Faltam antenas. De acordo com uma reportagem publicada no jornal Folha de São Paulo na edição dessa terça-feira, o Brasil sofre uma falta generalizada de antenas de telefonia, o que impacta negativamente a qualidade dos serviços de telecomunicações. Seria necessário um investimento bilionário para que o país atingisse um nível mínimo e assegurado de qualidade na telefonia.

Um executivo ouvido pela Folha, funcionário da maior empresa de telecomunicações do país (leia-se: Oi/Brasil Telecom), estima que as operadoras de celular teriam que investir a bagatela de R$ 50 bilhões para dobrar o número de antenas instaladas. Atualmente são 50,3 mil antenas em todo o território nacional.

Só 50 mil antenas

Mal comparando, o Reino Unido tem 57 mil antenas, com um desses equipamentos a cada 4 km². Nos Estados Unidos, a frequência de antenas é a cada 37 km². Adivinha esse número para o Brasil: uma antena a cada 169 km². Algo está muito errado nessa história, como você pode notar.

Pode até ser que o investimento seja pesadíssimo. Mais do que isso, o jornal aponta que as operadoras estão sem vigor financeiro para colocar dinheiro nessa expansão na quantidade de antenas. A atualização das redes de telefonia para liberar o 3G, a partir de 2008, foi muito custosa, sendo que esses valores ainda não foram compensados.

Para completar, a internet móvel subiu além da conta (138% em 2010). Como você provavelmente sabe, ficou impossível se conectar e navegar a taxas de download e upload razoáveis usando o 3G. As operadoras precisam investir também nesse serviço, o que mais uma vez requer novos investimentos.

É, algo me diz que continuaremos com apenas 50 mil antenas ainda por um bom tempo. Seria bom se o governo agisse no sentido de baratear os custos na instalação de nova infraestrutura de telecomunicações, com direito a uma base instalada de fibra ótica maior. Para tanto, porém, só mesmo se as operadoras concordarem em aumentar os investimentos e não repassar qualquer custo para o cliente final.

Atualização às 14h25 | Alguns leitores apontaram com toda razão: a telefonia celular no Brasil é uma das mais caras do mundo (aliás, como os impostos, entre tantas outras coisas). Onde é que as operadoras brasileiras estão colocando os lucros fabulosos que obtêm trimestre após trimestre?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

HiroNakamura
Ao invés de pensarem no custo de investimento com a tecnologia atual, poderiam cogitar o custo de pesquisas para viabilizar a implantação de tecnologias mais baratas e eficientes(geralmente muito mais). Porém querem sugar até a ultima gota da tecnologia instalada. Alguém sabe me dizer por que não tem nenhuma empresa japonesa no mercado de telefonia e internet?
Arnaldo Antuns
Nós brasileiros precisamos exigir mais os nossos direitos. O atendimento medíocre que essas operadoras de celular dão a nós é coisa de otário mesmo. Nos roubam na nossa cara. Oferecem um serviço péssimo, horrível, cretino, caríssimo. O governo recebe o imposto que é muito caro. O candidato a presidente, governador, deputado, senador e o partido político recebe a doação de campanha e depois fica fazendo de conta que está às mil maravilhas. Vem um cara que quer ridicularizar o "Brasil" e os "brasileiros" e faz uma comparação esdrúxula do território da Europa ou EUA com o Brasil que tem a Amazônia em boa parte do país. Me chama de otário, leva meu dinheiro e manda para o México, Europa,etc. Me deixa o dia todo esperando no "call center" para resolver o dinheiro da recarga de celular que acabou sendo um minuto falado por R$5,00 ou até mais. A ligação que corta o tempo todo, ou cai, ou dá linha cruzada, ou etc . . . . . . E agora vem dizer que não tem dinheiro para investimento. Para esses gringos os BRASILEIROS SÃO UNS TROUXAS, MESMO, NÃO É ISSO ????
Turdin
Ah não, essa ai nunca existiu pra privatizarem
Alexandre
isso eh um reflexo de toda a infraestrutura no brasil nao soh a de telefonia... falta infra nas estradas, aeroportos e portos, ruas e avenidas, nas policias, no exercito, enfim, parodiando Didi dos trapalhoes que quase foi preso por causa dessa afirmacao: "Esse eh o pais que vai pra frente" (mostrando os trapalhoes indo para tras)
Jairo
A falta da antenas e grave, mas PIOR E O ATENDIMENTO RIDÍCULO que elas prestam aos seus clientes, aquilo que todo o Brasil já sabe, fazem os clientes de otários !
Aureo Fetter
Concordo que os serviços da área de telecomunicações sejam demasiadamente caros no Brasil, mas é preciso também ressaltar um fato que realmente aumenta o custo, que é a densidade demográfica! Temos grandes extensões onde a população é muito pequena, o acesso é difícil e a quantidade de antenas para atender, em alguns casos, um vilarejo com 3 mil pessoas é a mesma que na europa atenderia 50 mil! As áreas da Amazônia que o digam! Operadoras que atendem grandes regiões são obrigadas por contrato a atender demandas em áreas remotas, isso gera um custo muito alto! Reclamar sem conhecer o assunto como um todo é fácil, mas pensar em uma solução é um pouco mais complicado...
Matheus Oliveira
Privatizaram a pouca vergonha...
Rodrigo
Elas ganham muito dinheiro, mas mandam toda essa grana para fora. A Vivo era controlada por uma empresa portuguesa e agora é da Telefônica. A TIM é italiana, e a Claro é mexicana. O dinheiro vai todo pra fora =/ Principalmente os lucros da Telefônica... que andou perdendo dinheiro na Europa e mandando os lucros da América Latina para lá, para compensar
Caio Furtado
Típico do Brasil, cobrar caro por algo de qualidade baixíssima.
@mikemetralha
Essa privatização porca feita pelos Tucanos e a falta de regras rigidas e fiscalização da Anatel resultam nisso. Serviço de Telecom no Brasil é uma piada. Deveriamos colocar todos os diretores da Telefonica em um paredão e metralha-los. #morrediabo
@rbicalho
O dinheiro que as operadoras lucram não voltam em investimento. Ele é distribuído entre os acionistas. E para saber quem são os acionistas, basta olhar em informações públicas. Entre os donos da Oi, por exemplo, estão a Previ (fundo de pensão do Banco do Brasil), Petros (fundo de pensão da Petrobras), Portugal Telecom, etc. http://ri.oi.com.br/oi/web/conteudo_pt.asp?idioma=0&conta=28&tipo=27900 O governo, claro, não ajuda. Boa parte da nossa conta de telefone são impostos. Assim como a gasolina, na refinaria, a Petrobras vende por R$ 1,05. O resto é lucro (baixo) e tributos (alto).
Murdock
Tem outro lado que o pessoal está esquecendo: brasileiro tem medo de antena de celular e acha que dá câncer. O povo quer celular mas não quer antena, quer TV mas não quer hidrelétrica, termoelétrica nem usina nuclear.
Gb
Talvez recuperando o investimento de 2008 ainda.
Denis
Realmente se desse pra Importar internet acho que essas Operadoras teriam melhorado um pouco. Mais infelizmente não da então dependemos das que temos :(.
@brunogdb
Se eu pago uma fortuna, então meu dinheiro tem que ir para isso, mas cadê?
Exibir mais comentários