Início » Gadgets » A OMS anunciou mesmo que celulares causam câncer?

A OMS anunciou mesmo que celulares causam câncer?

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Se você está ligado nas últimas notícias de tecnologia, provavelmente já leu hoje em alguns sites (provavelmente muitas pessoas lerão mesmo amanhã nas manchetes dos jornais impressos) textos alarmistas que citam que a OMS confirmou que celulares causam câncer. A Organização Mundial da Saúde, entidade respeitadíssima da área, liberou um relatório hoje que gerou tais notícias. Mas o relatório não diz nada que você já não sabe há tempos.

O IARC, que é o braço da organização responsável por pesquisar câncer, fez um estudo que envolveu 31 cientistas de 14 países. Eles analisaram uma grande quantidade de dados e pesquisas feitas até agora. Veja bem: eles não fizeram nenhum novo estudo ou algo do tipo, apenas conferiram as conclusões de centenas de outros. Com isso, o grupo chegou à conclusão de que é possível que um tipo de câncer cerebral esteja ligado à radiação de celulares. E isso causou as manchetes que você vê espalhadas por sites afora.

Mas o que os veículos (provavelmente jornais) vão esquecer de citar é que a OMS também diz que isso é apenas uma teoria e que, para que ela seja comprovada com certeza, são necessários estudos mais longos e mais detalhados sobre os efeitos da radiação dos celulares. Algo que todo mundo já sabe desde que o medo do aumento da ocorrência de câncer em usuários de celular surgiu.

Um dos pesquisadores do IARC ainda repete o que já ouvimos desde sempre: por via das dúvidas, é bom tomarmos medidas de precaução e reduzir o tempo de fala com o celular próximo à orelha, como ao usar headsets Bluetooth ou enviar mensagens de texto.

Então até tais estudos de longo prazo serem concluídos, vamos tentar manter a calma.

Com informações: The Telegraph. Leia o documento completo nesse arquivo PDF.

Mais sobre: , , ,
  • Câncer ou não-câncer, eu uso o celular com fone de ouvido sempre. Pra músicas ou chamadas. Estou imune.

    • Jacinto

      A parte do seu corpo imediatamente perto do celular, não

      • rafaelverolla

        Pelo contrário, o risco é cancêr de cerebro apenas

    • O celular causa é vício, isso sim!

  • Uai Rafa, você não sabia? Até água também causa câncer, filho: http://senta.la/9xy

  • Celulares causam câncer, TV causa, monitor CRT, LCD e LED´s… ondas de rádio, micro ondas da cozinha. #OMG, não vou viver pra sempre! =O

  • Quem usa muito o celular pra conversar = câncer na cabeça
    Quem fala pouco mas mantem o aparelho no bolso da frente da calça = câncer na cabeça

    • marcoscs

      aí voce escolhe se prefere ficar broxa ou demente 🙂

  • Não acredito e digo mais: na minha opinião, usar Bluetooth (e Wi-Fi) é mais perigoso.

    São tecnologias que operam usando o espectro dos 2.4 ~ 2.48 GHz. A frequência que o forno microondas usa para fazer as moléculas de água se agitarem e esquentarem o alimento é de 2.5 GHz. Algo que aparelhos operando com 800/900 MHz, 2.1 ou 5.8 GHz não podem fazer.

    Mesmo que os roteadores sem fio e headsets bluetooth operem em potẽncias muito menores do que as que os fornos microondas usam, o fato de operarem em uma frequência que pode fazer água ferver é o que dá o peso a essa minha teoria.

    ( e eu não me lembro de ter visto algo na mídia sobre isso)

    Abraço

    • Opa, mais uma teoria para testar.

      • rafaelverolla

        Hipotese, teoria é algo já comprovado.

    • Mais uma hipótese:

      Cancêr também pode ser causado por doenças profundas no emocional da pessoa. As pessoas que foram afetadas por cancêr no cérebro provavelmente devem ter sofrido algo muito pesado emocionalmente (divórcio, perda de ente querido, ou até um fora) que deve ter advindo por, não nescessariamente, usar o celular. O que deixou a pessoa absurdamente passível a adquirir o cancêr, ou já o causou.

  • Aos que acham q esse tipo de anuncio é alarmista, entenda q não é. Esse tipo de pesquisa e aviso é uma forma de precaução. O assunto de sério demais pra dizer que com certeza não causa nada. A tradução disso é: melhor prevenir do que remediar.

    • marcoscs

      …o problema é que há meio que uma banalização de pesquisas e teorias precipitadas no meio acadêmico.
      Imagina o consumidor (aliás, vc nem precisa imaginar, voce tb é um) que vê uma pesquisa alertando para os males do sal para a pressão arterial, e meses depois vê outra dizendo que o sal é até bom pra pressão.
      O mesmo com o ovo, que uma hora é vilã, na outra é altamente recomendável…
      E a carne vermelha também.
      Daqui a pouco virá uma pesquisa de cientistas altamente gabaritados dizendo que os efeitos da radiação proveniente de celulares são desprezíveis quando em comparação com outras fontes naturais ou artificiais de radiação.
      E o cidadão fica mais uma vez sem saber direito o que é benéfico, maléfico, eficaz ou ineficaz. Resultado: pesquisas caem cada vez mais no descrédito popular.
      Infelizmente hoje muitas pesquisas científicas são feitas por encomenda, com resultados ao gosto do freguês.

      • Mas por isso q eu falo. Qdo o assunto é sério (saúde é algo tão sério que é um bem indisponível), o anúncio é feito por prevenção. Seria uma irresponsabilidade saber que algo pode acontecer, mesmo que com chances pequenas e com pesquisas inconclusivas, do que esconder pra beneficiar, ou não prejudicar, certos setores da indústria e seus gordos lucros. Já tivemos isso na história com o DDT e deu muito errado.

  • As vezes tenho impressão que tudo da câncer….
    Como comentado acima, estamos cercados por tantas ondas de rádio que daqui a pouco será impossível dizer de onde vem o risco.

  • Se a gente for esperar realmente provarem que celulares causam cancer, se realmente causar estamos todos perdidos. A anos que dizem isso, e até hoje não foi provado NADA! Enquanto isso todo mundo continua a usar normalmente…

    E também tem a questão que já comentaram, tudo cria ondas de rádio. A tv era preto e branca, os monitores eram de tubo e desde então nunca vi nada dizendo que alguém morreu por ver tv ou aquecer algo em um micro-ondas (só uma história de um mlq que colocou uma garrafa térmica cheia de café em um micro-ondas por 20 minutos e ficou com a cara colada na frente do micro-ondas pra ver o q acontecia, mas ai é um caso idiota, ops, a parte, que resultou numa “pequena” deformação no rosto)

  • gokernel

    Vou quebrar o meu smart amanhã depois de conferir o resultado da bolsa de valores. 😉

    Sério, raramente utilizo ele perto do ouvido para falar.

    gokernel

  • Pingback: Celular causa mesmo câncer? | Viablog()

  • Como eu tava falando no MSN, deixem eu morrer feliz :P.

  • Tamo tudo lascado então!!! Ondas eletromagnéticas (mais fortes que as do celular, por sinal) estão em todo nosso redor, WIFI, Rádio, TV,…

  • Rodrigo

    O iPhone a gente já sabe que provoca lesões cerebrais irreversíveis.

    • Daniel Luiz

      Boa! Boa!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Se bem que eu acredito que as lesoes de quem utiliza o iphone são pre-existentes a compra…

  • 7megas

    moro perto de 3 antenas.

    se passar dos 40, to no lucro.

    =/

  • Que venha o câncer, então.

  • É que nem a história do ovo…

    Sim, o OVO… ele entrou na lista negra 432 vezes, mas vira e mexe sai..

    E ninguém me devolve os “pão-com-ovo” que eu parei de comer enquanto o o ovo é do mal.

    Outro é o café…ele entra e sai da lista negra como se pulasse amarelinha

    Em suma, pouco sabemos….

  • Breno Caldeira

    E bluetooth causa câncer do tipo azul, pronto falei! 😀

  • Thiago Sabaia

    Por favor,não deixe minha mãe saber disso 😛

  • danielr_

    Vou zoar meu sogro que se gaba de morar no meio do mato,vida saudavel e tals ,só que aluga uma parte do terreno para TIM colocar antena… kkkk

  • Opa, então dá pra fumar em paz agora! É celular quem dá câncer!

  • Keith

    Gente eu acho essa notícia incrivelmente absurda, a faixa de operação de um celular é 800/900/1800/1900MHz aqui no Brasil e são raros os que usam 2100MHz no exterior. Com uma potência tão limitada quanto a dos celulares, creio que só a longo prazo (60-70anos) poderia causar algo. Se isso é verdade todos devem desligar seus Wi-Fi’s e nunca mais usar, pois nós não podemos ficar com o microondas aberto não é? No entanto a maioria dos dispositivos (100% dos 802.11b ou g e uns 70% dos 802.11n) operam em aproximadamente 2450MHz que é exatamente a onda que o microondas usa para ferver a água, então ao usar o Wi-Fi você está fervendo o próprio cérebro.