Informações levantadas pelo tablóide britânico Daily Mail afirmam que os funcionários das fábricas chinesas da Foxconn estão sendo obrigados a assinar um “termo de não-suicídio” para continuarem trabalhando na empresa.

Conhecida por montar gadgets para gigantes como HP, Nokia Dell e Apple, nos últimos tempos a companhia se tornou destaque na imprensa internacional também pelo número de suicídios entre os membros de força de trabalho – 13 mortes num período de 12 meses.

Segundo dados da publicação, a prática foi descoberta pelo Sacom (Centro de Pesquisas sobre Empresas Multinacionais e Estudantes Contra o Mal Comportamento Corporativo, sediado em Hong Kong) que depois de uma investigação diz ter se deparado com “condições terríveis” de trabalho, como “humilhações públicas”, falta de proteções contra químicos e jornadas semanais de 80 a 100 horas de trabalho, sem parada para refeições.

A Sacom diz que a “Foxconn falhou em suas promessas de melhorar as condições para os trabalhadores” e diz que a planta de Chengdu, que produz apenas aparelhos para a Apple, “é a mais problemática”.

De acordo com o órgão, um dos termos do “acordo” é que “em caso de ferimento não-acidental (incluindo mutilação e suicídio)”, o funcionário concorda que “a empresa agiu corretamente e de acordo com as leis e regulamentos pertinentes e que não irá tomar medidas legais que poderão prejudicar sua reputação ou normas operacionais”. “Todas essas práticas refletem que o gerenciamento humano dos trabalhadores da Foxconn é apenas um slogan”, completa.

Nos últimos tempos a Foxconn foi festejada por aqui ao anunciar a instalação de uma unidade produtiva no Brasil, destinada à produção do iPad.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Milson Menezes

Alguém aí esta mesmo disposto a parar de comprar produtos fabricados pela Foxconn ? então comecem jogando fora 95% dos eletrônicos que estão em sua casa ... é sim uma situação difícil, porém deve-se observar que estamos falando de um país com 1,5 bilhões de pessoas, não deve ser nada fácil empregos e oportunidades justas pois a conta não fecha, será que o mundo ocidental esta mesmo disposto a pagar essa conta ? creio que não .... portanto deixemos as hipocrisias de lado, todos os países do mundo tem seus problemas, aqui tem gente que passa fome, que morre de frio e que se sujeita a todo tipo de privação, olhem ao seu redor e tentem de alguma forma amenizar o sofrimento de quem esta a sua volta para aí sim se preocupar com o sofrimento na china, não que isso não tenha que ser combatido, mas e os problemas do nosso país quem vai resolver, são os Chineses ?

Milson Menezes
Alguém aí esta mesmo disposto a parar de comprar produtos fabricados pela Foxconn ? então comecem jogando fora 95% dos eletrônicos que estão em sua casa ... é sim uma situação difícil, porém deve-se observar que estamos falando de um país com 1,5 bilhões de pessoas, não deve ser nada fácil empregos e oportunidades justas pois a conta não fecha, será que o mundo ocidental esta mesmo disposto a pagar essa conta ? creio que não .... portanto deixemos as hipocrisias de lado, todos os países do mundo tem seus problemas, aqui tem gente que passa fome, que morre de frio e que se sujeita a todo tipo de privação, olhem ao seu redor e tentem de alguma forma amenizar o sofrimento de quem esta a sua volta para aí sim se preocupar com o sofrimento na china, não que isso não tenha que ser combatido, mas e os problemas do nosso país quem vai resolver, são os Chineses ?
Aulas Exatas

É isto a tão falada e comemorada globalização?

André Luís Tst
O Brasileiro reclama quando por lei tem que trabalhar 44 horas semanais , enquanto os Chineses trabalham 100 horas semanais , 16 horas e 40 minutos de trabalho .
neuzaoliveira49k
É uma vergonha em pleno século 21 ler comentários desse tipo, e saber que nós brasileiros usamo aparelhos feitos com mão de obra desses trabalhadores.
eu
ate agora nao houve nenhum suicidio aqui no Brasil, mas afirmo que a situção na fox do Brasil a qual esta produzindo iphone nao esta nada boaa sem mais :X
Eliel
Claro que nao. A empresa usa isso pra se livras de possíveis penas aplicadas por familiares das vitimas, se livrando da culpa, já que o proprio suicida afirma que a empresa nao tem culpa.
@imaginarymac
nossa 100 horas semanais de trabalho , sendo que a semana tem 168 horas , dá 9 horas e alguns minutos . Sendo que um ser humano precisa de 8 horas pra dormir , e talvez alguns minutos pra se arrumar , comer , etc. A vida de uma pessoa que trabalha na Foxconn se resume ao trabalho ;s
@MasterWebInter
Claro, estão totalmente errados, afinal 70% de impostos é uma balela!
@MasterWebInter
Matar de novo ahueauehuaheuaeh
Juca Bala
Tinha que fazer uma campanha de boicote a Foxconn. Isso é escravidão, não é emprego.
Felipe Autran
Mas vai tentar explicar essas coisas pro pessoal do #precojusto...
Felipe Autran
Rodrigo, Leis mais brandas para as empresas poderem explorar os trabalhadores como fazem na China? Sério? Você realmente acha que a solução é deixar os empresários matarem os escravos de trabalho? E aí sim seremos uma grande potência, né? Assim como a China. Quem se importa? Eu não sou pobre. Não vou morrer, mesmo. Quero é meu iPad mais barato.
Guilherme Mac
Garanto q a cláusula prevê pena de morte para quem se suicida :P
Rafael The Mist
A minha continua a mesma. Agora, no Brasil (falem o que quiser) o buraco é beeem mais embaixo. Essa eu vou querer ver.
Exibir mais comentários