Início » Celular » As novidades do iOS 5.0

As novidades do iOS 5.0

Por
8 anos atrás

A próxima versão do sistema móvel da Apple promete trazer centenas de novidades. Duzentas delas para ser exato. Mas ontem a empresa só demonstrou 10 das mais importantes. Então fui atrás do beta do novo sistema e com a ajuda de um amigo (obrigado, anônimo!), deixei meu iPod touch de quarta geração ainda mais mágico e um pouco mais bugado ao instalar o iOS 5 beta nele. Eis aqui as minhas primeiras impressões do que o sistema oferece.

A primeira coisa que notei é a mudança na organização dos ícones. A tela inicial ficou diferente e agora dois novos aplicativos, NewsStand (aplicativo para assinatura de periódicos) e o Reminders (aplicativo de lista de afazeres), obrigaram a criação de uma segunda tela. Além disso, nenhuma mudança estética importante.

Como um todo, o iOS 5 parece ser uma evolução já esperada para dispositivos móveis da Apple. Eles viram o que seus concorrentes fizeram certo e copiaram alguns aspectos, dando seu próprio toque em alguns deles. O novo sistema vem cheio de opções de sincronização e conectividade, mas parece que isso trouxe um problema: a vida de bateria caiu. Ainda assim, trata-se do iOS 5 beta, portanto há espaço para melhorar e a Apple sabe muito bem disso.

Configurar sem PC é simples

A filosofia de cortar os cabos é bem aplicada. Assim que instalei o iOS 5 no meu iPod, ele ficou como se tivesse acabado de sair da caixa. Eu até achei que seria um processo complicado, mas a configuração foi bem rápida. Só tive que escolher o idioma, país, conectar numa rede WiFi e escolher entre criar ou não um Apple ID.

Também poderia restaurar o backup anterior do iPod a partir do iTunes ou do iCloud, mas preferi começar do zero.

Twitter: mais integrado do que nunca

O sistema também vem com uma integração forte ao Twitter incluída nos aplicativos do Safari, YouTube, Mapas e Photos. Ao enviar um tweet de qualquer um desses programas, ele será marcado como “from iOS” na web, o que deixa bem claro sua origem. Fotos publicadas por meio deles já usam o sistema de hospedagem de imagens do próprio Twitter.

iMessage e um dicionário melhorado

Antes restrito ao iPhone, o aplicativo Messages chegará também no iPod e no iPad por meio do iOS 5. Esse sistema de chat é bem similar ao BBM, que permite a troca de mensagens entre usuários do BlackBerry. Ele usa o protocolo de iMessage para permitir o envio de imagens, contatos e textos entre usuários do iOS. Basta ter uma Apple ID associada à ele e começar a usar.

Junto com ele a Apple também instalou uma nova funcionalidade no dicionário, que substitui certas siglas por uma frase inteira automaticamente. Isso deve ser uma mão na roda na hora da digitação rápida. E ao que parece as correções involuntárias ainda não são um problema muito importante para a Apple: elas continuam acontecendo.

Notificações da maneira certa. Ou errada, se o usuário quiser.

Com o chamado Centro de Notificações a Apple imitou a maneira certa de se entregar múltiplos avisos do Android, com um painel deslizante localizado na barra superior. E não há nada de errado nisso. Esse sistema de aviso também aparece agora na tela de bloqueio e permite acesso rápido ao aplicativo que criou a notificação.

A Apple também pensou em possíveis descontentes com o sistema. Caso o usuário não se acostume, pode muito bem trocar para o sistema de alertas antigo, que pula na frente e interrompe o que estiver acontecendo. Mas quem faria isso?

Backup direto para a nuvem

Embutido no iOS vem o suporte a diversas características do iCloud. É nele que ficam armazenadas as músicas, fotos, eventos do calendário e dados de aplicativos em geral de um usuário, basta que ele crie um Apple ID e ative o serviço. O limite de armazenamento é de até 5 GB de dados, mas a sua tela de configuração já revela que será possível comprar mais armazenamento caso ele se esgote. Só não sabemos ainda quanto vai custar e quando a Apple planeja liberar a compra.

Uma opção interessante é a troca de backup do iTunes pelo backup no iCloud.

O resto

Ainda incluídos nas 200 novidades do sistema estão alterações no aplicativo de e-mail, que agora permite marcar mensagens como não-lidas, e no da câmera, que agora pode ser acessada direto da tela de bloqueio. E não importa por onde o aplicativo da câmera foi aberto, é possível também tirar fotos com o botão de volume, o que é um toque bacana.

O aplicativo de fotos também ganhou uma função que permite editar imagens, mas essa parece estar restrita ao iPhone. Ou não foi implementada ainda nesse beta do sistema.

As falhas que precisam ser corrigidas

É um sistema beta, então ainda está em fase de testes. Portanto, não podemos levar os dois detalhes a seguir em consideração na hora de comprar um iPhone, iPod ou iPad. Ainda assim, vale destacar que o sistema tem um gerenciamento de vida de bateria que é longe do ideal e a sincronização via WiFi não funcionou no meu computador com Windows e iTunes 10.5 beta. Aparentemente esse último detalhe é resolvido se eu comprar um Mac.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.