Início » Celular » Lion: os 10 melhores recursos do sistema da Apple

Lion: os 10 melhores recursos do sistema da Apple

Avatar Por

A WWDC continua acontecendo, com sessões técnicas e mais. Com todos os posts que nós publicamos ontem sobre o assunto dos dispositivos móveis, acabou faltando falar sobre os lançamentos de software da Apple para os computadores da companhia. O Lion, sucessor do Snow Leopard, está confirmadíssimo ainda para esse ano, porém a data exata não foi informada.

Especial WWDC | Apple mostra detalhes do iOS 5, como integração com Twitter
Especial WWDC | Testamos o iOS 5 em um iPod Touch
Especial WWDC | iCloud: o serviço de backup na nuvem para iPhone, iPad e iPod Touch
Especial WWDC | iPad ganha teclado “dividido” com iOS 5

De acordo com a Apple, o Lion conta com mais de 250 recursos novos (ou melhorados). Geralmente Steve Jobs vem com esses números, sem nunca comprová-los oficialmente. De qualquer forma, um dos executivos da Apple mostrou os recursos mais importantes que estarão disponíveis no Lion.

Mission Control no Mac OS X Lion (imagem: divulgação)

Confira abaixo.

Top 10: Os melhores recursos do OS X Lion

  1. Gestos multitouch – Inspirando-se no iOS, a Apple implementou os mais variados gestos com vários dedos simultaneamente. Por exemplo, no Safari dá para usar três dedos e controlar o navegador para avançar ou voltar na página. Além do swipe, o movimento de pinça está garantido na nova versão do sistema. (Vai funcionar somente em Macs com tecnologia multitouch)
  2. Aplicativos em tela cheia – A explicação para esse recurso é tirar total proveito de cada ínfimo pixel nos MacBooks. Agora, diversos aplicativos têm uma versão em tela cheia, como o iPhone. De acordo com a Apple, a possibilidade de pular de um aplicativo para outro com os gestos multitouch viabiliza a visualização em tela cheia.
  3. Mission Control – É uma união do Spaces com o Exposé. Os dos recursos foram agrupados em apenas um, que permite gerenciar todos os aplicativos rodando na máquina (que tenham janela ativa, diferentemente de alguns assistentes que rodam na Menu Bar)
  4. Mac App Store – Essa existe faz algum tempo. Agora é padrão no sistema operacional da Apple, com direito a compras in-app. De acordo com a Apple, a versão mais recente da loja virtual terá notificações Push para avisar sobre atualizações em aplicativos comprados com a loja.
  5. Launchpad – Copiado do iPad, esse recurso mostra todos os aplicativos instalados no Mac com apenas um gesto de pinça.
  6. Retomar (Resume) – Acabou aquela história de ter que reabrir documentos depois do Mac reiniciar, por exemplo. O Lion automaticamente retoma os arquivos que estão sendo editados no momento em que o aplicativo é acionado.
  7. Salvar automático (AutoSave) – Não há mais a necessidade de salvar documentos. A Apple promete que os arquivos estarão sempre salvos com as alterações mais recentes. No entanto, a empresa não detalhes sobre a frequência com que esse salvamento vai acontecer.
  8. Versões (Versions) – Uma espécie de Time Machine para documentos. O Lion vai fazer um controle de versões automático dos documentos em edição. Inclusive, Steve Jobs prometeu arrastar-e-soltar de elementos entre duas versões de um mesmo documento (por exemplo, pegar uma foto que estava na primeira versão de um relatório e recoloca-la na versão mais atual).
  9. AirDrop – Sistema de reconhecimento de máquinas que estejam na mesma rede (cabeada ou Wi-Fi), com direito a troca de arquivos por meio de P2P.
  10. Mail v5 – A nova versão do aplicativo de email da Apple foi refeita do zero. Além de oferecer visualização em tela cheia, um de seus pontos fortes é a visualização por conversação, algo que o Gmail introduziu há alguns anos. A busca do Mail ficou mais esperta, e sabe reconhecer diferenças entre termos relacionados a mensagens e nomes de contatos.

Alguns dos recursos apresentados pela Apple são claras melhorias de aplicativos que já existem (a nova versão do Mail, por exemplo), enquanto outros são verdadeiramente inéditos no sistema Mac OS (o controle de versões é um deles).

Versão 5 do Mail oferece visualização por conversação e tela cheia (imagem: divulgação)

O Lion vai custar bem pouco: apenas US$ 29. Será distribuído apenas pela Mac App Store, e não mais por mídia física. Os usuários que tiverem mais de um Mac poderão se logar na Mac App Store e automagicamente baixar o sistema em todas as máquinas, sem pagar um centavo a mais por isso.

Cabe lembrar que alguns recursos ainda não tiveram seus nomes em português divulgados. Pode ser que a Apple os traduza, como no caso de AutoSave, que em tese vira Auto-Salvar, ou os mantenha no original em inglês. Nesse ponto, a empresa de Steve Jobs é totalmente imprevisível.

Por fim, a Apple decidiu remover o "Mac" do nome comercial do sistema. Na futura versão, ele deixa de ser Mac OS X Lion para se chamar apenas OS X Lion. Sabe-se lá o motivo dessa mudança.

Vídeo

(YouTube)

No vídeo acima, Phil Schiller, o VP de marketing da Apple, diz que o ideal é desenhar tanto o hardware como o software do sistema operacional. Essa é a posição que a empresa vem tomando faz muito, muito tempo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Henrique
E o command + x (Recortar)?? Entra versão e sai versão e as coisas básicas são deixadas de lado.
@danielneves
Multitouch veio do Mac que foi para o iPhone, consequentemente iOs. Não o contrário. Desde o MacBook white antes do unibody de 2009 já era possível rolar a página com DOIS dedos. Com o trackpad gestos com mais de dois dedos reinam, ainda mais com o better touch tool, logo invalida uma das 10 coisas mais interessantes do Lion :P
@agnatos
Isso que o Nick falou também é no meu ponto de vista. A não ser que você seja uma João vai com os outros você escolherá um Mac por conta do ótimo hardware e não por conta do revolucionário e perfeito SO. Eu particularmente achei nada de mais nesse Lion, se eu fosse comprar um mac hoje, seria por conta da qualidade do hardware.
@nicholaspufal
Cara, eu migrei para Mac ano passado. Macs são caros, mas eu como desenvolvedor tenho inúmeras vantagens no sistema. Por exemplo: o Mac me permite possuir softwares comerciais (como o Photoshop, que utilizo muito), mas ao mesmo tempo me oferece a versatilidade do Terminal de um sistema UNIX. Coisa que no Windows só rola muito mal e porcamente usando o CygWin. Eu sei que o Linux tem o Wine e ferramentas que, teoricamente, fariam o mesmo para rodar apps comerciais. Mas lembro da época que fui usuário Ubuntu, e nunca era 100% satisfatório. Esquece um pouco a marca e o lado "grife" da jogada. Macs são obras de arte tecnológicas mesmo. Se tu me argumentar que tem um Dell aí fora por 40% a menos do preço de um Macbook Pro, com hardware igual em vários aspectos, eu não vou discordar. Porém: - ele possui um teclado com as teclas vazadas (nunca vai sair a pintura, pois não são pintadas) ? - é retro iluminado? - possui um body robusto, feito em um bloco de alumínio, ou é um acabamento porco plastificado? - como é a integração desse hardware com o software? Pela experiência, vi que não adianta comprar uma máquina top, para usar em um software instável, que não sabe exatamente com qual hardware funcionará. Isso gera problemas com drivers várias vezes. É muito raro vc precisar ouvir a palavra "driver" como usuário de um Mac, justamente por que o hardware quem compõe é a Apple. Vc não tem que ficar instalando nenhum driver para seu note funcionar. - a qualidade dos componentes internos é realmente confiável? - a interface do sistema operacional é simples o suficiente para resolver problemas em minutos? Eu não quero entrar muito no aspecto de engenharia e construção dos Macs. Se você for pesquisar sobre a bateria e demais componentes do Mac, vai ver que a coisa é muito mais bem planejada. Não é como uma HP, Dell, etc, onde cada um faz o que o outro faz. Tanto é verdade que as máquinas são sempre muito compactas. Compara a qualidade de imagem de um Macbook Pro com a de um Sony Vaio, por exemplo. A Apple é muito fechada, e deixa de divulgar muitos dados importantes, mas a verdade é que tem sempre coisa boa por "debaixo do capô" e que a gente nem sabe. Na área de produção sonora ou discotecagem, eu sei de muitos profissionais que apenas usam a placa de som que vem nesses Macbook Pro para se apresentar usando software. A latência das placas é excelente. E é muito raro ver isso aí fora no mercado. Normalmente as placas de som que eles colocam são terríveis, a menos que seja explícito que é uma placa dedicada, etc. Só por ser UNIX e ter altas capacidades comerciais, eu acho que é um gigantesco fator positivo. Macs são feitos para usar. São práticos. Dão pau sim, como qualquer outro computador. Mas justamente pela arquitetura e interface do sistema operacional, é bem fácil de resolver quando ocorre. Ah, e eu ainda uso Linux também. Mas agora apenas na parte de servidores. Tenho alguns VPS (virtual private server) rodando Ubuntu. Eu penso que não vale a pena investir em um Mac para usar o básico. Aí se usa apenas uma distro do Linux mesmo. Mas para trabalhar + lazer é a plataforma perfeita (minha opinião).
fatecano
Como usuário do Ubuntu, digo que ele bem personalizado fica simplesmente fantástico. O duro é que não é todo mundo que consegue instalar/ativar os efeitos. Já o OS X já vem pronto! O Ubuntu já veio com vários nomes de animais: porco-africano, ouriço, texugo, pato, salamandra, cervo, macaco, garça, bode, coelho, koala, lince, suricato e agora o novo narval, que é da família das baleias. Já a Apple vem logo com o REI de todos! (rsrs) Minha opinião: de marketing eles são ÓTIMOS, mas gostaria de testar no meu dia a dia para ver se a PRODUTIVIDADE nele compensa tanto a ponto de pagar o que eles querem. Por aqui o meu Ubuntu vem dando conta perfeitamente do recado e dificilmente uso o Windows 7. Por isso PERGUNTO a quem usa: o OS X vale tanto a pena do ponto de vista da produtividade e segurança? Ou o preço está mais relacionado à grife? Obs.: caso alguém responda, peço que não seja fanático e sim analítico. Tenho a mente bem aberta nesse sentido. ;)
@agnatos
Pensei a mesma coisa Matheus, mas eu acho que quem manja mesmo compraria um Mac por conta do hardware de boa qualidade e talvez por um bom suporte? Será? Por que sinceramente não vi nada de mais nos GRANDES destaques... Se eu usasse esse OS talvez eu até sentisse mais impacto, mas como uso windows, não vi nada de genial ou revolucionário. 1. Gestos multitouch - Legal, mas como o colega relembrou já era possível 2. Aplicativos em tela cheia - Sério? ¬¬ 3. Mission Control - Legal, mas vejo essa funcionalidade melhor aproveitada em um portátil ou ultra portátil. Acho que um melhor gerenciamento dos apps não era algo tão necessário em um dispositivo de trabalho ou caseiro. 4. Mac App Store - Isso é um destaque? 5. Launchpad - Idem ao item 3 6. Resume - Isso eu achei bem legal. Isso parece útil e prático para um dispositivo de escritório ou caseiro 7. AutoSave - Estranho não fazer isso antes. Acho que a maioria dos programas de escritório para windows podem fazer isso também 8. Versões - Isso pode vir a ser útil, mas não se enganem. Ele se faz necessário já que os documentos são salvos automaticamente. Ele é um remendo do autosave. 9. AirDrop - Legal, mas não é nada de novo o 7 faz isso também. 10. Mail v5 - Pra quem curte cliente de email é bom. Eu não estou dizendo que todos os destaques não prestam. Mesmo os que tem nada de inovador podem vir a serem úteis. Só estou dizendo que não vi nada de mais, principalmente para o preço.
Alisson Melo
Integraram iOS + Mac no Windows 8? =p
hauschildt
esses são os destaques do lion. porque os destaques do windows 8 já existem no mac desde o leopard.
Matheus Eduardo
nossa, sério que esses são os destaques do Lion? HUAHUA
Felipe Autran
Convenhamos que semelhante até demais.
Arthur Silva
Eu nunca vi um upgrade tão inútil. Como os caras realmente têm coragem de anunciar como feature a presença de FULLSCREEN, isso parece uma piada? E quase todas as outras funções já existem, como é a questão do multi-touch. Melhoraram um pouco o time machine e "reempacotaram" o produto. A app store por exemplo não é absolutamente nenhuma revolução, eu não gostaria de PAGAR pra ter isso a mais. Sorte é que o upgrade custa menos de U$30, por isso eu acho que acabo fazendo mais cedo ou mais tarde.
Marcos
Ele esta fantastico. :D
Caio Furtado
Gostei! Realmente, esse negocio de integrar iOS + Mac ficou excelente, assim como no Windows 8!!!
@ratenookami
Penso o mesmo. E acredito que essa fusão será orientada pelo iCloud.
@oroshy
Esses tablets para desenho tem multitouch? Eu acho que não, pelo menos na época que eu pode usar um, não tinha.
Wendell
Acredito que a mudança do nome se deve a integração que tem acontecido com o iOS. Há tempos se fala na tendência dos OS se tornarem um só.
Jorge
Acham o icloud revolucionário? Sairam esse vídeos em que o skyfire na Mango do Windows Phone 7 acaba com o serviço novo da apple. http://wmpoweruser.com/microsoft-details-skydrive-integration-in-windows-phone-mangohello-icloud/
Robin Jonas
Huum, apenas OS X Lion? É, como alguns prevêem, eu começo a acreditar que o OS X e o iOS vão se fundir mesmo.
@johnnie_cap
Semelhante ao compartilhamento de mídia do Windows 7.
Marcus Cabral
Olha o wallpaper http://cl.ly/7PBT by @vyktorb
Thássius Veloso
Por aí. Mas somente com usuários da mesma rede e sem realizar qualquer tipo de configuração.
leandrojmp
Acho que o multitouch só vai rolar nos MacBooks que tem trackpad com multitouch ou quem tiver comprado o trackpad externo pra usar no iMac/MacMini.
Pedro
Esse "leão" tá mais pra "cachorro do mato". HAHAHA
Diego
O AirDrop é tipo um dropbox?
EDI LOPES
duvida. Uso uma tablet ( nao essa que vc ta pensando , mas uma igual ao do infografico do IG ) sera que vai ser possível tb usar multouch usando ela?
Thiago Sabaia
O Mac é foda,o Windows ele esculacha,no Tablet ou no Desktop,ele é sinistro,melhor que o seu Linux...... Eu muito difícil rimar com a música.
@buchecha
"Por exemplo, no Safari dá para usar três dedos e controlar o navegador para avançar ou voltar na página" Amigos, isso já funciona no Safari desde o Leopard. Aliás, no Safari, no Chrome, no FireFox...
@andrenicodemus
Bem foda!