Início » Internet » Google desiste de escanear jornais do mundo inteiro

Google desiste de escanear jornais do mundo inteiro

Por
8 anos atrás

Organizar todas as informações do mundo. Se esse é o lema do Google, a empresa ontem teve uma grande baixa em seu objetivo. Em um e-mail, o Google comunicou a jornais parceiros do mundo inteiro que desistiu de escanear milhões de páginas antigas das publicações. A Pesquisa de Arquivos de Notícias, pois, está abandonada.

O projeto estava em andamento desde 2008. Em quase 3 anos, cerca de 2 mil jornais em inglês, francês e espanhol (entre outros idiomas, imagino) tiveram suas páginas históricas copiadas para o banco de dados do Google. Quem quiser consultar o serviço ainda pode ir nessa página especial, onde todas as publicações estão listadas.

Na rápida busca que eu fiz dentro do serviço, encontrei apenas o brasileiro (e falecido) Jornal do Brasil na lista. Como mandava o jornalismo em janeiro de 1930, havia mais publicidade do que outra coisa. Os classificados ocupavam a capa do jornal, com poucos espaços para conteúdo verdadeiramente editorial — alguns sites e blogs repetem a fórmula até hoje.

OLD.

O pessoal do Boston Phoenix, que estava no projeto, especula que o objetivo de escanear os jornais mostrou-se mais complexo do que o Google inicialmente imaginou. Ou então atraiu poucos interessados (os estudantes de jornalismo, por exemplo).

O Google diz que vai se focar em produtos que ajudem a indústria de comunicação, como um sistema de pagamentos por reportagens. Estamos aguardando.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.