados Unidos continuam com sua guerra ao terror em pleno funcionamento. Ainda não há informações sobre como esses alertas serão disseminados — se por perfis oficiais nas mídias sociais ou se por parcerias diretas com Twitter e Facebook.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Furtado
Atenção: "Atak terrorist actcnd, fvr se prtger. Grato, USA Govrnt."
Turdin
Queria era saber qual vai ser a forma de aviso...
j2k
OH MY!!!
Gabriel Bemfica
Imaginem: Botam "Hijacked plane hits the Empire State Building" no Facebook. 2378234 pessoas curtem.
@brunogdb
Imagine isto aqui na hora de tiroteio e invasão de morros nas UPPs? Ia ter desordem :S
@AntonioVeras
Qual dos dois você se refere? O "corrão" está correto.
@andradevini
É uma forma de informar os ociosos! UIAHEUIH
Alexandre
nao soh pra terrorismo mas esses meios podem ser usados pra alerta de tsuname entre outros
@zRAFAz
Eu entendi mais como um sarcasmo/ironia mesmo, desse povo que gosta de assassinar o português. Pior se esses erros virarem regras no futuro. O.o
Marcoscs
...acho que alguem não entendeu a piada...
j2k
* corrAM :)
j2k
imagine só!
j2k
os alertas, caso venham a existir, seriam dados a partir dos perfis do próprio homeland security (como @dhsjournal no twitter) ou algum outro específico?
Rafael The Mist
Pensei o mesmo. hehe. Mas que dá para acreditar na notícia, em se tratando de EUA, isso dá!
@zRAFAz
Já estou até vendo: um hacker conseguindo bolar um meio de lançar um aviso falso desses e os EUA de cabeça pra baixo...
Exibir mais comentários