Início » Jogos » Hackers invadem PSN e conseguem dados dos gamers

Hackers invadem PSN e conseguem dados dos gamers

Hackers podem ter conseguido números de cartão de crédito, afirma Sony.

Avatar Por

Faz seis dias que os usuários da PlayStation Network (PSN) não conseguem acessar suas partidas online. Mais do que uma correção de vários bugs, o período offline tem um motivo muito mais sério: hackers conseguiram invadir o sistema da Sony e obtiveram acesso a inúmeros dados pessoais dos usuários cadastrados. Sim, a coisa é tão ruim como a gente imaginava.

Em comunicados anteriores, a Sony havia admitido que houve “intrusos externos” dentro da PSN, o que obrigou a empresa a desativar a rede de games online. Essa invasão aconteceu entre os dias 17 e 19 de abril, com direito a informações de usuários serem obtidas pelos cibercriminosos.

Não são poucos os dados que foram revelados: nome, endereço (cidade, estado, país e código postal), endereço de e-mail, data de nascimento e o login e senha da conta na PSN. A Sony ainda afirma que não descarta a possibilidade de números de cartão de crédito e datas de validade desses mesmos cartões terem sido também obtidos pelos hackers. Tudo o que a empresa diz por enquanto é que o código de segurança continua seguro.

Além de desligar temporariamente a PSN e a Qriocity, a Sony contratou uma empresa de segurança para conduzir “uma completa investigação” sobre o que de fato aconteceu. A empresa também diz ter se esforçado para reescrever o código da PSN “a fim de fornecer uma maior proteção para as informações pessoais” dos gamers.

A recomendação por ora é a de sempre: que os usuários da PSN tenham atenção redobrada com relação a mensagens (seja por e-mail, telefone ou correio) pedindo informações particulares da pessoa. “A Sony não vai, de maneira alguma, entrar em contato com você, ainda que por e-mail, pedindo seu número de cartão de crédito, número da seguridade social e outras informações que possam identificá-lo”.

Temos a promessa de que a PSN e a Qriocity serão reativadas “o mais rápido possível”.

Mais sobre: , ,