Aos três meses de idade, o navegador Internet Explorer 9 já é um veterano que viu os concorrentes Chrome e Firefox ganharem uma ou duas novas gerações. Longe de ser uma novidade, os olhos da gigante de Redmond já estão direcionados para a próxima geração do programa, que teve algumas novidades nesta semana.

A primeira foi o lançamento de uma nova versão de testes que inclui um engine responsável por dar vida à interface sensível ao toque do demo do Windows 8, apresentado no começo deste mês. Outra novidade foi o lançamento de novos sites de testes (feitos por eles mesmos) que deverão provar por A+B que a nova versão do programa é totalmente compatível com os novos padrões web, incluindo CSS3, e uma sandbox para o desenvolvimento de sites em HTML5.

“Com o suporte aprimorado ao HTML5 no IE10, desenvolvedores poderão criar páginas e aplicações ainda mais surpreendentes”, disse em um comunicado oficial Dean Hachamovitch, vice-presidente corporativo da Internet Explorer.

Hachamovitch aproveitou o lançamento das novidades para lembrar que as versões de seu navegador costumam ser atualizadas durante toda vida útil do Windows para que foram projetadas, apontando que o IE 10 deverá ter atualizações até 2022 – cutucada certeira na Mozilla, que encerrou o suporte ao Firefox 4 assim que o FF 5 foi disponibilizado ao público, desagradando diretores de TI mundo afora que estudavam a aplicação do finado navegador em suas redes.

Os interessados podem visitar este site para baixar o Internet Explorer Platform Preview. Por ser uma versão de testes, seu uso é recomendado apenas para desenvolvedores, já que ele não tem muita utilidade para um usuário comum.

Com informações: Register.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

_marcioBrandao
IE, Morre diabo!
vinícius
Na verdade, o suporte do xp SP2 terminou ano passado, o suporte oficial termina em 2014!!
Caio Furtado
É como dizem... Vaso ruim não quebra.
Caio Furtado
Poxa, que legal cara!
Victor
"O pessoal mete o pau na microsoft mas não vive sem ela fato." R : Eu só preciso de uma ou outra DLL dela para rodar aplicações do Windows no Linux com o WinE.
[email protected]
Tô nem aí... O mundo vai acabar ano que vem mesmo.
Vinicius Kinas
Pouco provável que em 2022 ainda tenhamos quantidades consideráveis de Windows XP nativos, Windows 98 ou Windows 2000 por aí.
Denis
Só os desenvolvedores deixar de dar suporte :). Quando uma pessoa entrar com o IE coloque "Baixe o Chrome, firefox ou qualquer outra coisa mais tire isso de seu pc"
Diones Reis
Quem aí faz uma aposta que em 2022, IE 6 e IE 10 vão estar coexistindo?
j2k
vocês estão confundindo as coisas. A MS não disse que deixará de lançar outras versões até 2022. Só disse que prestará suporte ao IE 10 até 2022. São duas coisas MUITO diferentes. Por exemplo, o suporte ao Windows XP (que é de 2001) terminou há pouco tempo (não lembro se foi ano passado ou esse ano, mas não antes disso).
j2k
isso é lenda... pelo menos enquanto vier embutido no Windows
@mos_axz
O problema é que tecnologia avança rapido. rapido até demais. Imagine se o Ubuntu não tivesse uma versão LTS, será que alguem trocaria o Xp Sp3 por ele em uma empresa? Tem ramos que a tecnologia tem que ser um pouco mais lenta, senão ela não funciona...
Jairo
Eles estão provando do mesmo veneno que bebeu o Netscape...
Thiago Sabaia
Para vocês terem ideia,nunca usei o Novo IE.
Jeronimo Fagundes
Correto. A empresa não tem que se adaptar a navegadores. Nem o contrário. Se os sistemas web das empresas foram bem desenvolvidos (com padrões), vão continuar funcionando em versões mais novas. Logo, não haveria motivo para não utilizar as versões mais novas. Além disso, os navegadores se atualizam sozinhos hoje em dia. As empresas não vão ter que atualizar toda hora seus navegadores, pois eles fazem isso sozinhos. Mas como sempre, todos querem largar essa responsabilidade pros desenvolvedores de browser, exigindo suporte eterno. O justo paga pelo pecador.
Exibir mais comentários