Processos judiciais envolvendo serviços de troca de arquivo estão longe de serem novidade, mas uma pequena empresa californiana chamada Tranz-Send Broadcasting Network conseguiu a proeza de inovar nesta questão. A companhia está acionando “empresas” como uTorrent e BitTorrent nos tribunais por conta de supostas infrações de direitos autorais e até aí tudo bem.

Mas no lugar de tentar fazer valer seus possíveis direitos sobre de downloads ilegais de filmes ou músicas, a empresa afirma ser dona da tecnologia de torrent e diz que o uso indevido de sua propriedade intelectual pelos serviços “lhe provocou incontáveis prejuízos”.

“Ao fazer, operar e manter seus serviços, BitTorrent infrigiu e continua a infrigir nossas patentes”, diz a companhia.

A Tranz-Send afirma que em abril de 1999 protocolou uma patente de “Distribuição Adaptativa de Protocolos para Distribuição de Arquivos de Mídia”, que só foi concedida em novembro de 2007 e descrevia um modelo de compartilhamento que envolvia um banco de dados de arquivos, um cliente de downloads e um servidor central.

Ainda que este modelo não seja exatamente o usado pelos serviços de Torrent, caberão a eles se defender das acusações diante de um tribunal. Até o momento os advogados da Tranz-Send não determinaram qualquer valor para sua possível indenização.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jefferson kira

Vc leu o artigo?
Nele é destacado que a empresa Tranz-Send esta processando a utorrent e bittorrent pelo uso indevido do conceito tecnológico criado por ela, o bizarro é que a tecnologia, apesar de ter a msm base(distribuição de arquivos), nem de longe a mesma, seria o msm que a Levi's processar as outras marcas que fazem calça...e fora que o utorrent é simplesmente o maior disseminador de pirataria da internet, se o que a Tranz-Send diz é vdd, ela não é a responsável por criar a tecnologia responsável pela pirataria? será que os juízes após dar vitória a ela iriam mandar ela também pagar uma multa aos prejudicados, ou só iriam determinar que a tecnologia não pode ser colocada no mercado?

Com relação ao seu argumento final, até concordo em partes, mas penso que as gravadoras também não pensam nos consumidores, colocam preços abusivos e querem nos empurrar guela abaixo...acredito que as músicas de ARTISTAS JÁ CONHECIDOS deveriam ser distribuídas livremente, apenas para criar o maior desejo dos ouvintes em compras ingressos e conteúdos ligados a imagem do artista e a partir disto eles aumentarem suas rendas, com relação aos artistas que estão começando e só deixar que a internet filtra quem terá futuro e quem não...

Me empolguei...

joao paulo joaozinho
Concordo com a decisão. As pessoas que trabalham do início ao fim dos projetos de produção deveriam ser valorizadas. Esses sites piratas só contribuem para a desvalorização dos profissionais. As pessoas querem um mundo sem corrupção e utilizam sites piratas.
Allysson
E interessante a liberdade na internet vai acabar pouco a pouco. Mais demora. Até lá muitos filmes... Software.. Bom vamos fazer 1 baixa assinado do download ne?? Ouvir dizer que a união faz a força. Será. E bom a gente tentar.. se cada Pais tivesse um solicitação de acordo com as empresas de direito autorais O problema e que eles querem R$ ( e muito dinheiro).... Inves de ficar brigando com o povo.. Faz um acordo que não custe 80 R$ e nem 50 ..
Keith
Faz tempo que não acredito em Patentes e Propriedade Intelectual. Tem um país europeu que tem o registro sobre Rapadura ou seja não podemos comercializar nada com o nome Rapadura internacionalmente. Sério essa porcaria já foi longe demais até por que se tu pegar um juizinho besta que vai com a tua cara ele te dá ganho de causa fácil. Pra quem ainda não sabe a Apple (bleargh), ganhou na justiça o direito de ver antes que todos, qualquer celular ou similar da Samsung por que dizia que eles faziam a interface "Similar Demais", já a Samsung que tem um processo similar contra a Apple ainda tem que abaixar as orelhinhas. Resumo da Ópera, na justiça de patentes e propriedade intelectual sempre será Dois Pesos e Duas Medidas. Detalhe imbecil sobre patentes, teve um cara que quis patentear um método para içar navios naufragados que usava balões inflados para erguer e teve sua patente negada pois numa revista do Pato Donald de 1973 se não me engano ele usou bolas de pingue-pongue pra levantar um barco. Então como diabos essas porcarias de empresas passariam desapercebidas? Quer ganhar dinheiro? Pegue um produto lucrativo, faça um acordo com o chefe da companhia de patentes mais próxima pra forjar que o teu pedido tinha sido feito antes do produto.
Tio Z
Acho que eles estão tentando explorar os trackers como sendo um servidor central para tentar ganhar uns trocados legais ai. Empresa web/app que faz sucesso é que nem ganhador da mega-sena. Brota manolo de tudo que é canto querendo uma lasquinha.
Tio Z
Made in USA velho.
@brunogdb
E eu achando que já tinha visto de tudo nesse mundo.
@AntonioVeras
Eu sempre baixo minhas ISOs de Ubuntu por torrent. :P
@AntonioVeras
Quando não houver mais qualquer interesse econômico.
@mos_axz
Se fosse em outra época eu faria um Mobilon Facts
@renanferrari2
Alô pessoal da Tranz-Send Broadcasting Network... vão trabalhar.
Vinicius Kinas
MOBILIONÁRIO é por causa da grana que o Mobilon (fundador do TB) tem?
Matheus Oliveira
me deu uma ideia: Irei patentiar um sistema de fusão nucler em baixas temperaturas, quando os cientistas criarem isso, eu ficarei MOBILIONARIO(que é mais do que Trilhionario)
Alessander Raker
O Bittorrent é bacana. Esse processo não deve dar em nada. Daqui a pouco todos vão querer abrir patentes inespecíficas por ai =S
Vinicius Kinas
A confusão se iniciou na era da informática, quando boa parte das linguagens de programação não faziam/fazem distinção de localidades, e usavam o padrão inglês (vírgula para milhares e ponto para decimal). Independente disso, o separador decimal oficial brasileiro é a vírgula, e o ponto é o separador dos milhares. Por isso, 2.007 é dois mil e sete.
Exibir mais comentários