Início » Aplicativos e Software » Ubuntu Studio adota XFCE em futuras versões

Ubuntu Studio adota XFCE em futuras versões

Por
8 anos atrás

Parece que o Unity, novo gerenciador de janelas padrão do Ubuntu, anda desagradando muita gente. Logo depois do Linux  Mint informar que continuaria com o GNOME como padrão, agora é a vez do Ubuntu Studio informar que também deixará o Unity de lado, usando o XFCE no lugar.

Interface padrão do XFCE

O anúncio oficial foi feito na lista de discussão ubuntu-studio-users, conforme segue (tradução livre):

Após muita discussão e investigações, o time do Ubuntu Studio decidiu reorganizar o projeto baseando-se no XFCE. O time simplesmente sente que o Unity e o GNOME-Shell não servem para o nosso público alvo ou fluxo de trabalho desejado.

Estaremos trabalhando em uma nova UI customizada que irá usar o Avant Window Navigator sobre o XFCE. Como sempre, novas artes e pacotes serão introduzidos também.

Vamos trabalhar também para garantir que uma transição suave possa acontecer para os usuários atuais do GNOME.

O Ubuntu Studio, uma variante do Ubuntu voltada exclusivamente para criação de arquivos multimídia (com diversos programas para edição de imagens, vídeos, músicas e afins) já havia alterado a versão 11.04 para carregar o gerenciador clássico (GNOME 2) ao invés do Unity, mas a notícia de que essa opção não estaria mais disponível por padrão no Ubuntu 11.10 forçou o time de desenvolvimento a se decidir pela troca.

O time também pensou em usar o GNOME 3, mas caiu no mesmo problema do Unity: uma interface fora dos padrões de um “desktop” comum e com mudanças muito radicais. Assim, eles decidiram partir para o XFCE, um gerenciador de janelas bem simples e leve voltado para máquinas com poucos recursos e que assim como o GNOME 2 também usa as bibliotecas GTK+ para o desenvolvimento da interface gráfica.

Não custa nada lembrar, o KDE também já passou pelos mesmos problemas quando promoveu uma mudança radical com o lançamento da versão 4 do gerenciador de janelas. Eu mesmo acabei migrando para o GNOME, por ser uma interface mais simples (na época). Resta agora saber como a Canonical reagirá a todos esses problemas de aceitação do Unity. Grandes mudanças podem rolar no 11.10?

Para saber mais sobre o XFCE, visite o site do projeto. A versão mais atual do Ubuntu Studio pode ser baixada na área de downloads do projeto.

Com informações: Computer World.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.