Início » Internet » Skype deixa de oferecer números SkypeIn no Brasil

Skype deixa de oferecer números SkypeIn no Brasil

Avatar Por

Já faz algum tempo que o Skype oferece o serviço chamado SkypeIn (rebatizado para Online Number também há algum tempo), que permite que usuários do programa criem números de telefone dentro do país em que moram. Dessa forma, um usuário do Skype daria esse número para parentes e amigos locais e quando eles ligassem, a chamada seria redirecionada para o programa. Até hoje esse serviço era oferecido no Brasil, mas de acordo com um e-mail enviado pelo Skype aos seus usuários no país, ele será descontinuado.

O e-mail diz que “devido à regulamentação brasileira, o Skype não pode oferecer Números Online [SkypeIn] a você diretamente sem um parceiro local”. No caso do Skype esse parceiro era a Transit Telecom, empresa de soluções de VoIP e banda larga. A mensagem também diz que atuais assinantes do serviço poderão continuar usando o seu Número Online até o final da assinatura, mas que depois desse período o número deixará de funcionar e não poderá ser renovado.

Veja o e-mail completo logo abaixo.

Entrei em contato com a assessoria da Transit Telecom perguntando o motivo da desistência da parceria com o Skype, mas até a publicação desse post a empresa ainda não havia respondido. O texto será atualizado assim que recebermos uma resposta.

Dica do leitor @NerdPai pelo Twitter. Valeu, J.F.!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

nescas
Existe a possibilidade de portabilidade para outro operador virtual, para assim não perder meu número?
NILCE
Palhaçada pura, recebi a tal cartinha na segunda feira, na quinta já não tinha mais meu numero, e não era epoca de finalizar a assinatura. Liguei onde mandaram, informações desencontradas. Pessoas despreparadas. Ninguém fala coisa com coisa. Estamos perdidos, num pais que não está nem aí. Mas cobrar eles sabem, Terceiro mundo ???? Não !!!!!!!!!!!!!!!!! 13° ............VERGONHA.
Tatiana
Amigos do Fórum. Estou com o mesmo problema que vocês, acabei perdendo o contrato com a empresa. Porém localizei uma empresa que me indicaram a Directcall que oferece um serviço muito mais superior ao qual tinha e com preço bem acessível em mais de 560 cidades em todo o Brasil. O que é legal é que o serviço é ativado em 24 horas e ainda através do site se pode fazer testes dos serviços e de outras soluções de forma gratuita, segue o endereço do site da empresa e o telefone de contato. http://www.directcall.com.br/ - Telefone -     55 (11) 4062-0660      ramal 0300 ou 0800 724 08 04. Espero ter ajudado.
Gabriel Fernandes
poxa, que preju hein? compro creditos skype para usar em meu android porem nunca comprei linha, agora digo, ainda bem. recebo as ligacoes pela linha gsm do android mesmo... rs sacanagem eu um dia podia precisar... #brasildefasado
Gabriel Fernandes
e eu achava que minha internet de 10mbps era lenta. fico feliz em saber que atualizo os repositorios do sistema de forma "rapida" rsrsrsrsrsr
Thássius Veloso
Diego, nunca tinha ouvido falar dessa "012". Algo a se apurar.
@gabsoares
Ainda bem que está longe de ser petista, porque eles tiveram, até agora, 8 anos pra limpar a cagada dos tucanos, mas só remexeram a coisa toda, fazendo feder mais ainda.
Turdin
Poderiam pelo menos revelar os reais motivos por trás disso =/
max
Motivo do cancelamento: máfia da telefonia (operadoras claro, vivo, tim, oi...)
Telma Thor
Um mês após a revelação de que o ex-ministro José Dirceu recebeu R$ 620 mil de uma empresa diretamente interessada na eventual reativação da Telebrás, o governo encolheu o alcance do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga), e o valor das ações da estatal caiu 44%, quase à metade. Originalmente, o plano cobriria 3.200 cidades até o final do governo Lula. A nova versão reduziu-se a um simples projeto piloto com 300 municípios que, mesmo assim, seria implantado apenas no próximo governo, não mais em 2010. Em fevereiro, a Folha mostrou que rumores e vazamentos sobre a reativação da Telebrás, que seria gestora do plano, haviam levado as ações da estatal a um ganho de 35.000% desde 2003 (até o dia 8 do mês passado), valorização recorde investigada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Uma reportagem seguinte revelou que o ex-ministro José Dirceu, um dos réus no esquema do mensalão, recebeu R$ 620 mil da Star Overseas Ventures, do empresário Nelson dos Santos, dono da Eletronet, empresa que detém os 16 mil quilômetros de fibras óticas que comporiam a espinha dorsal do plano. Desde o dia 23, quando a segunda reportagem foi publicada, até ontem, esses papéis caíram de R$ 0,00254 para R$ 0,00142. Um investidor que tivesse R$ 100 em ações da Telebrás em 22 de fevereiro teria hoje apenas R$ 56. A desconfiança aprofundou-se ontem, quando a Folha revelou que o Tesouro Nacional elaborou uma nota técnica condenando a reativação da estatal para ser gestora do PNBL. Segundo a nota do Tesouro, a Telebrás já está exposta a várias ações judiciais e haveria risco de contaminação de ativos usados no plano. A posição do Tesouro é contraria à opinião do próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Nós vamos recuperar a Telebrás. Nós vamos utilizá-la para fazer banda larga neste país”" disse Lula, no último dia 19 de fevereiro, durante um evento em Minas Gerais. Na ocasião, quando a consultoria prestada por Dirceu não havia ainda sido revelada, Lula explicou da seguinte maneira a valorização extraordinária das ações da Telebrás desde o início do governo: “Primeiro, se cresceu 35.000%, para mim é novidade. Agora, que ela vai crescer, vai”... Estamos em 2011, cadê o PNBL?????
Leno
Pelo que eu saiba a Telebrás tá aí. No ano passado mesmo a turma do Zé Dirceu (o chefe da quadrilha, como bem definiu bem o Procurador Geral da República) estava todo envolvido na promessa do projeto de internet banda larga. Em tempo: graças a Deus que o sistema telefônico foi privatizado, caso contrário estariamos ainda sem celular no país e tinha fila para comprar uma linha fixa que custaria 4.000 reais pelo menos. Enquanto isso os petralhas estariam todos mamando nas tetas dos usuários existentes. Graças a Deus, um mês após a revelação de que o ex-ministro José Dirceu recebeu R$ 620 mil de uma empresa diretamente interessada na eventual reativação da Telebrás, o governo encolheu o alcance do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga), e o valor das ações da estatal caiu 44%, quase à metade.
Diego Santos
Fiquei sabendo que a "012" ( http://www.012global.com ) oferece um sistema alternativo. Alguém pode informar se funciona bem?
Gabriel Bemfica
Vono pra mim era marca de sopa. Ponto positivo pra GVT!
@michelblopes
Longe de mim ser petista, mas quem cagou a privatização do Sistema EMBRATEL foram os Tucanos, que lançou pregões sem qualquer consulta pública sobre como isso poderia ou deveria ser feito.
@nelson_integra
Eu assinei e cancelei em pouco tempo, pois o serviço era uma porcaria. As teles não reconheciam o número e eu perdia as ligações.
Exibir mais comentários